Blur: "Festivais não nos chamarão mais se não tocarmos Song 2"

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Célio Azevedo, Fonte: NME.COM - First For Music News
Enviar correções  |  Comentários  | 

Matéria de 05/08/15. Quer matérias recentes sobre Rock e Heavy Metal?

O baterista do Blur Dave Rowntree argumentou que a banda de Britpop não se reservaria a tocar em festivais se eles não pudessem executar seus hits.

5000 acessosAutismo: rockstars famosos autistas, ou com suspeita de autismo5000 acessosOops!: 10 erros eternizados em gravações de clássicos

O grupo teve um verão agitado, aparecendo em festivais como Isle Of Wight e Benicassim. Eles também encabeçaram um evento no horário de verão britânico no Hyde Park, em Londres, no último mês de junho.

Em declarações ao portal XFM, Rowntree alegou que ele e seus companheiros de banda quase se sentem obrigados a tocar hits como 'Song 2' em festivais devido ao fato de que muitos dos presentes não estarão familiarizados com o seu material menos conhecido e atual.

"É difícil. É uma hora e meia de show. Você sabe, se nós não tocarmos 'Song 2' nós nunca mais seremos convidados para nenhum festival."

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Blur"

Capas de discosCapas de discos
Agora com ícones da cultura pop

Capas de álbunsCapas de álbuns
O que existe ao redor de grandes artes?

Astros do rockAstros do rock
Os pedidos de desculpas mais "notórios"

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Blur"

AutismoAutismo
Rockstars famosos autistas, ou com suspeita de autismo

Oops!Oops!
Dez erros eternizados em gravações

Cradle Of FilthCradle Of Filth
"Pessoas chamam de satânico o que não entendem!"

5000 acessosSlipknot: Corey Taylor abandona os palcos se o Guns se reunir5000 acessosSlipknot: Demissão de Joey Jordison foi a decisão mais difícil da carreira5000 acessosMotorhead: Lemmy fala sobre ser solteiro para sempre5000 acessosOzzy Osbourne: madman confessa qual o pior dos vícios que ele já teve5000 acessosO Metaleiro: 16 exigências bizarras nos camarins5000 acessosDream Theater: quando um tecladista autografa uma guitarra

Sobre Célio Azevedo

Nascido no Rio de Janeiro, Célio Azevedo é jornalista, músico, compositor e escritor. Apaixonado por heavy metal, apreciador de rock alternativo. Desde 1997, através de bandas como Blur, Silverchair, Sonic Youth, Helloween e Iron Maiden, se inspirou em diversos estilos musicais para desenvolver o seu próprio. Engajado politicamente, já atuou como dirigente político acadêmico e cultural. Liberal clássico na economia, conservador em posições político-filosóficas, associa o rock como uma vertente libertadora. Mais informações aqui.

Mais matérias de Célio Azevedo no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online