Matérias Mais Lidas

imagemRock in Rio: Pitty alfineta a produção do festival ao revelar qual seria sua exigência

imagemQuando Derico, do Programa do Jô, descobriu que Ian Anderson tocava tudo errado

imagemO hit da Legião que Renato Russo compôs para Cássia Eller e traz coincidência trágica

imagemNova Fã que descobriu Metallica por Stranger Things quer cancelar banda e reúne provas

imagemJoão Gordo se reencontra com o amigo Iggor Cavalera; "Agora falta zerar com o vovô"

imagemO clássico dos Paralamas do Sucesso que Lobão acusou de plágio

imagemRob Halford compartilha a foto mais metal da semana; "O Rei e Eu"

imagemIron Maiden e o Rock in Rio: em detalhes, o que exatamente a banda pediu para o evento

imagemO hit de Nando Reis inspirado em clássico do Led Zeppelin e na relação com sua mãe

imagemJimmy Page conta como convenceu Robert Plant a formar o Led Zeppelin

imagemA opinião de Marcelo Barbosa sobre cancelamento de Metallica e Pantera por racismo

imagemPaul Di'Anno recebe ajuda de Derek Riggs para angariar fundos

imagemA música do Black Sabbath favorita de Frank Zappa

imagemGordo diz que atualizou termos politicamente incorretos após puxão de orelha de filha

imagemKing Diamond fala sobre retorno do Mercyful Fate; "Isso não é uma reunião"


Stamp

Lobão: música de teor político desgasta a obra e fica datada

Por Bruce William
Fonte: Rock em Geral
Em 23/12/15

Em entrevista ao Rock em Geral, Lobão fala sobre seu novo disco, "O Rigor e a Misericórdia", viabilizado via crowdfunding, onde ele gravou todos os instrumentos e se diz inspirado pelas bandas clássicas de rock dos anos setenta. Confira a interessante e longa matéria no link a seguir e mais abaixo alguns pequenos trechos:

http://www.rockemgeral.com.br/2015/12/22/a-hora-do-lobo/

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

"O Rigor e a Misericórdia" – o disco - tem um tom épico desde as músicas propriamente ditas até no jeito de você cantar. Era essa proposta desde o início?

Lobão: Sim! É um disco épico. Como afirmei no livro "Em Busca do Rigor e da Misericórdia": é o trabalho da minha vida e essa dramaticidade toda se refletiu inteiramente no resultado do trabalho. O disco tem um tom de libertação de ascese, de eternidade, de ligação profunda com o universo, de independência total e absoluta, de devolução cultural enquanto conceito artístico e, inevitavelmente, de um certo escárnio com aqueles que se arvoraram a me taxar de ex-músico, falido, decadente, etc.

Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva

O discurso político não é o tema em todas as músicas. O que mais te inspirou nessas novas canções? Aliás, quando elas foram compostas? Você foi gravando aos poucos e teve um período definido, mais recente?

Lobão: Eu me disciplinei muito quanto ao fator proporção. Música de teor político desgasta muito a obra e condena o material a datação inevitável. Por isso mesmo tentei abstrair ao máximo minhas "queixas" para que desse uma amplitude de vida sem risco de datamento para o disco. O que mais me inspirou foi toda a pressão que assolou a minha vida, o meu dia a dia nesse período. Foi uma espécie de compromisso comigo mesmo de transformar em beleza e potência toda a merda que estava passando. Uma devolução cultural e uma declaração explícita que nada poderá me reduzir ao diapasão da mediocridade reinante. Tudo para mim enquanto artista é combustível para a celebração da maravilha que é ser um parque de diversões de si mesmo. Nada pode me fazer tão livre: "O renegado assume as asas que aspirou e grita: aleluia!".

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Dream Theater 2022


publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

O clássico dos Paralamas do Sucesso que Lobão acusou de plágio

Lobão relembra quando presenciou esporro homérico de Tim Maia em Ed Motta

Lobão explica porquê todo sertanejo gostaria, no fundo, de ser roqueiro

Lobão diz que direita e esquerda estão juntas no boicote ao Rock no Brasil

Por que Lobão acha péssimo o "The Wall" e nunca mais ouviu Pink Floyd?

A superioridade do Clube da Esquina em relação ao Tropicalismo, segundo Lobão

A curiosa opinião de Lobão sobre Chico Buarque e os Tropicalistas

Como Lobão peitou gravadoras e acabou com farra dos álbuns não numerados

Lobão: "o rock foi excluído do Brasil num processo político-cultural do PT"

João Gordo: A opinião sobre Lobão em entrevista à Jovem Pan

Lobão: show mais curto da história do Rock não pertence a ele

Iron Maiden: Perguntas e respostas e curiosidades diversas

King Diamond: O que significa ser Satanista?


Sobre Bruce William

Bruce William pensava em ser um motoqueiro rebelde mas descobriu que é um Wieder Blutbad nerd apaixonado por uma Fuchsbau. Avy jorrāelan, CatW!

Mais matérias de Bruce William.