Mike Portnoy: o outro lado da saída do Dream Theater

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Vitor Chaves de Souza, Fonte: TheNationalStudent.com, Tradução
Enviar correções  |  Comentários  | 

Muito já foi noticiado sobre a saída de Mike Portnoy do DREAM THEATER - dentre as justificativas, a vontade de explorar outros estilos musicais. Disse o músico, "Eu fiz heavy metal com o ADRENALINE MOB, pop com FLYING COLORS, toquei com o AVENGED SEVENFOLD, TWISTED SISTER e STONE SOUR, formei o METAL ALLEGIANCE, thrash metal, e toco hard rock com o THE WINERY DOGS".

951 acessosRio Rock City: Mike Portnoy e a carreira depois do Dream Theater5000 acessosGigwise: as capas mais polêmicas dos anos 2000

Nesta semana, em entrevista exclusiva ao TheNationalStudent.com, Mike Portnoy ofereceu um outro lado que o motivou a dar um novo rumo profissional em sua vida em 2010.

"Assim que o contrato com uma gravadora é assinado, aparecem no caminho todas as besteiras e jogos políticos possíveis. Isto estraga tudo! A sua carreira passa a ser destinada a realizar a agenda e os objetivos da gravadora, dos agentes, dos advogados e das produtoras de shows. Após 25 anos no Dream Theater, chagamos em um ponto onde tudo se tornou negócio, business. O amor e inocência pela música desaparece logo após o início da carreira de muitas bandas. É necessário mudar de caminho e recomeçar para encontrar a liberdade novamente".

Portnoy conclui, "A liberdade [de uma gravadora independente] é indescritível. Toda banda deveria desfrutar dessa liberdade. É por isso que os primeiros anos de qualquer banda - o começo, no porão, sem qualquer contrato com gravadora - são mágicos!"

Entrevista completa, em inglês, onde o baterista fala também sobre os novos projetos, como o "Cruise to the Edge", disponível em:
http://www.thenationalstudent.com/Music/2016-07-08/interview...

Por que destacamos matérias antigas no Whiplash.Net?

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Mais comentários na Fanpage do site, nos links abaixo:

Post de 18 de julho de 2016
Post de 19 de agosto de 2016

Mike PortnoyMike Portnoy
O que ele acha sobre "estar em muitas bandas"?

951 acessosRio Rock City: Mike Portnoy e a carreira depois do Dream Theater967 acessosDream Theater: Images and Words conquistando gerações após 25 anos0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Dream Theater"

Dream TheaterDream Theater
Petrucci revela sua maior influência na guitarra

Separados no NascimentoSeparados no Nascimento
James Labrie e Tite

Rock ProgressivoRock Progressivo
Como Mike Portnoy entende o estilo?

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Mike Portnoy"0 acessosTodas as matérias sobre "Dream Theater"

Capas polêmicasCapas polêmicas
Slayer, Megadeth, Dream Theater, Carcass...

PosturaPostura
12 coisas que você nunca deve dizer a um músico

MotorheadMotorhead
Destaques do funeral de Lemmy Kilmister

5000 acessosIndústria: atrizes pornô começam a seguir mesmo rumo das bandas5000 acessosDave Mustaine: a história por trás de "The Four Horsemen"5000 acessosSlayer: Kerry King explica como se deve balançar a cabeça5000 acessosRicardo Confessori: "O Shaman foi o ápice da nossa carreira"4371 acessosWinger: Banda finalmente faz as pazes com Beavis & Butthead5000 acessosPra entender: o que é rock progressivo?

Sobre Vitor Chaves de Souza

Vitor Chaves de Souza é apreciador de Hard Rock. Acompanha, traduz e divulga novidades e materiais, principalmente, do rock europeu. Dentre os seus favoritos, destaque para artistas e bandas alemãs.

Mais matérias de Vitor Chaves de Souza no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em junho: 1.119.872 visitantes, 2.427.684 visitas, 5.635.845 pageviews.

Usuários online