System of a Down: dinheiro, fama e bajuladores travaram a banda, diz Dolmayan

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Igor Miranda, Fonte: Eddie Trunk / Ultimate Guitar
Enviar correções  |  Ver Acessos

O baterista John Dolmayan voltou a falar, em entrevista ao Trunk Nation transcrita pelo Ultimate Guitar, sobre o hiato criativo no qual o System of a Down se encontra. A banda acabou em 2006 e retornou em 2011, mas, desde então, só fez turnês esporádicas, sem um novo álbum de estúdio.

System of a Down: Shavo Odadjian inveja o Metallica por superarem criseChester Bennington: a tocante carta que ele escreveu para Chris Cornell

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

O músico destacou que a situação do System of a Down é "disfuncional". Todos os integrantes da banda têm projetos paralelos, porém, ainda se reúnem para shows. "A verdade é que nenhum de nós deveria ter tempo para outros projetos. Deveríamos estar focados na banda e explorando nossos talentos, fazendo músicas para o System of a Down", afirmou.

Em seguida, Dolmayan disse que casamentos acabam e longas amizades se dissipam "porque acontece", especialmente em um contexto individual de artistas. "Você terá brigas e o resultado é: quanto maior a banda, mais as pessoas dizem que você é ótimo, que seu papel é o mais importante. Alguns ouvem isso mais do que outros e se apaixonam por suas próprias ideias", comentou.

O caráter "disfuncional" do System of a Down não foi analisado por Dolmayan porque ele entrou quando o grupo já existia, não sendo integrante da primeiríssima formação. O baterista destacou, ainda, que os quatro integrantes da banda são muito diferentes.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

"Eu era amigo dos caras antes de estar na banda, mas como tudo na vida, quanto mais dinheiro e fama você tem, mais complicado isso se torna. De alguma forma, você perde a mentalidade que te fez chegar a isso, que é 'nós contra todos'. Acontece em toda banda. Costumávamos ser nós contra todo mundo, certo? Pensamos como: temos algo a provar, vamos fazer nossas músicas, estamos lutando, não temos grana... é isso que fortalece", disse.

O músico pontuou que quando essa mentalidade "nós contra todo mundo" é perdida, outras motivações precisam aparecer, senão, torna-se uma "banda de coletânea". Ele também reconheceu que é criado um frenesi em torno de alguns grupos específicos, já que não é muito fácil achar atrações principais para festivais de rock nos dias de hoje.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

"Sabíamos que conseguiríamos lotar um lugar com 3 mil pessoas, mas tocamos no lugar de 2 mil pessoas e criamos um frenesi em torno daquele show. Também acho que não há tantas bandas para entrar nesses festivais. Há mais festivais e menos bandas chegando para atrair 50 mil a 70 mil pessoas. Então, precisamos das mesmas bandas. Nos últimos 20 anos, isso diminuiu, porque as gravadoras não investem mais em bandas como nós", afirmou.

Dolmayan apontou que o System of a Down é "único", mas não acha que a banda teria conseguido um contrato com gravadora hoje em dia ou 10 anos antes da formação, lá no fim da década de 1980. "Tudo foi perfeito. Porém, não há tantas bandas de rock ou metal surgindo agora. Isso pode mudar, é cíclico", concluiu.

'O ego atrapalha muito'

Em entrevista recente ao programa "Drinks With Johnny", do baixista Johnny Christ (Avenged Sevenfold), John Dolmayan também disse que o System of a Down precisa superar seus problemas. A banda voltou no início da década e, desde então, apenas se reúne de forma esporádica para shows em festivais. Os últimos álbuns, "Mezmerize" e "Hypnotize", saíram em 2005. O guitarrista Daron Malakian e o vocalista Serj Tankian chegaram a se estranhar publicamente por causa disso.

System of a Down: Serj desabafa sobre acusação de empacar a bandaSystem of a Down
Serj desabafa sobre acusação de empacar a banda

"Tivemos enorme sucesso um com o outro, então, o ego atrapalha muito, seja nos relacionamentos ou nos negócios, e, às vezes, você perde de vista o motivo pelo qual começou a fazer música junto com aqueles caras. Especialmente na música, as pessoas perdem o foco", disse, inicialmente.

O integrante do System of a Down completou: "É preciso perdoar algumas coisas. Deixe para trás e siga em frente. O System não conseguiu fazer isso ainda. Temos algumas coisas que entraram no caminho".

Apesar disso, John Dolmayan reforçou que a relação entre os integrantes é ótima e fez elogios ao System of a Down. "Sou o melhor quando estou com Serj, Daron e Shavo (Odadjian, baixista). Nada que eu faço na música vai se comparar a isso. Estou ciente, admiro isso. Tenho, na minha opinião, uma das melhores bandas de shows no mundo. Com todo o respeito a todos, somos o System of a Down. É como vejo isso", disse.

System of a Down: integrantes precisam se perdoar e seguir, diz John DolmayanSystem of a Down
Integrantes precisam se perdoar e seguir, diz John Dolmayan




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção NotíciasTodas as matérias sobre "System Of a Down"


System of a Down: Shavo Odadjian inveja o Metallica por superarem criseSystem of a Down
Shavo Odadjian inveja o Metallica por superarem crise

System of a Down: 27 a 57 mil morrem de gripe por ano e ninguém fala, diz ShavoSystem of a Down
"27 a 57 mil morrem de gripe por ano e ninguém fala", diz Shavo

System of a Down: Dolmayan critica comunismo e Bernie Sanders, que Serj apoiaSystem of a Down
Dolmayan critica comunismo e Bernie Sanders, que Serj apoia

Segunda-Feira: SOAD, Faith No More, Korn e Helmet postam fotos iguaisSegunda-Feira
SOAD, Faith No More, Korn e Helmet postam fotos iguais

These Grey Men: veja clipe de Street Spirit, com M. Shadows no vocalThese Grey Men
Veja clipe de "Street Spirit", com M. Shadows no vocal

Serj Tankian: ele critica Trump por ataque no Irã e diz que povo não quer guerraSerj Tankian
Ele critica Trump por ataque no Irã e diz que povo não quer guerra

System of a Down: baterista sugere reunião após Tool, Rage e Red Hot se acertaremSystem of a Down
Baterista sugere reunião após Tool, Rage e Red Hot se acertarem

System of a Down: Serj Tankian é a favor de lançar material antigo inéditoSystem of a Down
Serj Tankian é a favor de lançar material antigo inédito

Clube da Música: 10 bandas de Rock/Metal mais acessadas do YouTube (vídeo)

System of a Down: John Dolmayan não ficou satisfeito com shows recentesSystem of a Down
John Dolmayan não ficou satisfeito com shows recentes

Rap e Metal: cinco colaborações que funfaramRap e Metal
Cinco colaborações que funfaram

Billboard: discos de rock/metal que atingiram o topo nos anos 2000Billboard
Discos de rock/metal que atingiram o topo nos anos 2000


Chester Bennington: a tocante carta que ele escreveu para Chris CornellChester Bennington
A tocante carta que ele escreveu para Chris Cornell

Cinema: 60 filmes pra quem ama Rock e MetalCinema
60 filmes pra quem ama Rock e Metal


Sobre Igor Miranda

Jornalista formado pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU), com pós-graduação em Jornalismo Digital pela Universidade Estácio de Sá. Começou a escrever sobre música em 2007 e, algum tempo depois, foi cofundador do site Van do Halen. Colabora com o Whiplash.Net desde 2010. Atualmente, é editor-chefe da Petaxxon Comunicação, que gerencia o portal Cifras, Ei Nerd e outros. Mantém um site próprio 100% dedicado à música. Nas redes: @igormirandasite no Twitter, Instagram e Facebook.

Mais matérias de Igor Miranda no Whiplash.Net.

Goo336x280 GooAdapHor Goo336x280 Cli336x280