Emperor: Ihsahn fala sobre as possibilidades de um novo disco

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Carlos Henrique Schmidt, Fonte: Youtube, Tradução
Enviar correções  |  Ver Acessos

Em entrevista para a Loud TV no Hellfest deste ano, o vocalista do Emperor, Ihsahn, falou sobre a possibilidade de o Emperor gravar material novo, dizendo mais uma vez que isso não acontecerá.

Steven Tyler: vocalista admite que já queimou a roscaTotal Guitar: os 20 melhores riffs de guitarra da história

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Ihsahn: "Como você sabe, Emperor desenvolveu, e em algum momento, eu acabei fazendo mais e mais músicas e eventualmente eu fiz todas as músicas. Nós preferimos parar no nível em que estávamos todos envolvidos criativamente, ao invés de fazer algo por manter o logotipo ou por qualquer um desses motivos.

Neste ponto, há tanta nostalgia ligada ao que fazemos, e estamos numa posição privilegiada onde as pessoas desenvolveram um apego a essas canções antigas que fizemos, assim como nós somos sendo fãs de outras bandas. É uma posição muito boa de se estar.

Se acontecesse, que tipo de EMPEROR seria? Deveríamos fazer algo que soasse como o antigo EMPEROR, ou deveríamos fazer algo como se EMPEROR soasse hoje? Se dependesse de mim, o EMPEROR soaria como meus discos solo, porque é assim que eu escrevo metal. É uma espécie de coisa ruim para todos. A própria razão do Black Metal, as pessoas querem algo que é real e tem integridade e isto."




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção NotíciasTodas as matérias sobre "Ihsahn"


Steven Tyler: vocalista admite que já queimou a roscaSteven Tyler
Vocalista admite que já queimou a rosca

Total Guitar: os 20 melhores riffs de guitarra da históriaTotal Guitar
Os 20 melhores riffs de guitarra da história


Sobre Carlos Henrique Schmidt

Graduado em Computação e Administração, a paixão pela música pesada surgiu nos primeiros anos da adolescência e permanece até os dias de hoje. Apesar da preferência pelos estilos mais x-tremos da música pesada (Black, Death, Grind), o seu universo musical não limitado por estes rótulos, mas pelo que a música em si transmite.

Mais informações sobre Carlos Henrique Schmidt

Mais matérias de Carlos Henrique Schmidt no Whiplash.Net.

adGoo336