Rush: bateria isolada de "2112" é tão incrível que até a banda compartilha

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Igor Miranda
Enviar Correções  

Neil Peart foi, sem dúvidas, um dos grandes bateristas da história do rock - para muitos, o maior. Ainda que muitos fãs estejam acostumados com o talento do músico, que faleceu no início de 2020, impressiona quando temos uma amostra isolada de sua capacidade.

Rush: a música absurdamente difícil que eles gravaram num único take

Humor: as 101 regras para ser um fã da NWOBHM

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

O site "Far Out Magazine" divulgou, em um artigo, o áudio da bateria isolada de "2112", faixa épica do Rush lançada no álbum de mesmo título, em 1976. A gravação está disponível no YouTube desde 2011.

"No áudio, é possível ouvir não apenas a raiva e a frustração da banda, mas a luta no coração do sentimento dessa música. O fato de podermos ouvir essas nuances por meio da performance de Peart em um set de bateria é realmente mágico. Enquanto inúmeros grupos e bateristas tentaram imitá-lo, é quase impossível estar no mesmo patamar de um verdadeiro grandioso", diz o texto.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

A gravação é tão impressionante que o próprio Rush resolveu compartilhar em sua página no Twitter. No título, lê-se: "A bateria isolada de Neil Peart no clássico do Rush, '2112', vai te deixar arrepiado".

Ouça a bateria isolada de "2112" a seguir:

Confira a publicação feita pelo Rush, com o artigo da "Far Out Magazine":

Neil Peart no dia 7 de janeiro, aos 67 anos, em decorrência de um agressivo câncer cerebral, chamado glioblastoma. A notícia só foi divulgada três dias depois, em 10 de janeiro.

O baterista lutou contra o tumor por 3 anos. O Rush encerrou atividades em 2015, devido a problemas de Peart na coluna.

Um dos maiores bateristas da história do rock, Neil Peart entrou para o Rush em 1974, logo após o primeiro álbum ter sido lançado. Desde então, além das baquetas, ele assumiu a parte de composição das letras.

Neil Peart: quando o baterista do Rush se perdeu em viagem de moto no BrasilNeil Peart
Quando o baterista do Rush se perdeu em viagem de moto no Brasil

O vocalista e baixista Geddy Lee e o guitarrista Alex Lifeson têm se mantido reclusos desde a morte de Neil Peart. Lifeson chegou a dizer, em entrevista ao programa de rádio "Talkin' Golf With Ann Liguori", que não se sente mais motivado a tocar desde que o amigo faleceu.

"Tem sido difícil. Depois que Neil faleceu, toquei guitarra poucas vezes. Não me sinto inspirado e motivado. Foi a mesma coisa quando a filha de Neil morreu em um acidente de carro, em 1997. Não toquei por um ano. Não sinto vontade em meu coração agora", afirmou.

Lifeson complementou que, nos últimos tempos, sempre quando pega uma guitarra, fica sem saber o que tocar e a guarda após 10 minutos. "Normalmente, fico tocando por horas sem perceber a hora passar", disse.

O músico acredita que o vocalista e baixista Geddy Lee, também do Rush, tem se dedicado a outros trabalhos, o que também deve indicar a falta de motivação do parceiro para outros projetos musicais. "Geddy está trabalhando no livro dele há alguns anos. É um livro fabuloso e quando ele o concluiu, fez turnê por um ano para promovê-lo. Sempre que falo com ele sobre voltar a tocar, ele diz: 'quando eu acabar isso'. E algo novo sempre aparece. Não sei se existe motivação entre nós para fazer algo agora. Temos orgulho do que fizemos e ainda amamos música, mas é diferente agora", afirmou.

Rush: Alex Lifeson está desmotivado a tocar após morte de Neil PeartRush
Alex Lifeson está desmotivado a tocar após morte de Neil Peart




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Rush: a música absurdamente difícil que eles gravaram num único takeRush
A música absurdamente difícil que eles gravaram num único take

Rush: as melhores músicas da banda, na opinião de Geddy LeeRush
As melhores músicas da banda, na opinião de Geddy Lee

Rush: japonesa prodígio de 10 anos toca YYZ na bateriaRush
Japonesa prodígio de 10 anos toca "YYZ" na bateria

Rush: De 1990 a 2010, liberdade para criar garantida pelos fãs (vídeo)

Geddy Lee: Pete Way foi um personagem autêntico do rockGeddy Lee
Pete Way foi um personagem autêntico do rock

Rush: Dinho Ouro Preto e o dia em que ele encontrou os seus heróisRush
Dinho Ouro Preto e o dia em que ele encontrou os seus heróis

Rush: Collab da clássica Anthem por membros do Primus, Tool e MastodonRush
Collab da clássica "Anthem" por membros do Primus, Tool e Mastodon

Rock Till You Drop: Música e conteúdo compôem a fórmula do Rush (vídeo)

Rush: Mike Portnoy grava cover da clássica YYZ (vídeo)Rush
Mike Portnoy grava cover da clássica "YYZ" (vídeo)

Regis Tadeu: Neil Peart, que falta faz!Regis Tadeu
Neil Peart, que falta faz!


Melhores de 2012: as escolhas do redator Leonardo Daniel TavaresMelhores de 2012
As escolhas do redator Leonardo Daniel Tavares

Rush: Lee quis matar Lifeson durante discurso no RRHoFRush
Lee "quis matar" Lifeson durante discurso no RRHoF


Humor: as 101 regras para ser um fã da NWOBHMHumor
As 101 regras para ser um fã da NWOBHM

Heavy Metal: estressante, perturbador e faz mal ao coraçãoHeavy Metal
Estressante, perturbador e faz mal ao coração


Sobre Igor Miranda

Jornalista formado pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU), com pós-graduação em Jornalismo Digital pela Universidade Estácio de Sá. Começou a escrever sobre música em 2007 e, algum tempo depois, foi cofundador do site Van do Halen. Colabora com o Whiplash.Net desde 2010. Atualmente, é editor-chefe da Petaxxon Comunicação, que gerencia o portal Cifras, Ei Nerd e outros. Mantém um site próprio 100% dedicado à música. Nas redes: @igormirandasite no Twitter, Instagram e Facebook.

Mais matérias de Igor Miranda no Whiplash.Net.

Cli336x280 CliIL Cli336x280 CliInline WhipDin