The Agonist: Alissa é a traidora da história, diz guitarrista

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Bruce William, Fonte: Blabbermouth
Enviar correções  |  Comentários  | 

Matéria de 30/04/17. Quer matérias recentes sobre Rock e Heavy Metal?

Há alguns dias, Alissa White-Gluz disse ao The Jasta Show que foi traída pelos ex-colegas de banda no The Agonist, que exigiram sua demissão apesar dela ter sido uma das fundadoras, quando ela foi chamada para cantar no Arch Enemy, função que ela alega que daria conta sem deixar o The Agonist já que ela iria deixar sua carreira como convidada no Kamelot: "Aquela banda (The Agonist) foi meu bebê. Construí a banda, escolhi o nome, desenhei a logo, dirigi todas as sessões de fotos... era a minha banda. Fizemos ótimas músicas juntos. Realmente gostava do que fazíamos. Achava que todos eram muito talentosos".
5000 acessosThe Agonist: Alissa descreve demissão como "pior traição da vida"

Agora Danny Marino, guitarrista do The Agonist, postou uma longa declaração contando outra versão da história. Segue abaixo um trecho traduzido que explica as coisas de outra maneira:

"No decorrer dos anos que se passaram desde que rompemos com Alissa, nos comprometemos a manter privados os detalhes da separação. Não queríamos virar o centro de um drama online, como já vimos acontecer com outras bandas que passam por mudanças de integrantes. Entretanto, desde 2014, sempre que pode, Alissa vem caluniando nosso nome e propositalmente tentado nos sabotar perante a indústria musical. Achávamos que quando ele atingisse o sucesso com o Arch Enemy, esta obsessão seria deixada de lado".

"Por mais que tenhamos tentado evitar um debate público que só gera drama e coisas negativas, sentimos que os comentários recentes de Alissa não devem ficar sem resposta. Sentimos que não temos escolha a não ser discutir a traição que ocorreu, assim como a manipulação e conduta anti-profissional de Alissa, sua falta de respeito para com nossos fãs, equipe e produtores, assim como os seus acessos de instabilidade que nos afetaram, tanto no estúdio quanto em turnês, e as decisões de bastidores que acabaram fazendo com que buscássemos outra vocalista".

"Quando a Alissa diz que nós a traímos, ela convenientemente esconde que durante um ano (ou talvez mais) ela quem nos traiu, pois ela oficialmente tinha aceitado entrar no Arch Enemy sem nos contar. Eles começaram a compor um álbum, planejar turnês, fazer planos de negócios sem nos consultar. Muitos meses mais tarde ela nos disse que estava entrando em outra banda mas que isso não iria afetar os planos do The Agoniste e que nós deveríamos nos preocupar. Nos meses que se seguiram, pedimos várias vezes para que nos dissesse qual era a banda e mais informações, mas ela nos dizia que não podia nos contar. Ficamos perdidos, frustrados, e contamos para ela como nos sentíamos. Tivemos uma conversa séria onde explicamos que como banda não poderíamos ficar mais sem saber das coisas, tínhamos shows e festivais agendados para o final do ano e ela precisava nos dizer se estaria disponível. Ela finalmente concordou que pediria mais detalhes para a outra misteriosa banda. Ela voltou nos dizendo que precisaríamos cancelar todos as turnês agendadas, assim como o nosso primeiro festival europeu. Ficou claro que ficaríamos a mercê desta outra banda para sempre".

"Até esse ponto, a pedidos dela, não falamos nada para ninguém sobre essa outra banda secreta dela. Nosso empresário, agente e gravadora ainda estavam no escuro. Esta nova informação, entretanto, nos fez perceber que precisávamos ao mesmo contar para as pessoas que trabalhavam conosco o que estava acontecendo e decidir como agir. Liguei para nosso agenda na Century Media e expliquei tudo. Não falava com a gravadora havia algum tempo pois nosso último disco saíra dois anos antes e eles estavam esperando que a gente fizesse outro. Pedi desculpas por tudo mas expliquei como Alissa havia se juntado à outra banda que não podia nos contar, e que nosso disco seria atrasado, além de termos de cancelar as turnês e interromper qualquer compromisso por tempo indeterminado. A reação dele foi de confusão e choque: 'O que você quer dizer com 'banda misteriosa'? Achei que vocês estivessem a par de tudo. Ela nos disse que estava tudo ok com vocês e que vocês dariam um tempo para que ele cumprisse seus compromissos com o Arch Enemy'. Pois é, a gravadora Century Media estava sabendo de tudo. Aliás, eles forma muito importantes no processo pois eles achavam, conforme Alissa tinha dito pra eles, que todos estávamos 100% de acordo e que sabíamos de tudo. Depois de uma pausa pra me recuperar do choque, perguntei por quanto tempo ela ficaria ocupada e ele respondeu 'Muito'. E quando perguntei se deveríamos esperar por ela, ele respondeu 'eu não esperaria'. Depois de ligar para o nosso empresário e explicar tudo ele também concordou, baseado no que tínhamos de informação, que não deveríamos acreditar que ela dedicaria o tempo necessário para fazer nossa banda continuar na ativa e bem-sucedida".

"ESSA foi a traição. Ela estava jogando dos dois lados para ter as duas coisas ao mesmo tempo, e não pensou nas outras quatro vidas que dependem da banda".

(...)

"Desde que Vicky se juntou ao The Agonist, lançamos dois álbuns, sete vídeos e completamos mais de dez turnês, com mais datas a serem anunciadas ainda este ano. E acima de tudo estamos muito melhor já que todos estão bem, e temos certeza que tomamos a decisão correta com o apoio de nossos empresários e gravadoras".

Para ler o texto completo em inglês, acesse o link abaixo.

http://www.blabbermouth.net/news/the-agonist-guitarist-respo...

Comente: E agora, quem será que diz a verdade?

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Arch EnemyArch Enemy
Veja a capa do novo álbum da banda

68 acessosEm 04/06/2014: Arch Enemy lança o álbum War Eternal545 acessosArch Enemy: As The Stages Burn! (Live at Wacken 2016)0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Arch Enemy"

Arch Enemy e NightwishArch Enemy e Nightwish
Muito além das diferenças

Heavy MetalHeavy Metal
Clipes de metal que marcaram uma geração

Arch EnemyArch Enemy
Doyle chorou quando Alissa foi chamada

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Agonist"0 acessosTodas as matérias sobre "Arch Enemy"

Guitar WorldGuitar World
As 50 melhores canções de Rock de todos os tempos

SlipknotSlipknot
Corey explica desvantagens das máscaras

Pink FloydPink Floyd
Tudo sobre o clássico "Another Brick in the Wall"

5000 acessosLindo Demais: conheça o London, o primeiro smartphone da Marshall5000 acessosFotos de Infância: Evanescence5000 acessosPink Floyd: a história por trás de "Animals"5000 acessosMetal Hammer: Vocalistas com infâncias problemáticas5000 acessosOnde tem Heavy Metal?: Pergunta lá no posto Ipiranga5000 acessosPunk Rock: Os 25 maiores discos de todos os tempos

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Mais comentários na Fanpage do site, no link abaixo:

Post de 30 de abril de 2017

Sobre Bruce William

Bruce William pensava em ser um motoqueiro rebelde mas descobriu que é um Wieder Blutbad nerd apaixonado por uma Fuchsbau. Avy jorrāelan, CatW!

Mais matérias de Bruce William no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online