Matérias Mais Lidas

imagemA bizarra exigência de Ace Frehley para participar da última turnê do Kiss

imagemVital, o ex-Paralamas que virou nome de música e depois foi pro Heavy Metal

imagemMax Cavalera revela como "selou a paz" com Tom Araya, vocalista do Slayer

imagemO álbum do The Who que Roger Daltrey achou "uma m*rda completa

imagemEngenheiros do Hawaii e as tretas com Titãs, Lulu Santos, Lobão e outros

imagemPink Floyd: Suas 10 músicas mais subvalorizadas, segundo a What Culture

imagemPink Floyd: Gilmour nega alegação de Waters sobre "A Momentary Lapse of Reason"

imagem"Stranger Things" traz cena com "Master of Puppets", do Metallica

imagemRegis Tadeu explica porque Ximbinha é um dos melhores guitarristas do Brasil

imagemMax Cavalera diz quais foram os dois discos mais difíceis que já gravou

imagemLobão explica porquê todo sertanejo gostaria, no fundo, de ser roqueiro

imagemO grave problema do refrão de "Eagle Fly Free", segundo Fabio Lione

imagemAndreas Kisser conta quais os dez álbuns que mudaram a sua vida

imagemGregório Duvivier: "Perto de Chico Buarque, Bob Dylan é uma espécie de Renato Russo!"

imagemA opinião de Arnaldo Antunes sobre a competição interna que havia nos Titãs


Airbourne 2022

Guns N' Roses: Marcelo Barbosa (Angra) conta como quase entrou na banda (vídeo)

Por Bruce William
Em 20/03/21

No vídeo mais abaixo, o trecho da conversa ao vivo de Rodrigo Flausino com o guitarrista Marcelo Barbosa (Angra, Almah) onde ele conta em detalhes sua indicação para o Guns N' Roses.

Marcelo conta que tudo começou quando ele tocava em uma banda de Brasília, Khallice, e o Guns N' Roses tocou na cidade. Na época a banda estava com Bumblefoot na guitarra, que Marcelo já havia conhecido numa feira de música. Então Marcelo resolveu mandar pro Bumblefoot uma mensagem via MySpace (rede social bastante usada por músicos naquela época), com isso os dois músicos se aproximaram e se tornaram amigos.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

"Daí eu fui com ele no show (do Guns N' Roses) em Floripa", conta Marcelo. "Pra variar - o estilão do Axl sempre foi esse - um show que atrasou muito, o público reclamou bastante, ele (Bumblefoot) já estava chateado com isso, e quando acabou o show a gente foi pro camarim e ele falou 'Marcelo, that's it, I quit, ele falou que ia sair fora, que não tinha mais sentido' e eu falei pra ele 'Porra, você tá nervoso, se acalma, é Guns N' Roses coisa e tal, depois você toma sua decisão, mas ele estava decidido, coisa e tal, fiquei na minha, voltei pra Brasília ele pros Estados Unidos, ficamos sem nos falar pois dois ou três meses e aí chega um email dele - acho que eu cheguei a publicar na época, dizendo basicamente o seguinte: 'Marcelo, eu realmente estou saindo do Guns, fiquei pensando em quem poderia me substituir, alguém pra indicar ficar pro meu lugar, e a melhor pessoa que eu pensei seria você, e eu queria saber se você tem interesse e eu posso fazer essa indicação e eu obviamente - deixa eu pensar, pô (risos) - falei 'claro'. E ele fez a indicação e a partir daí mandei fotos, vídeos, gravei algumas músicas".

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Marcelo explica que nos vídeos que ele enviou precisava ficar claro que ele conseguiria tocar músicas tanto da época do Slash quanto das épocas posteriores, e que ele começou a falar com a produção do GNR, e ele achou que estava tudo praticamente encaminhado. E o GNR tinha shows marcados para alguns meses à frente, onde provavelmente ele já teria assumido o posto, mas de repente esses shows foram cancelados e tudo parou. Ele começou a desconfiar que algo estava acontecendo, até que alguns meses depois um amigo contou "em off" pra ele que o Slash havia voltado pro Guns N' Roses.

O vídeo completo da conversa está abaixo.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Veja também:

imagemGuns N' Roses: o brasileiro que quase assumiu a guitarra

imagemGuns N' Roses: Bumblefoot fala sobre indicação de Marcelo Barbosa para a banda

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Stamp
publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp


Axl Rose: Mick Wall quer desmascarar "arregada" para Vince Neil


Exodus: "Rick Rubin é uma verdadeira fraude", diz Gary Holt


Sobre Bruce William

Bruce William pensava em ser um motoqueiro rebelde mas descobriu que é um Wieder Blutbad nerd apaixonado por uma Fuchsbau. Avy jorrāelan, CatW!

Mais matérias de Bruce William.