Bathory: o grupo tocou ao vivo?

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Rafael Lemos
Enviar correções  |  Ver Acessos

Aqui uma questão que me incomoda: a banda Bathory realizou algum show?

Sabemos que a banda foi formada inicialmente pra fazer covers e que ensaiavam em uma garagem, mas nunca escutei que fizeram shows nessa época.

Scour: banda de Phil Anselmo grava cover de "Massacre", do BathoryHall Of Shame: as melhores músicas ruins da história do Metal

Além disso, também é muito discutido se o Bathory existiu como banda. É muito falado que os outros dois integrantes, assim como o produtor da banda, era o próprio Quorthon, que usava pseudônimos. A sessão de fotos onde aparecem os três integrantes seria, assim, realizada por pessoas contratadas, assim como o clip de "One Road do Asa Bay" dublado por pessoas que não eram da banda?

Há anos que encontro supostas gravações no Youtube dizendo se tratar do Bathory ao vivo, a maioria no começo da carreira e, pelo que eu saiba, o grupo não se apresentou ao vivo. Escrevi alguns comentários em um deles, dizendo sobre isso tudo, e o dono do vídeo o deletou e ainda bloqueou a escrita de mensagens. Agora fui tentar achar outros vídeos para linkar aqui mas não encontrei.

Para provar a minha ideia de que o Bathory não tocou ao vivo, estarei reescrevendo a resposta dada pelo seu fundador, o Quorthon, quando indagado sobre isso. Ambas as entrevistas saíram na revista Rock Brigade que, na minha opinião, é a mais importante publicação brasileira ligada ao Rock. Ela foi minha leitura de adolescente e guardo todas as que tenho podendo, assim, reescrever estas palavras:

Rock Brigade número 120, Julho/1996, página 19.

A entrevista foi concedida para divulgar o novo trabalho, "Blood on Ice":

R.B.: A pergunta mais comum entre os muitos fãs do Bathory é "Quando o grupo tocará ao vivo?"... Há alguma chance disso acontecer?

QUORTHON: Eu toco ao vivo comigo mesmo toda noite (risos). Eu sempre converso com músicos que fazem extensas turnês e é sempre o mesmo papo: um monte de gente num ônibus por semanas inteiras, som ruim, iluminação péssima, pouca remuneração, comida horrível, clubes terríveis e garotas feias! Então, eu prefiro ficar em casa (risos). Além do mais, é muito difícil reproduzir ao vivo metade do que o Bathory faz nos álbuns. Não serei eu quem vai arruinar a imagem que todo mundo faz do Bathory! O cara ouve o disco em casa e adora a banda; quando vai ao show, não é nada do que ele imaginava... não quero correr esse risco.

Mais interessante foi o que Quorthon disse nesta outra entrevista, dada em divulgação ao seu álbum solo, "Purity of essence":

Rock Brigade número 133, agosto/1997, página 28:

R.B.: Você pretende apresentar o material do disco solo ao vivo?

QUORTHON: Bem, se eu pudesse tocar ao vivo o material solo, significa que eu poderia fazer o mesmo com o material do Bathory. A diferença é que 50% do que foi feito nos discos do Bathory é impossível de ser reproduzido ao vivo, como os backing vocal, os efeitos e todas essas merdas. Mas o maior problema é que eu não sou um performer. Eu não gosto de shows, nunca vou a shows. A última vez que pensei na possibilidade do Bathory tocar ao vivo foi em 1985, ou seja, há doze anos atrás. Na época, estávamos vendendo bastante e as pessoas pareciam estar ansiosas para nos ver no palco. Só que eu preferi fazer do Bathory um projeto exclusivamente de estúdio, poder lançar um disco por ano e manter minha privacidade. Ou seja, deixar que o Bathory fosse apenas música. Além disso, se o Bathory tocasse ao vivo, as pessoas iam querer ver bombas, explosões, o diabo e muitas coisas que nada tem a ver com a música. A gente só ia subir lá, vestindo tênis, camiseta e jeans e tocar um monte de músicas do Bathory - e as pessoas iriam se decepcionar com isso. O Bathory é como uma virgem que nunca irá trepar (risos).


Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal


GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção NotíciasTodas as matérias sobre "Bathory"


Scour: banda de Phil Anselmo grava cover de "Massacre", do BathoryCanal Barbônico: Quorton, Bathory e uma outra visão do black metal

Heavy Metal: os dez melhores álbuns lançados em 1986Heavy Metal
Os dez melhores álbuns lançados em 1986

Bathory: três trabalhos essenciais do grupoBathory
Três trabalhos essenciais do grupo


Hall Of Shame: as melhores músicas ruins da história do MetalHall Of Shame
As melhores músicas ruins da história do Metal

Steve Perry: 5 fatos curiosos sobre o ex-vocalista do JourneySteve Perry
5 fatos curiosos sobre o ex-vocalista do Journey


Sobre Rafael Lemos

Rafael Lemos começou a gostar de Heavy Metal, Hard Rock e Progressivo em 1991, sem influência de ninguém, realizando pesquisas sobre as bandas.

Mais matérias de Rafael Lemos no Whiplash.Net.

adGoo336