Metallica: "Com o que eles ficarão putos se são bilionários?", diz líder do Destruction

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Igor Miranda, Fonte: Rauta / Blabbermouth
Enviar correções  |  Ver Acessos

O baixista e vocalista Schmier, do Destruction, refletiu sobre o sucesso conquistado por algumas bandas de thrash metal em entrevista ao canal Rauta, no YouTube. A transcrição é do site Blabbermouth.

Metallica: banda doa 750 mil dólares para combater incêndios na AustráliaDane-se Bruce Dickinson: Simone Simons no metrô é muito melhor

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Durante o bate-papo, Schmier foi perguntado sobre o motivo pelo qual bandas de thrash metal dos Estados Unidos, como Metallica e Slayer, conquistaram mais sucesso do que nomes da Alemanha, como Kreator e o próprio Destruction. A resposta do frontman passa pela cultura do próprio americano.

"Você tem que entender que americanos são vendedores - eles sabem se vender quando se trata de imagem e músicas cativantes. Veja o Metallica: eles começaram a fazer músicas cativantes e ficaram famosos. Eles ainda enchem estádios. O Slayer tem seu status 'cult' e subiram nesse nível de intocáveis, basicamente", disse, inicialmente.

A experiência também interferiu neste caso, segundo Schmier. "As bandas americanas são um pouco mais velhas que as nossas. Éramos bem pequenos quando as bandas americanas, com 2 ou 3 anos a mais. Tecnicamente, eles eram melhores músicos, pois tínhamos 17 anos e eles, 21. É uma das razões que explicam a fama maior do metal americano. A grande onda veio da América, os grandes selos são de lá. As produções eram ótimas na época. Os primeiros álbuns do Metallica ainda soam ótimos. Fizeram muitas coisas certas. Isso fez as bandas americanas ficarem um pouco a frente no tempo, por isso, são lendárias hoje", afirmou.

Em seguida, o músico foi perguntado sobre o que ele faz para tentar manter o Destruction relevante, ao compor canções novas. Ele respondeu: "Eu era um jovem revoltado, hoje sou um velho revoltado. Pouco mudou nisso. Veja o Metallica. Não quero deixar os fãs chateados, mas veja esse fato: uma vez que você se torna um bilionário, por que você deveria estar puto com alguma coisa? Que seu mordomo deixou seus ovos queimarem, talvez? Acho que para não perder a credibilidade, você não pode ser super rico".

Schmier acredita que bandas de heavy metal que ficam grandes demais tendem a "amaciar" seu som, salvo raras exceções. "O heavy metal tem relação com a raiva, especialmente o thrash metal. Quando você se mantém revoltado, você pode compor esse tipo de música. Quando você sai para fazer compras com sacolas da Gucci o tempo todo, não acho que a raiva esteja por lá ainda", afirmou.

Confira a entrevista, na íntegra, no player de vídeo a seguir (em inglês, sem legendas):




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção NotíciasTodas as matérias sobre "Metallica"Todas as matérias sobre "Destruction"


Metallica: banda doa 750 mil dólares para combater incêndios na AustráliaMetallica
Banda doa 750 mil dólares para combater incêndios na Austrália

Metallica: "Whiskey in the Jar" por instrumentos de informática

Metallica: e se o Master of Puppets estivesse no ... And Justice For All?Metallica
E se o "Master of Puppets" estivesse no "... And Justice For All"?

Metallica: banda comemora um bilhão de streamings no SpotifyMetallica
Banda comemora um bilhão de streamings no Spotify

Metallica: banda monta playlist com 25 melhores vídeos de 2019Metallica
Banda monta playlist com 25 melhores vídeos de 2019

Metallica: Kirk Hammett mostra seu físico sarado em praia do HavaíMetallica
Kirk Hammett mostra seu físico sarado em praia do Havaí

Metallica: filmagem profissional de "Lords Of Summer" na Bélgica

Metallica: todos os álbuns da banda, do pior para o melhorMetallica
Todos os álbuns da banda, do pior para o melhor

Metallica: homenagem a Lemmy nas redes sociaisMetallica
Homenagem a Lemmy nas redes sociais

Metallica: vídeo profissional de "Confusion" na Alemanha

Lars Ulrich: como ele deixou de usar cocaína?Lars Ulrich
Como ele deixou de usar cocaína?

Metallica: NME elege as 10 melhores músicas do grupoMetallica
NME elege as 10 melhores músicas do grupo


Dane-se Bruce Dickinson: Simone Simons no metrô é muito melhorDane-se Bruce Dickinson
Simone Simons no metrô é muito melhor

Rafael Serrante: Ele invadiu o palco do Maiden no Rock In RioRafael Serrante
Ele invadiu o palco do Maiden no Rock In Rio


Sobre Igor Miranda

Jornalista formado pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU) e apaixonado por rock há mais de uma década. Começou a escrever sobre música em 2007, com o surgimento do saudoso blog Combe do Iommi. Atualmente, é redator-chefe da área editorial do site Cifras e mantém um site próprio (www.IgorMiranda.com.br). Também co-fundou o site Van do Halen, para o qual trabalhou até 2013.

Mais matérias de Igor Miranda no Whiplash.Net.

adGoo336