Regis Tadeu: o chororô insuportável do Red Hot Chili Peppers

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Bruce William, Fonte: Yahoo!
Enviar correções  |  Ver Acessos

Desde o horrível Californicaton (1999) que o Red Hot Chili Peppers vem atenuando a potência de seu som, optando por rechear seus discos com um chororô tão irritante quanto aguado. Qualquer pessoa que tenha ouvido os pavorosos By the Way (2002) e I'm With You (2011) até o final sem vomitar merece a medalha "Honra ao Mérito Para Estômagos de Chumbo".

Ramones: Perguntas e respostas e curiosidadesKeith Richards: Metallica e Black Sabbath são "grandes piadas"

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Assim começa a resenha de Regis Tadeu para o novo disco do Red Hot Chili Peppers, "The Getaway". O texto completo com análise de faixa por faixa pode ser visto no link a seguir, e mais abaixo estão outros trechos.

https://br.noticias.yahoo.com/red-hot-chili-peppers-continua...

Quero deixar claro que ninguém está pedindo para que os caras voltem a soar como na época dos ótimos The Uplift Mofo Party Plan (1987) e Blood Sugar Sex Magik (1991), ou mesmo do subestimado One Hot Minute (1995), mas colocar um pouco de energia nas canções de seu mais recente álbum, The Getaway, não faria mal a ninguém e ainda tirariam a banda desse poço de choramingos lamurientos.

Até mesmo o produtor Rick Rubin - que vinha trabalhando com a banda desde os anos 90 - não deve ter mais aguentado a falta de musculatura musical dos caras e resolveu cair fora desta 'roubada', sendo substituído na empreitada por Danger Mouse, a metade do duo Gnarls Barkley, ao lado do Cee Lo Green, e que já produziu o Black Keys e até o U2. Só que o poderia ser uma lufada de ar fresco na sonoridade claudicante da banda acabou se tornando um novo "Manual de Canções Pífias Para Gente Sensível".

Na maior parte do tempo, a banda soa como um "Duran Duram deprimido". Tem horas que o baixo de Flea entra nas canções como aquelas vinhetas do seriado Seinfeld, totalmente fora de contexto. Já as letras do vocalista Anthony Kieds são tão ruins que suas lamúrias a respeito de seu casamento desfeito espalhadas ao longo das canções de maneira mais ou menos explícitas fazem a gente torcer pela garota que deu um pé na bunda dele.




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção NotíciasTodas as matérias sobre "Red Hot Chili Peppers"Todas as matérias sobre "Regis Tadeu"


Klinghoffer: guitarrista comenta fim de amizade com FruscianteKlinghoffer
Guitarrista comenta "fim de amizade" com Frusciante

Red Hot Chili Peppers: em 1999, um disco para ficar na historiaRed Hot Chili Peppers
Em 1999, um disco para ficar na historia


Ramones: Perguntas e respostas e curiosidadesRamones
Perguntas e respostas e curiosidades

Keith Richards: Metallica e Black Sabbath são grandes piadasKeith Richards
Metallica e Black Sabbath são "grandes piadas"


Sobre Bruce William

Bruce William pensava em ser um motoqueiro rebelde mas descobriu que é um Wieder Blutbad nerd apaixonado por uma Fuchsbau. Avy jorrāelan, CatW!

Mais matérias de Bruce William no Whiplash.Net.

adGoo336