Ultraje a Rigor: Segundo assessor, Roger não foi vaiado

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por João Paulo Andrade
Enviar correções  |  Ver Acessos

A nota a seguir, do assessor de imprensa do Ultraje a Rigor, Eduardo Galeno, foi publicada no site da Folha de São Paulo.

Slash: Um dia Michael Jackson ficou puto com ele?Slash: chapação, a louca e atraente Fergie e Axl Rose

A Folha do dia 20/02/2016, sabe-se lá por que motivo, permitiu que um texto covarde, irresponsável e não assinado saísse em suas páginas com mentiras e julgamentos muito diferentes dos fatos realmente ocorridos.

A saber, ponto por ponto, Roger não "discutiu" com parte da plateia, apenas respondeu a um único espectador que resolveu chamá-lo de coxinha, denominação que Roger não aceita, muito menos vindo de alguém que pagou R$ 900 para estar perto do palco na área VIP.

A banda não atrasou, entrou pontualmente no horário marcado, às 19h30, apesar da chuva torrencial que caiu naquele momento. Não começou o show com "Inútil", essa foi a terceira música.

Roger não foi vaiado, foi chamado de coxinha por uma única pessoa, como já se disse. Roger disse então, bem humorado e sarcasticamente: "Fale mais alto, não dá para te ouvir direito daqui do palco dos Rolling Stones".

Em seguida, supondo tratar-se dos comuns ataques que costuma receber de militantes de esquerda (que inclusive planejavam ações em grupos no Facebook) disse que "eles iriam cair". Por eles, qualquer idiota saberia tratar-se do governo do PT. A platéia não foi xingada, os impropérios tinham clara destinação.

A plateia, que num primeiro momento fugiu da chuva, voltou logo depois, já que a chuva arrefeceu. E cantou, dançou e se divertiu, muito diferentemente do clima ruim que o recalcado "jornalista" tentou passar, colocando sua cretinice e seus desejos acima do jornalismo verdadeiro e responsável.

Em tempo, qualquer brasileiro honesto é "crítico do governo de Dilma e do PT".

EDUARDO GALENO é assessor de imprensa da banda Ultraje a Rigor.


Ultraje a Rigor - Bate-boca com o público na abertura para os Stones

Ultraje a Rigor: Roger bate boca com público na abertura dos StonesUltraje a Rigor: Marcos Kleine nega versão da Folha de São PauloUltraje a Rigor: tudo não passou de brincadeira com um fã?Ultraje a Rigor: Roger "corrige" texto da Folha de São PauloCarma pago: batera do Replicantes conta como foi abrir para o UltrajeUltraje: o bairrismo dos punks de boutique do ReplicantesTodas as matérias sobre "Ultraje a Rigor - Bate-boca com o público na abertura para os Stones"




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção NotíciasTodas as matérias sobre "Ultraje a Rigor - Bate-boca com o público na abertura para os Stones"Todas as matérias sobre "Ultraje A Rigor"


SlashSlash
Um dia Michael Jackson ficou puto com ele?

SlashSlash
Chapação, a louca e atraente Fergie e Axl Rose

MetallicaMetallica
Sobre o que fala "For Whom The Bell Tolls"

Guitarras: as 15 músicas mais complicadas para tocarMetal Sucks: os melhores álbuns de metal do século 21Vícios: As 10 melhores músicas sobre drogasPearl Jam: homenagem emocionante ao Eagles Of Death Metal

Sobre João Paulo Andrade

Sempre quis viver de Rock e/ou Heavy Metal. Tentou tocar baixo mas era tremendamente incompetente no instrumento. Em 1996 criou o site Whiplash.Net e hoje vive do seu sonho. :-)

Mais matérias de João Paulo Andrade no Whiplash.Net.

adGoo336|adClio336