Black Sabbath: Ozzy revela por que última turnê não foi agradável

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Igor Miranda, Fonte: Rolling Stone
Enviar correções  |  Ver Acessos

O vocalista Ozzy Osbourne voltou a dizer - agora, em entrevista à Rolling Stone - que não teve um bom momento durante a turnê de despedida do Black Sabbath, concluída em fevereiro de 2017. Desta vez, o cantor foi além e explicou por que a tour que encerrou as atividades da banda que o consagrou não foi divertida.

Emo: gênero que todos amam odiar sem conhecer absolutamente nadaDe AC/DC a ZZ Top: Origens dos nomes de bandas e artistas de rock

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

"Com o Sabbath, tudo o que sou é um cantor em uma banda", disse ele, inicialmente, também destacando que a situação é diferente em sua carreira solo. "Sozinho, tenho muita liberdade e me divirto com isso", completou.

Em seguida, o Madman explicou seu principal problema com o Black Sabbath. "Não é permitido se divertir com o Sabbath. É sério demais. Tony (Iommi, guitarrista) tentava me atacar dizendo: 'Não fique conversando durante meus solos'. Eu dizia: 'Ok, tem certeza?. A maior parte da p*rra dos solos são solos. A introdução da música tem cinco minutos, eu canto por dois segundos e, em seguida, tem outro solo'", afirmou.

Ozzy destacou que sua carreira solo tem mais de sua identidade. "Com a minha coisa, eu busco me divertir e é isso que a música significa para mim. Não sou uma p*rra de cantor sério. Sou apenas um frontman que tenta fazer a plateia vir à frente", disse.

O comentário de Ozzy Osbourne à Rolling Stone complementa o que ele havia dito, há algumas semanas, em entrevista ao The Inquirer. Na ocasião, ele afirmou ter sentido "vibrações ruins" de seus colegas de banda - Tony Iommi e o baixista Geezer Butler - simplesmente "por ser Ozzy" e que não teve "um bom momento" durante a turnê.

"Passei 9 ou 10 anos no Sabbath, mas fiquei fora por mais de 30 anos. Com eles, sou apenas um cantor. Sozinho, faço o que quero. Estava recebendo vibrações ruins deles por ser Ozzy. Não sei, que p*rra mais eu poderia ser?", afirmou, na época, sem dar mais explicações.

Black Sabbath: Ozzy relata vibes ruins de colegas em turnê de despedidaBlack Sabbath
Ozzy relata "vibes ruins" de colegas em turnê de despedida

Dias depois, Tony Iommi se mostrou surpreso com a declaração de Ozzy Osbourne. "Vi aquilo, mas não sei o que ele quer dizer. Tive momentos fantásticos na última turnê tocando com os caras, e Ozzy nunca disse nada daquilo pra mim. Ele parecia estar curtindo e dávamos muitas risadas, então eu não sei. Acho que a citação dele deve ter sido retirada do contexto", disse, na ocasião.

Tony Iommi: reclamações de Ozzy não fazem sentido pra eleTony Iommi
Reclamações de Ozzy não fazem sentido pra ele

O discurso atual de Ozzy Osbourne chama a atenção, já que, há poucos meses, ele chegou a sugerir uma reunião do Black Sabbath para a edição de 2022 dos Jogos da Commonwealth. A competição, que reúne países membros da Comunidade de Nações, terá sua próxima realização em Birmingham, Inglaterra, cidade natal da banda.

Black Sabbath: Ozzy sugere reunião para Jogos da Commonwealth 2022Black Sabbath
Ozzy sugere reunião para Jogos da Commonwealth 2022




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção NotíciasTodas as matérias sobre "Black Sabbath"Todas as matérias sobre "Ozzy Osbourne"


Tony Iommi: Dio nem aquecia a voz antes de subir ao palcoTony Iommi
Dio nem aquecia a voz antes de subir ao palco

Farewell: 10 bandas que fizeram turnê de despedida, mas voltaram"Farewell"
10 bandas que fizeram turnê de despedida, mas voltaram


Emo: gênero que todos amam odiar sem conhecer absolutamente nadaEmo
Gênero que todos amam odiar sem conhecer absolutamente nada

De AC/DC a ZZ Top: Origens dos nomes de bandas e artistas de rockDe AC/DC a ZZ Top
Origens dos nomes de bandas e artistas de rock


Sobre Igor Miranda

Jornalista formado pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU), com pós-graduação em Jornalismo Digital pela Universidade Estácio de Sá. Começou a escrever sobre música em 2007 e, algum tempo depois, foi cofundador do site Van do Halen. Colabora com o Whiplash.Net desde 2010. Atualmente, é editor-chefe da Petaxxon Comunicação, que gerencia o portal Cifras, Ei Nerd e outros. Mantém um site próprio 100% dedicado à música. Nas redes: @igormirandasite no Twitter, Instagram e Facebook.

Mais matérias de Igor Miranda no Whiplash.Net.

Goo336x280 GooAdapHor