Matérias Mais Lidas

imagemO hit da Legião Urbana cuja letra fala sobre esperança de Renato em se curar da AIDS

imagemMax e Iggor convidam Jairo, detonam no Rio e alfinetam: "Verdadeiro Sepultura"

imagemA lenda do Rock que se arrepende de nunca ter dormido com Jimi Hendrix

imagemPodcast diz que prática comum no black metal hoje seria "coisa de esquerdomacho"

imagemQuando Slash tentou entrar pro Kiss mas foi rejeitado por um motivo cruel

imagemA sincera resposta de João Gordo para quem o acusa de ser "traidor do movimento"

imagemPink Floyd: Roger Waters relembra a última vez que viu Syd Barrett

imagemO hit dos Engenheiros do Hawaii que faz uma dura crítica à panelinha do rock nacional

imagemO sensato conselho que Lulu Santos deu para o novato Herbert Vianna

imagemDez clássicos do rock e do heavy metal que não têm bateria

imagemBittencourt começou a fazer tai chi chuan no camarim após beque de Mariutti bater forte

imagemPrika explica critérios para entrar na Nervosa: "Fascista na minha banda não toca!"

imagemEddie Munson faz metaleiros virarem novos crushes da geração TikTok, diz site

imagemMúsicos famosos fizeram teste para o AC/DC sem que ninguém soubesse, conta baterista

imagemNando Reis e a enigmática música que ele queria usar para seduzir Marisa Monte


Stamp

Rata Blanca: 30 anos do disco que mudou o Metal na América Latina.

Por Willba Dissidente
Fonte: Rock Dissidente
Em 15/02/19

Em 17 de dezembro de 1988 o RATA BLANCA lançou seu homônimo debut. Vinil esse que, ainda que não seja comercialmente o mais bem sucedido do conjunto, mudou para sempre o Metal na América Latina; com estandartes então inéditos de som e qualidade. Para comemorar, Juan Ignacio Provéndola, articulista do site La Izquierda Diário, do PTS (Partido de los Trabajadores Socialistas), conduziu uma entrevista com o mago das guitarras Walter Giardino, que foi traduzida e adaptada ao português pelo Rock Dissidente.

Como consegui viver de Rock e Heavy Metal

Contando desde sua demissão do V8 (que para muitos iniciou realmente o Metal não só na Argentina como na América do Sul), ao processo de composição e montagem da banda nova (com ajuda de amigos do KAMIKAZE, ALAKRAN, HORCAS e outros grupos) à gravação do disco, os primeiros shows e até o estranho caso de um produtor que acabou "roubando" crédito por canções que nem conseguiria tocar, Giardino falou dos vocalistas que passaram pelo grupo e diversos temas desses primeiros anos de RATA BLANCA.

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

A influência de riffs em ACCEPT, DEEP PURPLE e JUDAS PRIEST num disco que tratava desde a violência de Estado com severas críticas sociais a ditadura militar no contexto da redemocratização (que por ser democrática não significa exatamente ser libertária), a castelos medievais, com ciganas, feitiços e outros elementos fantásticos chaves do Metal anglo-saxão que até então não eram explorados na América do Sul. Aliada a beleza lírica estão canções de tamanho inédito, oito minutos (o dobro que RIFF ou v8 faziam), passagens de grande riqueza harmônica, compositiva e instrumental; isso sem contar os solos de guitarra com inspiração neo-clássica.

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

Acompanhe a (enorme) tradução inteira aqui.

Um castelo em cima de uma coluna e uma lua cheia recortando a noite. Essa capa e a música que ela continha acabam de completar 30 anos de idade e inspiração a jovens aprender a tocar uma música complexa para se exibir, ou para se lançar nas milhares de aventuras que só o Metal poderia os levar. Um "Precário, mas filosófico; limitado, mas cintilante. Urgente e furioso. A falta de recurso terminou dando ao play uma ambientação tão encantadora que o próprio Giardino rechaçou a regravá-lo cada vez que o propuseram", finaliza Provéndola.

Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva

RATA BLANCA (1987-1989 - com algumas mudanças)

Saúl Blanch - Voz.
Guillermo Sánchez (RIP) - baixo.
Hugo Bistolfi - teclado.
Gustavo Rowek - bateria.
Sergio Berdichevsky - guitarra base.
Walter Giardino - guitarra líder.

Site:
http://www.ratablanca.net/

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Dream Theater 2022


publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Heavy metal poliglota: dez músicas cantadas em idiomas diferentes do inglês

Idioma: bandas que já cantaram em sua língua natal

Vocalistas: As maiores vozes esquecidas do Metal

O Suprassumo do Superestimado: os 11 mais (ou menos) nacionais

Iron Maiden: o vocal que quase substituiu Bruce Dickinson em 93


Sobre Willba Dissidente

Willba Dissidente é fã das bandas de hard rock dos anos 70 e 80 e de metal oitentista dos mais variados países. Quem quiser saber mais deve acessar seu canal no youtube. Obrigado! Stay Hard (True As Steel)!

Mais matérias de Willba Dissidente.