Matérias Mais Lidas

imagemProdutor de "Temple of Shadows" conta problemas que teve com voz de Edu Falaschi

imagemJohn Bonham, Keith Moon ou Charlie Watts, quem era o melhor segundo Ginger Baker?

imagemRegis Tadeu explica porque Ximbinha é um dos melhores guitarristas do Brasil

imagemSteven Tyler dá entrada em clínica de reabilitação após sofrer recaída

imagemLuciana Gimenez tentou aprender com Mick Jagger algo que não funcionou para ela

imagemVital, o ex-Paralamas que virou nome de música e depois foi pro Heavy Metal

imagemKiko Loureiro explica efeito colateral da saída de Andre Matos que o fez crescer

imagemEncontro entre Paul Di'Anno e Steve Harris resultou em "algo que será discutido"

imagemIron Maiden faz mais um show da "Legacy Of The Beast World Tour"; veja setlist

imagem"Eu realmente não tenho fé na humanidade", diz Schmier, vocalista do Destruction

imagemFernanda Lira, da Crypta, e o papo reto sobre "se falar de política vai perder fãs"

imagemJen Majura disse que sair do Evanescence não foi decisão dela e recebe apoio dos fãs

imagemComo foi 1º encontro de Nando Reis e Cássia Eller, ocorrido na casa de Marisa Monte

imagemRitchie Blackmore comenta o instrumental que lançou como homenagem a Jon Lord

imagemA definição de rock n roll segundo quem melhor entende do assunto: Mick Jagger


Stamp

GN'R: Amigo de Axl e Slash confirma que dupla voltou a se falar

Por Nacho Belgrande
Fonte: Playa Del Nacho
Em 25/08/15

"O que é claro é que um de nós morrerá antes de uma reunião, e por mais que alguém ache que isso seja triste, feio ou infeliz, é desse jeito que é." – W. Axl Rose, para a edição estadunidense da revista Billboard, 2009.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

O empresário MARC CANTER é nome bastante conhecido entre os fãs do GUNS N’ ROSES original.

Amigo de longa data da banda desde quando eles sequer possuíam uma demo tape no começo dos anos 80, Canter [que, junto com sua família, é proprietário de um restaurante em Hollywood] e por diversas vezes alimentou a banda nos tempos das vacas magras, além de ter sido um dos poucos – e talvez o único – fotógrafo a documentar fotograficamente a ascensão da banda até o contrato com a Geffen em 1987. Boa parte dessas fotos estão no livro ‘Reckless Road: Guns N’ Roses and the Making of Appetite for Destruction’, lançado também no Brasil.

Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Canter nunca se furtou de transmitir suas opiniões pessoais sobre o status da banda ao longo dos anos, em especial após o rompimento definitivo entre os membros originais na metade dos anos 90 e a disseminação da internet como meio de comunicação entre os fãs.

Sendo um dos poucos elos restantes entre ‘o lado de Axl’ e o ‘lado de Slash’, o restauranteur e fotógrafo, ele tem conseguido lidar – nem sempre – diplomaticamente com Rose e amigavelmente com o restante daquela formação clássica, e portanto, tem uma perspectiva bastante concreta dos fatos que cercam a marca GN’R como um todo.

Como consegui viver de Rock e Heavy Metal

Após o rebuliço causado semana passada quando um jovem jornalista sueco conseguiu arrancar de Slash que ele e Axl haviam feito as pazes, foi questão de horas até que Canter fosse perguntado, em diversos fóruns da web, sobre seu conhecimento –ou falta dele – a respeito do tema. Ele, muito cordialmente, respondeu a todos, e o que segue abaixo é a tradução livre de alguns posts realizados nas últimas 48 horas.

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

Começou com um fã perguntando:

Alguma informação ou consideração a respeito deste vídeo bastante interessante? Eu não perguntaria se não soubesse que o site é 100% legítimo. É do jornal mais lido da Suécia.

[…]

O fato de Del [James] desejar feliz aniversário a Slash foi a indicação de que algo tinha mudado para melhor entre os dois.

[…]

O fato de Slash ter assinado sua autorização para o DVD que o New Guns lançou ano passado e o fato de que Axl autorizou a inclusão de material no DVD que a banda de Slash acaba de lançar foi um sinal de que as coisas estão se movendo na direção certa. O fato de Duff ter retomado a amizade com Axl foi um grande passo. Por anos eu tenho dito coisas em entrevistas e aqui na web sobre haver muita falha no processo de comunicação entre Axl e Slash, e apesar de Axl ter ouvido algumas das coisas que eu disse a esse respeito, isso não quer dizer muito até que alguém como Duff ter dito algo, que foi o que provavelmente ajudou a esclarecer algumas coisas

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

O post de feliz aniversário de Del para Slash foi quando eu soube que as coisas estavam até melhores do que eu pensava, significava que as coisas devem ter se movido novamente no rumo certo, para onde elas tinham que ser discutidas. Então não foi nenhuma surpresa, mas uma brisa de ar fresco saber que eles estavam se comunicando de novo. Vocês não fazem ideia do peso que isso tirou das costas de Axl. Ele estava ruminando essa merda toda fazia tempo demais. Se eles têm conversado, isso significaria que muita da treta que havia entre eles pode ter ido embora. Então as notícias de hoje foram boas, mas eu já esperava por notícias depois de ver o post de Del.

Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva

[…]

Se eles são amigos de novo, isso significaria que Axl não acha mais que Slash seja o demônio, mas o fato de que eu estava promovendo a banda na qual Slash estava em certo momento em que Axl tinha outra opinião a respeito de Slash poderia ainda significar que ele acha que eu o traí. Isso provavelmente vai levar mais tempo para cicatrizar. É apenas questão de Axl um dia se dar conta de que eu só estava fazendo o que eu achava que era correto fazer. O livro foi concebido por uma boa razão, e depois de 12 anos, surgiu a oportunidade de lança-lo. Para mim, a história da banda não precisava ser apagada, mas precisava sim, ser celebrada. Lá no fundo, Axl sabe que eu o amo e só lhe desejo o melhor. Eu acho que precisamos trombar um com o outro para começar o processo de conversar de novo.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

[…]

Eu não quero incomodar Slash perguntando a ele sobre isso, tenho certeza que ele está sendo bombardeado com essas perguntas. O fato de Del tê-lo desejado um feliz aniversário é mais do que suficiente para que eu saiba que eles estão conversando de novo.

[…]

Se Axl quiser conversar com Slash, então Beta não vai fazer nada para impedir isso. Entretanto, eu acho que se, por algum motivo, Axl não gosta de alguém, Beta também não gosta. Beta já me disse muitas vezes que eu falo merda a respeito de Axl. De onde é que isso sai? Eu defendo Axl o tempo todo. Eu já deixei bem claro o meu ponto de vista sobre Axl.

Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Por muitas vezes, eu vi Beta reagir de modo exagerado a algo que ela acha que aborrecerá Axl. Ao invés de tentar ajudar Axl a superar as questões que ele tinha com Slash, ela já foi logo entrando nessa onda de ódio. Eu acho que Del conhece a Axl muito melhor do que qualquer outra pessoa do círculo dele. Ele era amigo de Axl antes de trabalhar para a banda e tem um grande entendimento de como Axl funciona. Apesar de eu não achar que ele pudesse ter feito nada para ajudar Axl a superar o período sombrio que ele teve com Slash. Essa tormenta tinha que se dissipar sozinha.

Eu tentei ajudar explicando o que eu achava que eram os respectivos lados de cada um e que eu não pensava que era culpa de um ou do outro. O problema é que Axl não gostava que eu ficasse no meio defendendo os dois. Se eu dissesse algo bom sobre Slash, eu acho que ele via isso como um insulto, porque isso contradizia as coisas que ele achava que Slash havia feito de errado.

Como consegui viver de Rock e Heavy Metal

[…]

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp


Steven Adler: memórias perdidas com Lars Ulrich e John 5

Guns N' Roses: comova-se com entrevista perdida de 1988



Sobre Nacho Belgrande

Nacho Belgrande foi desde 2004 um dos colaboradores mais lidos do Whiplash.Net. Faleceu no dia 2 de novembro de 2016, vítima de um infarte fulminante. Era extremamente reservado e poucos o conheciam pessoalmente. Estes poucos invariavelmente comentam o quanto era uma pessoa encantadora, ao contrário da persona irascível que encarnou na Internet para irritar tantos mas divertir tantos mais. Por este motivo muitos nunca acreditarão em sua morte. Ele ficaria feliz em saber que até sua morte foi motivo de discórdia e teorias conspiratórias. Mandou bem até o final, Nacho! Valeu! :-)

Mais matérias de Nacho Belgrande.