Selvagens à Procura de Lei: Rock do Brasil na Copa da Rússia

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Leonardo Daniel Tavares da Silva, Fonte: Facebook
Enviar correções  |  Ver Acessos

A banda cearense SELVAGENS A PROCURA DE LEI é representante do rock brasileiro na Copa da Rússia.

Selvagens à Procura de Lei: Resenha do álbum Paraíso PortátilJohnny Ramone: "Não era bom abrir o show do Black Sabbath"

O quarteto foi um dos nomes selecionados para se apresentar durante o mundial do futebol em seu país sede. Os shows acontecerão como parte de um projeto de exportação de música brasileira chamado Brasil Music Exchange (BME). Além deles, foram selecionados as bandas e artistas Combo Cordeiro, Emicida, Esdras Nogueira, Gian Correia, Hermeto Pascoal, Liniker & Os Caramelows, Ludere, Mart'nália, Sandália de Prata, Saulo Duarte e Yangos, no entanto, as apresentações ainda dependem da agenda de cada artista.

Os SAPDL confirmaram um show em 21 de junho, na capital russa, Moscou. Será que os SELVAGENS A PROCURA DE LEI trarão sorte à Seleção Brasileira?




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção NotíciasTodas as matérias sobre "Selvagens à Procura de Lei"


Selvagens à Procura de Lei: Resenha do álbum Paraíso Portátil

2016: melhores do ano pelo colaborador Leonardo Daniel Tavares da Silva2016
Melhores do ano pelo colaborador Leonardo Daniel Tavares da Silva


Johnny Ramone: Não era bom abrir o show do Black SabbathJohnny Ramone
"Não era bom abrir o show do Black Sabbath"

Cinema: As 10 melhores aparições de bandas em filmesCinema
As 10 melhores aparições de bandas em filmes


Sobre Leonardo Daniel Tavares da Silva

Daniel Tavares nasceu quando as melhores bandas estavam sobre a Terra (os anos 70), não sabe tocar nenhum instrumento (com exceção de batucar os dedos na mesa do computador ou os pés no chão) e nem sabe que a próxima nota depois do Dó é o Ré, mas é consumidor voraz de música desde quando o cão era menino. Quando adolescente, voltava a pé da escola, economizando o dinheiro para comprar fitas e gravar nelas os seus discos favoritos de metal. Aprendeu a falar inglês pra saber o que o Axl Rose dizia quando sua banda era boa. Gosta de falar dos discos que escuta e procura em seus textos apoiar a cena musical de Fortaleza, cidade onde mora. É apaixonado pela Sílvia Amora (com quem casou após levar fora dela por 13 anos) e pai do João Daniel, de 1 ano (que gosta de dormir ouvindo Iron Maiden).

Mais matérias de Leonardo Daniel Tavares da Silva no Whiplash.Net.

adClio336|adClio336