Matérias Mais Lidas

imagemO clássico da Legião inspirado em novela da TV Globo e acusado de plagiar The Doors

imagemO clássico dos Paralamas que Gilberto Gil escreveu a letra e ditou pelo telefone

imagem"Não existe esta coisa de New Wave of British Heavy Metal", diz Paul Di'Anno

imagemComo o clássico "Angel Dust" fez o guitarrista Jim Martin sair do Faith No More

imagemTúnel do Tempo: 25 músicas que mostram por que 1988 é um ano inesquecível

imagemRock in Rio 1991, Maracanã lotado, e o Guns N' Roses ameaçou não subir ao palco...

imagemO álbum do Kiss que infelizmente é ignorado pela banda, segundo Andreas Kisser

imagemTúnel do Tempo: 25 músicas que mostram por que 1991 é um ano tão celebrado

imagemPor motivo de saúde, Tracii Guns faz show inteiro do L.A.Guns dentro do banheiro

imagemSupla explica por que fala sempre misturando português com inglês

imagemMarky Ramone sobre o CBGB: "Era como um lixão, mas era o nosso lixão"

imagemTico relembra trauma que o fez entrar na Fazenda e briga bizarra com Sérgio Mallandro

imagemA opinião sincera de Lemmy Kilmister sobre os Beatles e os Rolling Stones

imagemEdu Falaschi e as versões de "Bleeding Heart" que "dá uma tristezinha" de ouvir

imagemVídeo mostra o Guns N' Roses novamente tocando "Back in Black" do AC/DC


Stamp

Guns N' Roses: entrada de Gilby foi "assustadoramente fácil"

Por Igor Miranda
Fonte: Distortion / Blabbermouth
Em 06/11/17

Em entrevista ao podcast Distortion, transcrita pelo Blabbermouth, o guitarrista Gilby Clarke falou sobre a sua entrada e adaptação ao Guns N' Roses. O músico substituiu Izzy Stradlin e ficou no grupo entre 1991 e 1994.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Clarke relembrou, inicialmente, que precisou aprender 50 músicas em uma semana. "A partir do dia em que Slash me ligou, eu estaria no palco apenas duas semanas depois", contou.

Slash, aliás, foi parte fundamental na escolha por Gilby Clarke. "Slash me chamou para tocar com ele por três dias seguidos. Ao fim, ele disse: 'você conseguiu, aprenda tudo e nos veremos em uma semana'. Não teria ensaios, pois a banda já sabia as músicas e não ensaiariam comigo. No último dia, liguei para Dizzy (Reed, tecladista) e pedi ajuda em 'Estranged'. Dizzy me deu um livro com acordes e eu disse: 'Havia um livro? Fiquei uma semana aprendendo de ouvido'", disse.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

A adaptação de Gilby Clarke foi tranquila, embora ele compreendesse a função de Izzy Stradlin no Guns N' Roses. "Sabia que Izzy era uma grande parte da banda. Não tentei substitui-lo, estava tentando achar meu espaço, do meu jeito. [...] Eles ficaram felizes. Nunca disseram coisas para mim, como 'use isso no palco' ou 'faça tal coisa'", afirmou.

Apesar de Izzy Stradlin ter sido uma força importante no Guns N' Roses, Gilby Clarke afirma que pouco se falou sobre a substituição na época. "Quando entrei, foi assustador o quanto foi fácil. Slash estava um pouco preocupado, pois estávamos mudando uma grande peça na banda e as pessoas não comentavam muito sobre isso. As pessoas falam mais sobre isso agora do que antigamente, quando aconteceu. E isso foi uma das coisas que funcionou", disse.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Clarke destacou que, embora o Guns N' Roses já fosse uma banda experiente na época, todos estavam com medo no momento de sua entrada, pois a banda estava fazendo grandes turnês em estádios. "A banda não tinha uma base sólida. Axl (Rose) sequer saía com os músicos, ele tinha um mundo próprio. Todos estavam descobrindo quem eles eram", afirmou.

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

In-Edit
publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp


Guns N' Roses: mãe de Steven Adler comenta a emoção do filho


Axl Rose: "ele é um fracassado", diz mulher de Slash


Sobre Igor Miranda

Jornalista formado pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU), com pós-graduação em Jornalismo Digital pela Universidade Estácio de Sá. Começou a escrever sobre música em 2007 e, algum tempo depois, foi cofundador do site Van do Halen. Colabora com o Whiplash.Net desde 2010. Atualmente, é editor-chefe da Petaxxon Comunicação, que gerencia o portal Cifras, Ei Nerd e outros. Mantém um site próprio 100% dedicado à música. Nas redes: @igormirandasite no Twitter, Instagram e Facebook.

Mais matérias de Igor Miranda.