Paul McCartney: "George Martin foi um segundo pai para mim"

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Igor Soares, Fonte: Paul McCartney
Enviar correções  |  Comentários  | 

Matéria de 09/03/16. Quer matérias recentes sobre Rock e Heavy Metal?

George Martin, o lendário produtor dos Beatles, faleceu nesta quarta-feira aos 90 anos. A notícia confirmada durante a madrugada através do baterista Ringo Starr, também abalou Paul McCartney, que publicou em seu site oficial um texto sobre aquele que era considerado o "quinto beatle".

3510 acessosUlrich no U2: ele perdeu para McCartney a chance de tocar bateria5000 acessosSolos de guitarra: lista dos 50 melhores segundo a NME

"Eu estou tão triste de ouvir a notícia do falecimento do querido George Martin. Tenho tantas memórias maravilhosas deste ótimo homem que ficarão comigo para sempre. Ele era um verdadeiro cavalheiro e como um segundo pai para mim. Guiou a carreira dos Beatles com tanta habilidade e bom humor que se tornou um verdadeiro amigo para mim e para minha família. Se alguém mereceu o título de quinto Beatle, esse alguém foi George. Do dia em que ele deu aos Beatles nosso primeiro contrato de gravação até a última vez em que o vi, ele foi a pessoa mais generosa, inteligente e musical que eu já tive o prazer de conhecer.

É difícil escolher minhas memórias favoritas do tempo que passei com George, são muitas, mas uma que me vem à mente foi quando levei a música Yesterday para uma sessão de gravação e os caras da banda sugeriram que eu cantasse ela sozinho com acompanhamento de violão. Depois de eu fazer isso, George Martin falou para mim: "Paul, eu tenho a ideia de colocar um quarteto de cordas na gravação". Eu disse: "Ah, não, George, nós somos uma banda de rock n' roll e eu não acho que essa seja uma boa ideia". Com os modos gentis de um grande produtor, ele disse para mim: "Vamos tentar, e se não der certo nós não usaremos e vamos com a versão solo". Eu concordei e fui à sua casa no dia seguinte trabalhar no arranjo.

Ele pegou os acordes que eu mostrei a ele e espalhou as notas pelo piano, colocando o violoncelo uma oitava abaixo e o primeiro violino uma oitava acima e me deu a primeira lição de como as cordas são sonorizadas para um quarteto. Quando nós gravamos o quarteto de cordas na Abbey Road, foi tão emocionante saber que a ideia era o correto que nós ficamos espalhando isso para as pessoas por semanas. A ideia dele obviamente deu certo porque a música posteriormente virou uma das mais gravadas da história, com versões de Frank Sinatra, Elvis Presley, Ray Charles, Marvin Gaye e outros milhares.

Essa é apenas uma das muitas memórias que tenho do George, o qual me ajudou com os arranjos de Eleanor Rigby, Live and Let Die, e muitas outras músicas minhas.

Eu tenho orgulho de ter conhecido um cavalheiro tão bom, com um senso de humor tão afiado, que tinha a habilidade de fazer piada de si mesmo. Até quando foi condecorado pela Rainha, nunca houve o menor traço de esnobismo nele.

Eu e minha família, para quem ele era um querido amigo, vamos sentir muito sua falta e mandaremos nosso amor à sua mulher, Judy, aos seus filhos, Giles and Lucy, e aos seus netos.

O mundo perdeu um verdadeiro grande homem, que deixou uma marca permanente na minha alma e na história da música britânica.

Deus o abençoe, George, e a tudo que navegou em você!

Paul."

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Mais comentários na Fanpage do site, no link abaixo:

Post de 09 de março de 2016

Lars Ulrich no U2Lars Ulrich no U2
Ele perdeu para Paul McCartney a chance de tocar bateria

2261 acessosE se for verdade?: Famosos que morreram e foram substituídos1369 acessosShows: em vídeo, Top 11 Músicas Viscerais de Encerramento261 acessosVersões: Clássicos que você talvez não saiba, ou não lembre que são0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Beatles"

Beatles e FloydBeatles e Floyd
Veja aponta PT como responsável pelas separações

Collectors RoomCollectors Room
Uma das mais completas coleções sobre os Beatles

Paul McCartneyPaul McCartney
O dia em que ele deu um soco na cara de Eddie Vedder

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Beatles"0 acessosTodas as matérias sobre "Paul McCartney"

Solos de guitarraSolos de guitarra
Lista dos 50 melhores segundo a NME

HomossexualidadeHomossexualidade
5 nomes da cena rock/metal que assumiram

SeparadosSeparados
A mórbida semelhança de Eddie e Seu Madruga

5000 acessosMorre Diabo: ele aprendeu a tocar guitarra e virou um shredder5000 acessosJoey Ramone: em 1989 falando de Metallica, AC/DC e GN'R5000 acessosO Pestinha: o que o ator mirim do filme tem a ver com rock?5000 acessosAxl Rose: dez grandes performances sem Slash ou Duff4188 acessosPeavey: como marca revolucionou o mercado de amplificadores5000 acessosMetal Hammer: os melhores discos de 2016 segundo a revista

Sobre Igor Soares

Brasiliense de nascimento e piauiense de coração, Igor é Geógrafo e Desenvolvedor Web. Acessa o Whiplash.Net desde os primórdios e o Iron Maiden, sua banda favorita, é uma das razões dele ter se tornado colaborador do site.

Mais matérias de Igor Soares no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em junho: 1.119.872 visitantes, 2.427.684 visitas, 5.635.845 pageviews.

Usuários online