Epica: Simone Simons destaca mudança no "gênero" metal feminino

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Igor Miranda, Fonte: Metal Wani / Blabbermouth
Enviar Correções  

A vocalista Simone Simons, do Epica, falou em entrevista ao Metal Wani (transcrição via Blabbermouth) sobre a ramificação "metal feminino", que, em outros países, recebe o nome "female-fronted metal". Segundo a cantora, a definição do subgênero mudou bastante nos últimos anos, porque as mulheres estão integrando bandas de estilos muito diferentes.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Simons deu sua opinião após ser questionada se o termo "female-fronted" é empoderador ou restritivo. "Eu diria que é restritivo, porque no começo, 15 anos atrás, 'metal feminino' ('female-fronted metal') seria a descrição de como uma banda soaria. Automaticamente, significava que teria vocais operísticos e um toque sinfônico. Hoje, há tantas cantoras incríveis no metal, mas elas não estão em bandas de metal sinfônico. Há estilos tão diferentes de bandas de metal com cantoras, então, falar 'metal feminino' não diz nada sobre como uma banda soa. Acho que esse termo está desatualizado", afirmou.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

A cantora do Epica destacou que não acha o termo "female-fronted" desrespeitoso, mas, segundo ela, a expressão só aponta que há uma mulher na banda e não o seu estilo. "Também não sou grande fã de rótulos, porque o Epica tem tantas influências diferentes. A principal é, claro, trilhas sonoras de filmes, mas também tem death metal e progressivo. Mas não acho que 'metal feminino' é algo anti-mulher. Sempre me senti muito confortável no mundo dominado por homens. Prefiro trabalhar com homens, porque são mais diretos. Além disso, eu sempre venço no quesito de piadas obscenas", disse.

publicidade

Assista à entrevista no player de vídeo a seguir (em inglês, sem legendas).

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Momentos bizarros: histórias de Ozzy, Stones, Who e outrosMomentos bizarros
Histórias de Ozzy, Stones, Who e outros

Mamonas Assassinas: músicos já sabiam que iam morrer?Mamonas Assassinas
Músicos já sabiam que iam morrer?


Sobre Igor Miranda

Jornalista formado pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU), com pós-graduação em Jornalismo Digital pela Universidade Estácio de Sá. Começou a escrever sobre música em 2007 e, algum tempo depois, foi cofundador do site Van do Halen. Colabora com o Whiplash.Net desde 2010. Atualmente, é editor-chefe da Petaxxon Comunicação, que gerencia o portal Cifras, Ei Nerd e outros. Mantém um site próprio 100% dedicado à música. Nas redes: @igormirandasite no Twitter, Instagram e Facebook.

Mais matérias de Igor Miranda no Whiplash.Net.

Goo336 Cli336 WhiFin Goo336