Matérias Mais Lidas

imagemMarcello Pompeu agradece mobilização de fãs

imagemA opinião de Arnaldo Antunes sobre a competição interna que havia nos Titãs

imagemO reencontro entre Steve Harris e Paul Di'Anno na Croácia

imagemAs composições de Paul McCartney nos Beatles preferidas de John Lennon

imagemEvanescence coloca baixista no cargo de guitarrista e anuncia nova baixista

imagemNicko McBrain, do Iron Maiden, mostra o seu novo (e enorme) kit de bateria

imagemGene Simmons compartilha tweet com meme da ex-presidente Dilma Rousseff

imagemDave Mustaine, do Megadeth, inicia vida de youtuber e mostra o ônibus de turnê da banda

imagemA fundamental diferença entre Paulo Ricardo e Schiavon que levou RPM ao fim

imagemFrank Zappa disse a Steve Vai que ele soava como "um pão com mortadela elétrico"

imagemO clássico do Helloween que fez Angra mudar nome original de "Running Alone"

imagemMetade das pessoas com menos de 23 anos desconhecem Pink Floyd, David Bowie e Bon Jovi

imagemDee Snider cutuca bandas com falsas aposentadorias e ingressos caros

imagemOzzy Osbourne diz que "tinha muito o que provar" com "No More Tears"

imagemJen Majura disse que sair do Evanescence não foi decisão dela e recebe apoio dos fãs


Geoff Tate diz que Queensryche recusou quantias "obscenas" de dinheiro por reunião

Por Mateus Ribeiro
Em 26/01/22

O músico Geoff Tate, conhecido por ter sido vocalista da banda Queensryche, participou na última segunda-feira (24 de janeiro) do programa "Trunk Nation With Eddie Trunk". Durante a sua participação, ele insinuou que a chance da formação clássica do grupo se reunir não é das maiores.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

"Honestamente, não estou realmente esperando que isso aconteça, basicamente porque nos ofereceram quantias obscenas de dinheiro para voltarmos a ficar juntos e fazer uma turnê - uma turnê e nós nunca mais teríamos que fazer uma turnê. E algumas pessoas da banda recusaram; eles não estão interessados em fazer isso", declarou Tate, em trecho da conversa transcrito e publicado pelo Blabbermouth.

"Dinheiro não é o motivador, e se reunir para um sonho artístico também não é um motivador, então o que você tem? Você não tem mais nada. Obviamente, ambas as bandas estão felizes na posição em que estão. Eu sei por mim mesmo, amo minha vida - amo o que estou fazendo e amo viajar e tocar música para as pessoas. E até agora, eu ainda estou mandando ver aos 63 anos, ainda feliz e saudável", complementou Tate.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Gratidão pelo tempo que passou com seus ex-companheiros

Apesar da separação entre Tate e o Queensryche ter sido pra lá de conturbada, o cantor guarda boas lembranças do período que passou como vocalista do quinteto.

"Nós mantivemos isso juntos por anos e anos e anos. Era um navio muito, muito bem administrado e muito lucrativo e tivemos muitos discos ótimos e fizemos muitas turnês mundiais, fizemos muitos amigos e tocamos muita música juntos. E tivemos nosso tempo, e sempre serei grato por esse tempo que tivemos. Esse foi um tempo, e isso não significa que isso tenha que durar para sempre. Há novos tempos a serem vividos e há mais música a ser feita, há mais músicas para serem cantadas e mais audiências para tocar música", finalizou.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Além de Geoff Tate, a formação clássica da banda contava com Michael Wilton (guitarra), Eddie Jackson (baixo), Scott Rockenfield (bateria) e Chris DeGarmo (guitarra). O quinteto gravou os discos "The Warning" (1984), "Rage For Order" (1986), "Operation: Mindcrime" (1988), "Empire" (1990), "Promised Land" (1994) e "Hear In The Now Frontier" (1997).

O vocalista foi demitido em 2012 e uma longa batalha pelo nome do grupo se arrastou por dois anos. Wilton, Rockenfield e Jackson ficaram com os direitos do nome e Tate tem o direito exclusivo de tocar os álbuns "Operation: Mindcrime" e "Operation: Mindcrime II" na íntegra, durante apresentações ao vivo.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

A atual formação do Queensryche conta com Todd La Torre (vocal), Michael Wilton (guitarra), Eddie Jackson (baixo) e Scott Rockenfield (bateria). A banda está trabalhando em seu próximo trabalho de estúdio, que sucede o álbum "The Verdict", lançado em 2019.

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Stamp
publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

imagemTodd La Torre chama John Dolmayan de imbecil após comentários sobre guerra e Covid

Dream Theater: "As I Am" foi inspirada em tour "irritante" ao lado do Queensryche

Geoff Tate diz que Queensryche recusou quantias "obscenas" de dinheiro por reunião

De A a Z, confira playlist com 26 bandas de rock and roll e heavy metal formadas nos EUA

Geoff Tate fará shows no Brasil em 2022; confira datas e locais das apresentações

Queensryche: ao contrário do vocalista atual, Geoff Tate parou de fumar quando era jovem

imagemQueensryche: vocalista não esconde mais seus cigarros e não liga para os críticos


Prog Metal: os 10 discos essenciais segundo o TeamRock



Sobre Mateus Ribeiro

Fã de Ramones, In Flames e Soilwork. Ouve (quase) tudo, desde rock clássico até black metal.

Mais matérias de Mateus Ribeiro.