Matérias Mais Lidas

imagemBruno Valverde diz que preconceito contra ele veio mais da igreja do que dos metaleiros

imagemRegis Tadeu se garante e não retira uma palavra do que disse sobre Di'Anno e Iron Maiden

imagemDez ótimas músicas do Iron Maiden escritas pelo agitado guitarrista Janick Gers

imagem"A ingenuidade do fã do Iron Maiden é um negócio que beira o patético", diz Regis Tadeu

imagemPaul Di'Anno detona Regis Tadeu após vídeo em que critica seu encontro com Iron Maiden

imagemA "traumática" e "desagradável" experiência de ser preso, segundo Arnaldo Antunes

imagemA inesperada música do Whitesnake que serviu de inspiração para "Carry On" (Angra)

imagemQuando Chorão, do Charlie Brown Jr, quase levou porrada do Rick Bonadio

imagemGeezer Butler, Heavy Metal e a clássica canção do Black Sabbath inspirada por Jesus

imagemNando Reis: Como falta de luz e jogo de cartas inspiraram arranjo de "Malandragem"

imagemAC/DC: Angus Young recorda como fazia para ouvir rock em seus tempos de garoto

imagemEpisódio de Stranger Things 4 relembra Ozzy Osbourne e a "mordida do morcego"

imagemFãs protestam contra Claustrofobia após banda fazer versão de música do Pantera

imagemHelloween divulga vídeo de "Best Time", com participação de Alissa White-Gluz

imagemA estratégia usada por Mille Petrozza, do Kreator, para "reaprender" músicas antigas


Motley Crue: Parece um filme de terror, mas é a vida real de Nikki Sixx

Por Alice Pellizzoni
Fonte: Editora Belas Letras
Em 13/05/20

Press-release - Clique para divulgar gratuitamente sua banda ou projeto.

E se você pudesse ler os diários mais íntimos de um astro do rock, viciado em heroína, que viveu na sujeira e no caos da sua dependência, teve alucinações e viu a morte de perto?

Mais um livro do submundo do rock’ n’roll está saindo do forno traduzido para o português pela Editora Belas Letras. Diários da Heroína, escrito pelo músico Nikki Sixx, reúne anotações que ele fez ao longo de um ano na sua juventude, em um mergulho pelo mundo das drogas que quase custou sua vida.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

O livro está em pré-venda até 10 de julho na loja virtual da Belas Letras com um kit exclusivo: marcador de páginas personalizado, pôster de Nikki e paper Sixx para montar, por R$ 84,90. Os envios iniciam em 13 de julho, quando a editora recebe os exemplares da gráfica.

Com honestidade, Nikki Sixx expôs suas cicatrizes mais profundas e os detalhes mais perturbadores. "Havia um cara sobre quem eu costumava escrever nos meus diários trinta anos atrás: Sikki Nixx. Era o meu alter ego, e eu culpei esse cabra por coisa pra caralho. Sempre que eu injetava ou bebia até ficar insano, ou traía, ou roubava, ou mentia... bem, era culpa do Sikki."

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

É aquele tipo de livro que você ama ou odeia, não tem meio termo. Mas ele já foi publicado no Brasil, não? Sim e não.

A publicação anterior se chama "Heroína e Rock'n'Roll". Ela é a primeira edição, publicada originalmente em 2007. Então Nikki decidiu comemorar os dez anos dessa publicação e da repercussão que o livro tomou. Ele ampliou a obra e publicou uma versão mais atualizada, em 2017, que traduzimos para Diários da Heroína, uma edição digna de colecionador. Com fotos inéditas, ilustrações psicodélicas e novos capítulos exclusivos, o músico reflete sobre estar sóbrio há mais de uma década.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Nikki Sixx gastou milhares de dólares em drogas. Em pouco tempo ou ele estaria completamente falido ou morto. E por um instante foi considerado morto, após uma overdose de heroína. "Estava na maca, coberto até a cabeça por um lençol. Vi alguma coisa... lá estava minha limo. Havia gente chorando. Havia uma ambulância... havia um corpo coberto por um lençol sendo carregado pra dentro da ambulância. Era eu. Eu vi tudo."

O músico está há 15 anos sem usar drogas e se tornou exemplo para outros dependentes químicos. "E eu estaria mentindo se dissesse que não houve momentos ao longo da última década em que não senti o apelo da garrafa como uma solução para os meus problemas."

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

As suas histórias reais de terror, que ele mesmo chama de "pesadelo", e a volta por cima vêm motivando muitas pessoas nos últimos anos. Ao subir no palco hoje, Nikki é alvo de olhares compreensivos, um público que o conhece tão bem quanto ele próprio. E quando pega o microfone a multidão se silencia para escutá-lo. "Muitas pessoas que conheci ao longo dos últimos dez anos me agradecem por Diários da Heroína e dizem que o livro salvou a vida delas. A verdade é que o livro salvou a minha vida também."

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Stamp
publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Rodz Online: Pam & Tommy - Verdades e Mentiras (vídeo)

Mötley Crüe: ex-vocalista acha a série "Pam & Tommy" uma bela de uma m*rda


Strip-Tease: algumas canções que combinam com o tema