Uganga: baterista comenta três álbuns que mudaram sua vida

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Eliton Tomasi, Fonte: SOM DO DARMA, Press-Release
Enviar Correções  

Press-release - Clique para divulgar gratuitamente sua banda ou projeto.

Marco Henriques, baterista do Uganga, comenta sobre três discos que mudaram sua vida, não só como músico, mas também como fã de rock e música em geral. Confira!

3º - Sepultura - "Chaos AD"
Não tem o que falar desse disco. Uma obra prima do Metal Nacional.
Pesado, agressivo e com groove. Atemporal e até hoje um dos melhores discos de Metal já lançados.

2º - Nirvana - "Nevermind"
Eu estava ouvindo muito Guns quando descobri o Nirvana. Lembro de ganhar o vinil de Natal.
Foi outra virada na minha cabeça. Os riffs mais "simples", a atitude, o caos no palco.
Fiquei fã de cara, e tempos depois comecei a tocar bateria. Sem dúvidas o Dave Ghrol foi uma grande influência, junto com o Manu "Joker" (meu irmão, ex-Sarcófago e vocal do Uganga)que já tocava bateria e foi quem me mostrou o Rock.

1º- Guns 'n' Roses - "Appetite For Destruction"
Esse disco me fez querer ser roqueiro. Pirou minha cabeça. Rock 'n' Roll! Alguns dos solos e riffs mais legais do Rock pra mim estão nesse álbum. Até hoje "It's So Easy" é uma das minhas músicas preferidas de todos os tempos. Não sou um fã de toda a trajetória do Guns, mas esse álbum pra mim é insuperável.


Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal


Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Uganga: os álbuns que marcaram o vocalista Manu JokerUganga
Os álbuns que marcaram o vocalista Manu Joker


Maridos traídos: Portnoy, Hagar, Osbourne, Waters e Di'AnnoMaridos traídos
Portnoy, Hagar, Osbourne, Waters e Di'Anno

Metallica: Casal toca Master no casamento e ganha encontro com a bandaMetallica
Casal toca "Master" no casamento e ganha encontro com a banda


Sobre Eliton Tomasi

Empresário artístico, gestor e produtor cultural, crítico musical. Foi fundador e editor-chefe da revista Valhalla (Rock Hard Brasil) - uma das mais importantes revistas especializadas em rock já existentes no Brasil - através da qual tornou-se um experiente e respeitado jornalista de rock. Há 20 anos atua como produtor de shows e eventos tendo já realizado desde pequenas gigs até produções internacionais de grande porte. Especializou-se na função de empresário e gestor de bandas e artistas nacionais e internacionais, participando da elaboração de diversos projetos culturais na área da música (rock) e realizando turnês freqüentes por todo Brasil e em mais de 15 países da Europa.

Mais matérias de Eliton Tomasi no Whiplash.Net.

Goo336x280