Megadeth: o metal fica popular quando o mundo passa por conflitos

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Bruce William, Fonte: Blabbermouth, Tradução
Enviar correções  |  Ver Acessos

Em conversa com a Loudwire, que pode ser vista no vídeo ao final, Dave Mustaine falou, dentre outras coisas, sobre como incidentes mundiais influenciaram as letras do novo álbum do Megadeth, o "Dystopia".

Simone Simons: "Rammstein me faz querer mexer a bunda"Krisiun: "Edu Falaschi não viveu o underground"

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

"O que acontece no mundo influencia minhas letras, mas não é só o que acontece no momento. Adoro ver os noticiários, a história do mundo, dos Estados Unidos. Leio autobiografias de líderes mundiais, grandes guerreiros e coisas assim. Se você observar as letras deste álbum, muitas não são diferentes dos outros álbuns; mas o lance é o momento. Sempre escrevi sobre política, guerra, drogas, relacionamentos, um pouco sobre o oculto, embora neste caso meio que de forma superficial, não pretendo me aprofundar. Por mais controvertido que seja, o heavy metal fica popular e faz sucesso quando o mundo passa por muitos conflitos. E quando a sociedade começa a se autodestruir, muitos se voltam para músicas mais agressivas. E elas tendem a se apegar mais a letras reais que coisas fantasiosas, eu adoro letras como as de Dio mas todo este lance mitológico e medieval não funciona para mim, então minha tendência é escrever sobre eventos recentes."




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção NotíciasTodas as matérias sobre "Megadeth"


Thrash da Bay Area: as cinco capas mais legaisThrash da Bay Area
As cinco capas mais legais

Megadeth: a história de quando Slash quase entrou na bandaMegadeth
A história de quando Slash quase entrou na banda


Simone Simons: Rammstein me faz querer mexer a bundaSimone Simons
"Rammstein me faz querer mexer a bunda"

Krisiun: Edu Falaschi não viveu o undergroundKrisiun
"Edu Falaschi não viveu o underground"


Sobre Bruce William

Bruce William pensava em ser um motoqueiro rebelde mas descobriu que é um Wieder Blutbad nerd apaixonado por uma Fuchsbau. Avy jorrāelan, CatW!

Mais matérias de Bruce William no Whiplash.Net.

Goo336x280