Gregg Allman: as 10 melhores músicas pela Ultimate Classic Rock

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Rodrigo Contrera, Fonte: Ultimate Classic Rock, Tradução
Enviar correções  |  Comentários  | 

Matéria de 17/06/17. Quer matérias recentes sobre Rock e Heavy Metal?

A quase um mês de sua morte, Gregg Allman continua sendo lembrado por músicas que marcaram época e que constam do catálogo do Allman Brothers, em sua maioria. Mas ele também deixou músicas de destaque em sua carreira solo. O Ultimate Classic Rock listou 10 exemplos de faixas pelas quais o compositor, cantor e instrumentista será possivelmente lembrado no futuro.

271 acessosSom de Peso: grandes bandas de Southern Rock5000 acessosLars Ulrich: O motivo pelo qual o Big Four tocou "Am I Evil"

Eis a lista:

10 - Floating Bridge
9 - Soushine
8 - Don't Mess Up a Good Thing
7 - Ain't Wastin' Time No More
6 - I'm no Angel
5 - Not My Cross to Bear
4 - Melissa
3 - Dreams
2 - Whipping Post
1 - Midnight Rider

Veja a matéria original, com link para as músicas, aqui:
http://ultimateclassicrock.com/gregg-allman-songs/

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

271 acessosSom de Peso: grandes bandas de Southern Rock520 acessosBlend Guitar: em vídeo, dez maiores duos de guitarras no Rock0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Allman Brothers"

Pré-Clube dos 27Pré-Clube dos 27
10 astros do rock que morreram antes dos 27 anos

GuitarristasGuitarristas
As melhores duplas segundo a Ultimate Classic Rock

Allman BrothersAllman Brothers
Baterista cometeu suicídio na frente da esposa

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Allman Brothers"


Lars UlrichLars Ulrich
O motivo pelo qual o Big Four tocou "Am I Evil"

MetalhammerMetalhammer
10 ridículos anúncios com astro do Rock e Metal

Total GuitarTotal Guitar
Os 20 melhores riffs de guitarra da história

5000 acessosMetal Extremo: chocando os jurados em reality-shows5000 acessosBeatles: como seriam os quatro rapazes hoje em dia?5000 acessosBullet For My Valentine: Baterista conta o inferno que é abrir para o Iron Maiden5000 acessosKeith Richards: os discos que ele levaria para uma ilha deserta5000 acessosDave Mustaine: quem ele levaria pra cantar no Megadeth5000 acessosLed Zeppelin: a origem do anjo símbolo da banda

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.


Sobre Rodrigo Contrera

Rodrigo Contrera, 48 anos, separado, é jornalista, estudioso de política, Filosofia, rock e religião, sendo formado em Jornalismo, Filosofia e com pós (sem defesa de tese) em Ciência Política. Nasceu no Chile, viu o golpe de 1973, começou a gostar realmente de rock e de heavy metal com o Iron Maiden, e hoje tem um gosto bastante eclético e mutante. Gosta mais de ouvir do que de falar, mas escreve muito - para se comunicar. A maioria dos seus textos no Whiplash são convites disfarçados para ler as histórias de outros fãs, assim como para ter acesso a viagens internas nesse universo chamado rock. Gosta muito ainda do Iron Maiden, mas suas preferências são o rock instrumental, o Motörhead, e coisas velhas-novas. Tem autorização do filho do Lemmy para "tocar" uma peça com base em sua autobiografia, e está aos poucos levando o projeto adiante.

Mais matérias de Rodrigo Contrera no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em junho: 1.119.872 visitantes, 2.427.684 visitas, 5.635.845 pageviews.

Usuários online