Virus: capa e repertório de Contágio definidos

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Ricardo Batalha, Fonte: ASE Music, Press-Release
Enviar correções  |  Ver Acessos

Press-release - Clique para divulgar gratuitamente sua banda ou projeto.

O Virus, pioneiro do heavy metal brasileiro, definiu o repertório e a arte de capa do álbum de estreia, "Contágio". Flávio Ferb (vocal), Fernando Piu e Renato RT (guitarras), Guilherme Boschi (baixo) e Lucio Del Ciello (bateria) produziram o disco no estúdio Orra Meu!, em São Paulo. A arte de capa ficou a cargo de Flávio Ferb, criador da arte das duas edições da coletânea "SP Metal", bem como do logotipo da banda. "O conceito da capa é representar o vírus na hora do contágio, no momento exato em que atinge a corrente sanguínea. Busquei um resultado impactante para a capa, que representasse bem o momento atual da banda. No interior, o fago estará representado em destaque, assim como vamos contar um pouco da história da banda através de imagens bacanas", explicou o vocalista.

Metal Alemão: as 10 melhores bandas segundo o About.comRock Progressivo: as 25 melhores músicas de todos os tempos

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Além de suas performances ao vivo, sempre teatrais e com direito a pirotecnia, o Virus construiu sua reputação com a inclusão de "Matthew Hopkins" e "Batalha No Setor Antares" na primeira edição da coletânea "SP Metal" (1984). Agora, finalmente, colocarão o sonho de registrar o primeiro disco em prática. Para antecipar o lançamento, o grupo soltará um videoclipe para a nova versão da clássica "Batalha No Setor Antares". "Nós decidimos pela 'Batalha No Setor Antares' para o clipe, pois é um clássico do heavy metal, um som que remete aos anos 80, o início de nossa trajetória. Por outro lado, o novo arranjo e a sonoridade que alcançamos no estúdio mostra bem como estamos trabalhando hoje, na formação atual e quase 40 anos após a composição do som", declarou o guitarrista Renato RT. "Esse momento de estar no estúdio, gravando finalmente o disco, foi mágico, e a gente queria ter todos os nossos fãs e amigos lá dentro com a gente. Então, esse primeiro clipe será todo em making of. Caike Scheffer, diretor do clipe, ficou vários dias perseguindo a gente lá dentro, registrando tudo, para passar um pouco desse clima para a galera", acrescentou.

Veja o vídeo com os bastidores das gravações:

Confira o repertório de "Contágio", que trará composições que o Virus costumava tocar ao vivo em seus shows nos anos 1980, incluindo as versões das faixas que integraram "SP Metal 1":

1 Sacrifício
2 Povo Do Céu
3 Matthew Hopkins
4 Ignis
5 Batalha No Setor Antares
6 Sinos Negros
7 O Eremita
8 Metal Pesado

Site relacionado:
https://www.facebook.com/VirusContagiometalOficial/

Contato para shows | Agência OM (Phill Lima): (11) 93067-6175

Foto: Caike Scheffer




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção NotíciasTodas as matérias sobre "Vírus"


Metal Alemão: as 10 melhores bandas segundo o About.comMetal Alemão
As 10 melhores bandas segundo o About.com

Rock Progressivo: as 25 melhores músicas de todos os temposRock Progressivo
As 25 melhores músicas de todos os tempos


Sobre Ricardo Batalha

Ricardo Batalha, formado em Direito pela FMU, é um dos diretores da empresa ASE Press, integra o conselho editorial do Jornal Momento Notícias e vem trabalhando de forma fixa na Revista Roadie Crew desde 1996. Começou editando os fanzines Deathcore e Silent Rage e se tornou uma biblioteca do Metal brasileiro, colaborando para diversos veículos de mídia ligados ao Heavy/Rock desde os anos 1980. Suas bandas preferidas são Black Sabbath, Judas Priest e Accept, mas nunca escondeu a predileção pelo Hard Rock dos anos 80, especialmente o Ratt.

Mais matérias de Ricardo Batalha no Whiplash.Net.

adClio336|adClio336