Obituary: baterista encarou furacão para salvar gatinha abandonada

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Bruce William, Fonte: Revolver, Tradução
Enviar correções  |  Ver Acessos

A história a seguir foi relatada para a Revolver por Donald Tardy, baterista do Obituary, e envolve o resgate de uma gatinha durante o Furacão Irma, que assolou a Flórida há alguns dias.

Avenged Sevenfold: The Rev dizia que não passaria dos 30Slipknot: Qual é o significado e a tradução do nome da banda?

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Tardy conta que, na noite antes da chegada do furacão, ele percebeu que havia um pequeno gato no quintal do vizinho. Ele e sua família se ofereceram para ajudar a resgatar o animalzinho, mas os vizinhos não se interessaram. Sendo assim, ele decidiu capturar o gatinho por conta própria e passou duas horas esperando que ele saísse. Duas da madrugada ele teve que sair pra preparar a sua casa contra o furacão, mas ao deitar na cama, percebeu que teria que fazer alguma coisa.

"Então, assim que o Furacão Irma atingiu a Flórida, e alguns poucos minutos antes do grosso da tempestade estar sob minha cabeça, voltei para a chuva com minha armadilha, procurando nos arbustos onde achava que a gata estivesse escondido", conta Tardy. "Dito e feito, lá estava ele que assim que me viu saiu correndo. Foi quando percebi que havia algo errado com ele, que mancava nas patas traseiras. Percebi que poderia ser algo sério que me daria um trabalho muito maior, mas não teria coragem de deixá-lo pra trás. Então fui devagar em sua direção até que ele ficou com medo e tentou fugir de mim, saindo de onde estava escondido, mas como estava ferido ou adoentado, não conseguiu ser rápido o suficiente e eu consegui agarrá-lo e colocar na gaiolinha".

Prossegue o baterista: "A esta altura, a chuva e o vento estavam fortes, as árvores começavam a balançar, eu segui direto pra casa com o felino e o deixei na gaiola até a tempestade passar. Eu ainda não sabia se ele estava doente ou ferido, e muito menos a gravidade, mas assim que diminuiu a tempestade fui até o veterinário que me atende há doze anos. Descrevi tudo que aconteceu e, depois de examinar o animalzinho, ele determinou que ele estava sem sensibilidade na cauda e com uma certa dificuldade de mobilidade nas patinhas traseiras. A pequena fêmea - sim, era uma gatinha - estava parcialmente paralisada atrás por ter sido atingida por um carro ou coisa parecida".

Tardy conta que deixou a gatinha no veterinário para que fossem feitos mais exames para determinar a gravidade de seu ferimento, e por sorte recebeu a boa notícia que ela iria se recuperar, mas infelizmente teve que amputar o rabo. Fora isto a gatinha está bem e saudável, e foi encaminhada para ser adotada por um lar que vai cuidar bem dela para sempre. "Com certeza não foi a decisão mais inteligente ou segura que eu já tomei de estar do lado de fora de casa durante um furacão, mas eu não podia deixar aquele bebezinho pra trás", finaliza Donald.




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção NotíciasTodas as matérias sobre "Obituary"


Trues quase infartaram: Obituary mitou ao lado de Joelma e ChimbinhaTrues quase infartaram
Obituary mitou ao lado de Joelma e Chimbinha

Rock e metal: o outro lado das capas de discosRock e metal
O outro lado das capas de discos


Avenged Sevenfold: The Rev dizia que não passaria dos 30Avenged Sevenfold
The Rev dizia que não passaria dos 30

Slipknot: Qual é o significado e a tradução do nome da banda?Slipknot
Qual é o significado e a tradução do nome da banda?


Sobre Bruce William

Bruce William pensava em ser um motoqueiro rebelde mas descobriu que é um Wieder Blutbad nerd apaixonado por uma Fuchsbau. Avy jorrāelan, CatW!

Mais matérias de Bruce William no Whiplash.Net.

adGoo336