Trent Reznor: ele sentiu estranheza ao ouvir "Hurt" com Johnny Cash

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Igor Miranda, Fonte: The Current
Enviar correções  |  Ver Acessos

O frontman do Nine Inch Nails, Trent Reznor, revelou ter sentido certa estranheza - positiva - ao ouvir a versão de Johnny Cash para "Hurt". A regravação de Cash ficou marcada como uma espécie de despedida do astro do country, visto que ele faleceu meses depois do single ter sido lançado.

Black Sabbath: Tony Iommi explica como tocar "Paranoid"Courtney Love: "Parei com drogas e transei como um coelho"

Em entrevista ao The Current, Trent Reznor contou como soube que Johnny Cash queria gravar uma música dele. "Rick (Rubin, produtor) me ligou e disse: 'Faremos outro disco com Johnny e queríamos fazer Hurt. Tudo bem?'. E eu disse: 'É claro'. Fiquei extremamente lisonjeado que Johnny Cash, um compositor inacreditável, quisesse interpretar uma música minha", afirmou.

Em seguida, Reznor descreveu a sensação ao ouvir a versão de "Hurt" pela primeira vez. "Foi muito estranho ouvir sua voz gigante habitando uma música que fiz", disse ele, que destacou, ainda, que Cash a cantou de forma "tão linda e emocionante", disse.




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato. Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Denuncie os que quebram estas regras e ajude a manter este espaço limpo.


Todas as matérias da seção NotíciasTodas as matérias sobre "Nine Inch Nails"Todas as matérias sobre "Johnny Cash"


Ultimate Guitar: as 28 canções mais sombrias de todos os temposUltimate Guitar
As 28 canções mais sombrias de todos os tempos

Farewell: 10 bandas que fizeram turnê de despedida, mas voltaram"Farewell"
10 bandas que fizeram turnê de despedida, mas voltaram

Canções de Amor: estilo Metallica, NIN, Type O Negative, PanteraCanções de Amor
Estilo Metallica, NIN, Type O Negative, Pantera


Black Sabbath: Tony Iommi explica como tocar ParanoidBlack Sabbath
Tony Iommi explica como tocar "Paranoid"

Courtney Love: Parei com drogas e transei como um coelhoCourtney Love
"Parei com drogas e transei como um coelho"

Hard Rock: As 100 maiores bandas do estilo segundo a VH1Hard Rock
As 100 maiores bandas do estilo segundo a VH1

Thin Lizzy, Metallica: A história de Whiskey in the JarThin Lizzy, Metallica
A história de "Whiskey in the Jar"

Oh, não!: clássicos que foram estragados pelo tempoOh, não!
Clássicos que foram "estragados" pelo tempo

Gibson: Top 10 de baixistas que também lidam com vocaisGibson
Top 10 de baixistas que também lidam com vocais

Guns N' Roses: Axl agradece Grohl pela cadeira, veja alteraçõesGuns N' Roses
Axl agradece Grohl pela cadeira, veja alterações


Sobre Igor Miranda

Jornalista formado pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU) e apaixonado por rock há mais de uma década. Começou a escrever sobre música em 2007, com o surgimento do saudoso blog Combe do Iommi. Atualmente, é redator-chefe da área editorial do site Cifras e mantém um site próprio (www.IgorMiranda.com.br). Também co-fundou o site Van do Halen, para o qual trabalhou até 2013.

Mais matérias de Igor Miranda no Whiplash.Net.

adClio336|adClio336