Rage Against the Machine: é um milagre terem feito quatro álbuns, declara Tom Morello

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Mark Ark, Fonte: Loudwire, Tradução
Enviar correções  |  Ver Acessos

RAGE AGAINST THE MACHINE trilhou seu próprio caminho nos anos 90, tornando-se uma das vozes mais únicas no mundo do Rock, mas no auge da fama em 2000, a banda gravou o álbum de covers (Renegades) e decidiu se separar. Apesar de ter reunido-se posteriormente para alguns shows, a banda nunca mais gravou novamente e durante recente conversa com baterista Lars Ulrich do METALLICA, no programa de rádio "It's Electric", o guitarrista Tom Morello deu algumas explicações a respeito de sua antiga banda.

RATM: "Zack de la Rocha e Morello não se davam bem", segundo Howard SternIron Maiden: Rachel Sheherazade é uma grande fã da banda

"Em primeiro lugar", Morello declarou a respeito da dissolução da banda: "foi uma falta de maturidade emocional em lidar uns com os outros. Nós tinhamos uma visão política que nunca chegou a atrapalhar os shows, mas discordávamos em algumas coisas e ressentimentos dificultaram a gravação de álbuns. Havia visões discordantes do que a banda deveria ser e sentimentos conflitantes com as quais não soubemos lidar."

O guitarrista complementou: "na minha opinião deveríamos gravar um álbum a cada seis meses. Queria que fossemos um 'Led Zeppelin' político que derrubaria governos e faria os melhores álbuns" Morello revelou, e assumiu que analisando retrospectivamente não entendeu os sentimentos dos outros membros da banda na época.

Falou sobre a reunião e porque novas músicas não foram compostas: "nos reunimos em 2007 e nos divertimos no palco, fora do palco, jogando 'ping pong', saindo; foi uma camaradagem, mas uma das coisas que nos ajudaram e que estava fora de cogitação era tudo o que tinha gerado controvérsia anteriormente: compor, dar entrevista, ter um empresário; nós simplesmente não iríamos fazer essas coisas novamente."

Tom tem orgulho de tudo o que conquistaram, mas "segundo o meu ponto de vista, tínhamos elementos extremamente combustíveis, e ter conseguido gravar quatro álbuns e ter tocado shows do jeito que fizemos, foi um milagre na minha opinião."

Durante a conversa com Ulrich, Morello também revelou que o riff de "Show me how to live" (AUDIOSLAVE) foi composto para ser uma música do RAGE AGAINST THE MACHINE, mas acabou sendo utilizada na banda que formaram posteriormente com Chris Cornell.

A entrevista completa pode ser conferida no vídeo:




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato. Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Denuncie os que quebram estas regras e ajude a manter este espaço limpo.


Todas as matérias da seção NotíciasTodas as matérias sobre "Rage Against The Machine"Todas as matérias sobre "Tom Morello"


RATM: Zack de la Rocha e Morello não se davam bem, segundo Howard SternRATM
"Zack de la Rocha e Morello não se davam bem", segundo Howard Stern

Howard Stern: "Morello havia me dito que gostaria de reunir o RATM novamente"Tom Morello: guitarrista apoia campanha contra reconhecimento facial em showsRage Against The Machine: Taylander8 comenta o triste fim da banda (vídeo)

RATM: Não derrubamos Simon Cowell, o próprio povo do Reino Unido o derrubouRATM
"Não derrubamos Simon Cowell, o próprio povo do Reino Unido o derrubou"

RATM: "Killing In The Name" tocada por mil músicos ao mesmo tempo

Tom Morello: veja-o atirar celular de fã que fazia selfie no palcoTom Morello
Veja-o atirar celular de fã que fazia selfie no palco

Rage Against The Machine: por que eles foram banidos do Saturday Night Live?Rage Against The Machine
Por que eles foram banidos do Saturday Night Live?

AC/DC: Tom Morello transforma clássico em canção políticaAC/DC
Tom Morello transforma clássico em canção política


Iron Maiden: Rachel Sheherazade é uma grande fã da bandaIron Maiden
Rachel Sheherazade é uma grande fã da banda

Mr Catra: Uma lista das suas maiores influências no rock (vídeo)Mr Catra
Uma lista das suas maiores influências no rock (vídeo)

Influências: Folk Metal e Música CeltaInfluências
Folk Metal e Música Celta

Fotos de Infância: Dave Mustaine, do MegadethFotos de Infância
Dave Mustaine, do Megadeth

Sgt. Peppers: O mais importante disco da história?Sgt. Peppers
O mais importante disco da história?

Metallica: tentamos ser acessíveis sempre, diz Lars UlrichMetallica
"tentamos ser acessíveis sempre", diz Lars Ulrich

Max Cavalera: Não dou a mínima para o que pensa o pessoal do Korn ou qualquer outro!Max Cavalera
"Não dou a mínima para o que pensa o pessoal do Korn ou qualquer outro!"


Sobre Mark Ark

Nascido em São Paulo em 1979, seu amor pelo metal e rock vem desde o final dos anos 80. Grande fã de Pantera e trash metal, mas curte Rock em geral (e outros estilos como Blues e Rap). Acessa o site há mais de 20 anos e em 2018 decidiu ser colaborador e criar seu próprio site rockaddict.com.br.

Mais matérias de Mark Ark no Whiplash.Net.

adGoo336|adClio336