Matérias Mais Lidas

imagemComo Max Cavalera aprendeu inglês tendo abandonado a escola aos 12 anos de idade

imagemVocalista do Gwar diz que integrantes do Maiden são "um bando de velhas britânicas"

imagemConfira as músicas que o Iron Maiden está ensaiando para turnê que passa pelo Brasil

imagemO segredo da longevidade do baixista do Guns N' Roses tem inspiração nos Stones

imagemA simpatia de James Hetfield ao conversar com pais de bebê que nasceu durante show

imagemJames LaBrie fala sobre a possibilidade de trabalhar novamente com Mike Portnoy

imagemAdrian Smith e a volta ao Maiden: "queriam o Bruce e já tinham dois guitarristas"

imagemKiko Loureiro explica por que acha uma merda seu solo de guitarra em "Rebirth"

imagemMalmsteen ameaça cancelar show por que vocalista Jeff Scott Soto estava no local

imagemQuando Angus Young, do AC/DC, detonou o Led Zeppelin e os Rolling Stones

imagemDez músicas muito legais do Iron Maiden que não são cantadas por Bruce Dickinson

imagemLuciano Hang processa vocal do Fresno e quer indenização de R$ 100 mil por danos morais

imagemQuando Pete Townshend faltou a um show do The Who pra ir assistir o Pink Floyd

imagemLes Claypool, do Primus, explica por que não se tornou baixista do Metallica

imagemMetallica divulga vídeo de "Whiskey In The Jar" ao vivo em Curitiba


Stamp

Richie Sambora: sem ele o Bon Jovi perdeu sua alma sonora

Por Jorge Felipe Coelho
Fonte: Rádio Catedral do Rock
Em 01/05/20

Desde os anos 80 sendo o principal parceiro de composição de Jon no Bon Jovi, ao sair da banda em 2013 alegando querer mais tempo para a família, o guitarrista Richie Sambora não deixou saudade apenas para os fãs. Em entrevista de 2016 ao The Mirror, o próprio frontman Jon Bon Jovi afirmou que por conta da saída do guitarrista seus últimos três anos haviam sido os piores de toda a sua vida, e que ele passou a sentir o peso do mundo em suas costas. Jon novamente deixou claro que sente a falta do guitarrista em conversa de 2019 com a Pollstar: "gostaria que ele estivesse aqui porque fazíamos uma dupla formidável. As nossas vozes eram magia, e ele é uma ótima pessoa, mas as escolhas pessoais dele o levaram para outro caminho", explicou.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Lembrando que na época do afastamento do guitarrista o Bon Jovi tinha um disco em primeiro lugar nas paradas americanas, Jon afirma que a saída não envolveu brigas e nem foi por razões financeiras. A banda tinha um show marcado e Sambora iria diretamente de uma viagem ao Havaí. Ele ainda avisou a Jon: "quero chegar no dia do show para ter tempo de buscar minha filha e desfazer as malas". Na noite anterior a apresentação, o manager da banda ligou para Jon comunicando que Sambora havia decidido ficar no Havaí. Ele nunca mais voltou à banda, deixando a ingrata missão de lhe substituir para Phil X.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Em 2018, Sambora topou uma reunião com sua antiga banda para apresentar-se e ser induzido no Hall da Fama do Rock N’ Roll. Reencontrou os companheiros de três décadas após 5 anos de separação, contudo não retornou em definitivo. Após a reunião, o guitarrista comentou sobre sua saída da banda:

"A última turnê que fiz com a banda era de 18 meses e meio. Você perde muito de sua vida, cara", afirmou. Em seguida, explicou o que estava perdendo em sua vida. "Você chega em casa, as coisas mudaram. Divórcio, nascimento, morte. Altos e baixos da vida normal. Pequenas tragédias. Amor, alegria. Você perde todas essas coisas várias vezes em seu modo de incubação. Como disse, não éramos uma banda que tirava muito tempo de férias. Minha filha precisava de mim naquela época, meu pai estava morrendo de câncer, eu estava no meio de um divórcio de merda e arrebentei meu ombro", disse.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

A verdade mais provável é que Sambora tenha descoberto outra necessidade artística. O músico afirmou que tinha vontade de fazer algo sendo o cantor principal, coisa que sentia falta desde as bandas que participou antes do Bon Jovi. Assim, resolveu alçar voo em novos projetos para sua carreira que já contava com três bons álbuns solo: Stranger In This Town, de 1991, Undiscovered Soul, de 1998, e Aftermath Of The Lowdown, de 2012. Em todos os três trabalhos é notória a competência dele como cantor e também que a construção das harmonias, o estilo das melodias e o balanço das canções remetem muito ao som feito pelo Bon Jovi. Observe isso na ótima balada "Hard Times Come Easy".

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Iniciado em 2014, o projeto colaborativo chamado RSO leva as letras iniciais do duo de guitarristas Richie Sambora e Orianthi, namorada do ex-guitarrista do Bon Jovi desde 2013. Foram lançados dois EP’s em 2017 chamados Rise e Making History, além do álbum Radio Free America, de 2018. Com dois guitarristas virtuosos, o som do projeto vai de blues rock até baladas açucaradas ao violão de um casal que trabalha junto. Sambora divide muito bem o papel de vocalista principal e provavelmente mostra um pouco do direcionamento que gostaria de dar a sua antiga e famosa banda.

Sem o antigo guitarrista, em 2016 o Bon Jovi colocou no mercado o álbum This House is Not for Sale sem obter o sucesso de crítica e público de outrora. O disco deixa à mostra o tamanho da ausência de Sambora aumentando o espaço para os teclados e dando passagem para outras dinâmicas bem mais próximas do pop do que do rock. Até bateria e outros efeitos eletrônicos apareceram, pausteurizando cada vez mais o som do grupo que já não andava lá essas coisas nos álbuns anteriores.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Junte o fraco trabalho lançado ao fato de Jon enfrentar críticas por conta de sua forma vocal claramente prejudicada, como foi observado na última edição do Rock in Rio aqui no Brasil, não à toa ele lamenta a perda de seu parceiro. Certamente a principal força motriz e criativa de uma banda que ficou sem sua alma. Além da guitarra inconfundível e dos excelentes backing vocals de sempre, Sambora poderia ajudar ainda mais se revezando como cantor principal nesse momento. Isto é, se a vaidade de ambas as estrelas permitisse um retorno.

Leia mais no Boletim do JF, disponível no link abaixo.

https://radiocatedraldorock.com/?p=494

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

PRB
publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp



Sobre Jorge Felipe Coelho

Quando criança, lia as letras dos encartes e ouvia discos de vinil na saleta de casa antes e depois de ir pra escola. Aos 9 anos de idade já tinha ido ao seu primeiro show guitarreiro. Hoje, administrador de formação, colaborou com a Rádio Cult FM, faz o Boletim do JF na Rádio Catedral do Rock e o Podcast Faixa a Faixa do Rock, continuando a ouvir, falar e escrever sobre a sua paixão: o rock n' roll.

Mais matérias de Jorge Felipe Coelho.