Matérias Mais Lidas

Foo Fighters: Dave Grohl surpreende ao revelar significado da letra de Learn to FlyFoo Fighters: Dave Grohl surpreende ao revelar significado da letra de "Learn to Fly"

Guns N' Roses: turnê continua milionária, veja os assombrosos númerosGuns N' Roses: turnê continua milionária, veja os assombrosos números

Angra: Fabio Lione recebeu proposta para compor quatro músicas de Rebirth, mas recusouAngra: Fabio Lione recebeu proposta para compor quatro músicas de "Rebirth", mas recusou

Judas Priest: o problema com o baixo de Ian Hill conforme a banda ficava mais pesadaJudas Priest: o problema com o baixo de Ian Hill conforme a banda ficava mais pesada

Metallica: banda fará 4 shows no Brasil em maio de 2022; confira datas e locaisMetallica: banda fará 4 shows no Brasil em maio de 2022; confira datas e locais

Cannibal Corpse: homofobia faz Corpsegrinder perder homenagem no jogo World of WarcraftCannibal Corpse: homofobia faz Corpsegrinder perder homenagem no jogo World of Warcraft

Rush: Mike Portnoy diz que fazer tour ao lado de Geddy Lee e Alex Lifeson seria um sonhoRush: Mike Portnoy diz que fazer tour ao lado de Geddy Lee e Alex Lifeson seria um sonho

Britney Spears: Agitando o Instagram dançando famoso som da era GrungeBritney Spears: Agitando o Instagram dançando famoso som da era Grunge

Guns N' Roses: a curiosa e humilde reação de Axl Rose ao ser eleito melhor vocalistaGuns N' Roses: a curiosa e humilde reação de Axl Rose ao ser eleito "melhor vocalista"

Angra: escolhas erradas prejudicaram Aqua, não foi uma boa ideia, segundo AndreoliAngra: escolhas erradas prejudicaram "Aqua", "não foi uma boa ideia", segundo Andreoli

Adrian Smith: quando Roy Z o chamou na xinxa para apontar falta de técnica na guitarraAdrian Smith: quando Roy Z o chamou na xinxa para apontar falta de técnica na guitarra

Mayhem: fique longe das redes sociais, aconselha NecrobutcherMayhem: "fique longe das redes sociais", aconselha Necrobutcher

Måneskin: banda será uma das atrações do Rock in Rio 2022, segundo jornalistaMåneskin: banda será uma das atrações do Rock in Rio 2022, segundo jornalista

After Forever: Há chance de retorno? Floor Jansen comenta e alfinetaAfter Forever: Há chance de retorno? Floor Jansen comenta e alfineta

Kiss: Destroyer ganhará edição de 45 anos; ouça versão inédita de Detroit Rock CityKiss: "Destroyer" ganhará edição de 45 anos; ouça versão inédita de "Detroit Rock City"


Stamp
Tunecore 2

Runaways: Jackie foi estuprada e hoje tem que lidar com os haters

Por Bruce William
Fonte: Loudwire
Em 13/07/15

Jackie Fox, ex-baixista da Runaways, falou sobre a matéria publicada recentemente pela Huffington Post que descreve com certa riqueza de detalhes o abuso sexual que ela sofreu em meados dos anos setenta, tendo como agressor o empresário da banda, Kim Fowley (veja detalhes no link abaixo).

Runaways: Jackie Fox conta como foi estuprada por Kim FowleyRunaways
Jackie Fox conta como foi estuprada por Kim Fowley

Veja a seguir a tradução adaptada das palavras de Jackie:

Tenho sido incrivelmente elevada às alturas nos últimos dias pela quantidade de amor e apoio que se seguiu à história do abuso sexual que sofri no Ano Novo de 1975/6.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Quando falei com o Huffing Post no começo do ano, nunca imaginei que minha história causaria tão grande celeuma. Imaginava se alguém fosse ler ou se importar, e a reação me pegou de surpresa.

Não foi uma história fácil de contar, tive que reviver detalhes da pior noite de minha vida, não apenas uma mas várias vezes. O autor do texto, Jason Cherkis, e outros da equipe do Huffington Post checaram várias vezes meu relato, eu e minha família abrimos sem reservas nossos arquivos para Jason, que teve acesso à anotações privadas e pessoais. Ele conversou com pessoas que eu não vejo há anos, tanto pessoas que não gostam de mim quanto as que gostam. Falou com cada pessoa que se tem notícia que estava presente na noite que aquilo aconteceu, exceto uma delas. Falou com amigos que perdi contato, outras que sinto muita falta. Tive sérias dúvidas sobre tornar tudo público, não sabia como isto afetaria minha família, como meus amigos passariam a me ver, se a partir disto eu sempre seria conhecida como "a garota daquela banda que foi violentada".

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Achei que estivesse preparada para os haters - eu estava enganada. Fiquei chocada com algumas críticas, mais ainda pelo fato que quase todas foram feitas por outras mulheres. Mas suas reclamações foram sufocadas pelas mensagens de apoio de mulheres que respeito e admiro. E além disto teve também as mensagens privadas, uma quantidade imensa de pessoas que me relataram suas histórias pessoais de abusos e violências que sofreram que me partiram o coração, sendo que muitos me disseram que nunca compartilharam a história com outra pessoa, ou que até chegaram a contar mas ninguém acreditou. Mas eu ter relatado minha história lhes dá uma esperança que as coisas mudem, e outros passaram a ver seu drama entendendo que infelizmente vivenciou uma situação onde as pessoas nada fazem por causa do Efeito Bystander (N.do tradutor: conhecido também como síndrome Genovese ou Efeito Espectador, quando várias pessoas presenciam algum acontecimento trágico ou violento mas não oferecem nenhum tipo de ajuda para a vítima ou as vítimas). Como disse uma pessoa que me escreveu, por minha causa ela percebeu que as pessoas que estavam presentes também eram vítimas, seu comportamento não significa que eu merecia o que passei, mas sim que elas tinham medo e não sabiam o que fazer.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Também sei que muitas pessoas que viram o drama online se sentiram desencorajadas pela ausência de apoio que recebi de minhas colegas de banda. O que posso dizer é que eu espero que nunca passem pelo que passei, foi traumático para todos, não apenas para mim, e todos tiveram que lidar com o trauma do seu próprio jeito. Foi necessária uma coragem excepcional de muitas testemunhas para falar abertamenta sobre como se sentiam. A maioria me pediu desculpas pela falta de atitude daquela noite - desculpas que não eram necessárias, mas são bem vindas.

Minha experiência também deixou marcas em Victory (Vicky Blue, que sucedeu Jackie em 1977 na banda), além de pessoas que apenas vivenciaram indiretamente o que aconteceu naquela noite. Não tem sido fácil ouvir o que dizem sobre o modo como a banda me tratou depois que eu saí, algo que eu não sabia na época. (Nota do tradutor: Vicky disse que quando entrou as demais integrantes se referiam ao episódio dizendo que "Kim havia traçado a Jackie como um cachorro"). Tudo o que posso dizer é que minhas colegas de banda eram jovens que presenciaram algo criminoso e trágico. Não tenho dúvidas que lidaram com aquilo da melhor maneira que puderam. Elas não tinham nenhum adulto responsável que as pudesse orientar - apenas um estuprador e seus defensores.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Se há algo que me desapontou é que a história se tornou palco de disputa para apontar sobre quem sabia o que e quando aconteceu e quem não sabia. Não é esta a questão. Seria interessante se todos que estiveram presentes pudessem relatar como isto os afetou no decorrer dos anos. Mas se não querem falar sobre o assunto eu respeito a decisão. Levei anos para conseguir falar sobre aquilo sem me sentir envergonhada.

Apenas gostaria que se minhas ex-colegas de banda não possam se lembrar do que aconteceu aquela noite - ou se a recordação delas é diferente - elas simplesmente digam isto. Ao afirmar que se tivessem me visto sendo abusada sexualmente elas teriam feito isto ou aquilo, elas perpetuam o mito que estou tentando desfazer ao contar minha história. Ser uma espectadora passiva não é um crime, todos já passamos por isto em algum ponto de nossas vidas. Para termos alguma esperança que tragédias como esta possam ser evitadas, precisamos parar de duvidas dos que acusam e passar a enquadrar os que violentam, abusam e intimidam. O que não precisamos é de alguém para apontar o dedo acusando quem não tem culpa sobre seus atos.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Casa do Rock
publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Regis Tadeu: seis bandas femininas que ele adora (vídeo)Regis Tadeu
Seis bandas femininas que ele adora (vídeo)

Lita Ford: Ela chutou a porta do rock e fez música como uma mulherLita Ford
Ela chutou a porta do rock e fez música como uma mulher


Runaways: Jackie foi estuprada e hoje tem que lidar com os hatersRunaways
Jackie foi estuprada e hoje tem que lidar com os haters

Runaways: Lita Ford foi convidada para entrar no Led Zeppelin?Runaways
Lita Ford foi convidada para entrar no Led Zeppelin?

Lita Ford: fugindo de Jim Gillette, sem falar com SharonLita Ford
Fugindo de Jim Gillette, sem falar com Sharon


Slipknot: Corey Taylor explica porque o mundo pop não suporta o Heavy MetalSlipknot
Corey Taylor explica porque o mundo pop não suporta o Heavy Metal

Anthrax: Scott Ian apresenta a solução para o Phil AnselmoAnthrax
Scott Ian apresenta a solução para o Phil Anselmo


Sobre Bruce William

Bruce William pensava em ser um motoqueiro rebelde mas descobriu que é um Wieder Blutbad nerd apaixonado por uma Fuchsbau. Avy jorrāelan, CatW!

Mais matérias de Bruce William.