RECEBA NOVIDADES ROCK E METAL DO WHIPLASH.NET NO WHATSAPP

Matérias Mais Lidas


Stamp

Porque David Bowie criava personagens (e sempre os abandonava)?

Por André Garcia
Postado em 29 de abril de 2022

Chuck Berry foi um pioneiro por ter tocado sua guitarra de forma que estabeleceu as fundações do rock n roll. Mas ele também foi pioneiro em criar personagens em suas músicas, como o célebre Johnny B. Goode, o arquétipo do rockstar.

David Bowie - Mais Novidades

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - GOO
Anunciar no Whiplash.Net Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

No entanto, no começo dos anos 70, nomes como Alice Cooper e David Bowie levaram isso a outro nível não apenas criando personagens e cantando sobre eles, mas os vivendo na vida real.

O Camaleão do Rock se tornou um astro na Inglaterra ao dar vida ao alienígena messiânico e hedonista Ziggy Stardust, o ícaro do rock. Desde então, ele criou vários outros personagens dos mais diversos, mas todos tendo o mesmo destino: serem abandonados por seu criador após alguns anos.

No dia 3 de junho de 1987, David Bowie deu uma entrevista para Joe Smith onde falou, entre outras coisas, sobre seu processo de criação — não apenas de músicas, mas também de diferentes versões de si mesmo.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - CLI
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

"Escrever uma música para mim nunca soava sincero", revelou ele. "Eu não tinha problema em escrever algo para Iggy Pop, Lou Reed ou Mott the Hoople, eu conseguia entrar no mundo deles, no que eles queriam passar... mas eu achava extremamente difícil escrever para mim mesmo."

Metamorfose ambulante

Bowie surgiu na reta final dos anos 60 fazendo um pop psicodélico, posteriormente passando para um folk hippie, mas não obteve sucesso. Afinal de contas, ele mesmo não se convencia da sinceridade do que estava fazendo. Mas tudo mudou quando ele experimentou ser outra pessoa. "Eu descobri que era bem fácil escrever para os personagens que eu criava. Era muito mais fácil, depois que criei Ziggy [Stardust], escrever músicas para ele. Mesmo ele sendo eu mesmo [risos]!"

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - DEN
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Em 1972, David Bowie criou o extravagante e andrógino alienígena Ziggy Stardust, que passou a interpretar dentro e fora dos palcos. "Ziggy era [um personagem de desenho animado surreal]. Ele era metade ficção científica roqueira, metade teatro japonês. As roupas eram escandalosas e simplesmente ninguém tinha visto nada parecido antes."

Ao ser perguntado se houve um momento em que as pessoas deixaram de levar a sua música a sério por conta do personagem, ele respondeu que "deixei Ziggy para trás a tempo de escapar disso. A maioria dos personagens do rock só podem existir por um curto período, e Ziggy rendeu apenas um ou dois álbuns até que eu não conseguisse mais escrever nada ao redor dele."

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - GOO
Anunciar no Whiplash.Net Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Após criar e abandonar tantos personagens, será que seu criador sente saudades deles? "A única coisa da qual sinto alguma nostalgia são vídeos antigos e shows de Ziggy Stardust", confessou. "Fora isso, eu sou frio em relação a eles, considero um trabalho encerrado."

Após o entrevistador observar que aquela é a atitude adotada pelos atores, o cantor prosseguiu: "Você tem que ser assim. Caso contrário, corre o risco de cair na armadilha de simular algo que não existe mais. Muita gente sofre com a ideia de ter que agradar ao público, de ter que ser querido. Quanto mais você cai nessa, mais difícil se torna a vida, porque o interesse do público é momentâneo. Isso acontece quando as coisas dão certo, mas depois você cai, vai saindo de moda. Eu não acho que deva ser isso o que as pessoas devem almejar."

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - CLI
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

"O importante, no final das contas, é dizer: 'Eu adorei esse trabalho, já aquele outro trabalho foi ruim', e não avaliar o que foi popular e o que não foi", concluiu.

Compartilhar no FacebookCompartilhar no WhatsAppCompartilhar no Twitter

Siga e receba novidades do Whiplash.Net:

Novidades por WhatsAppTelegramFacebookInstagramTwitterYouTubeGoogle NewsE-MailApps


Summer Breeze 2024

Mick Jagger e David Bowie: relação escancarada

Skiddle: os maiores Deuses do Rock segundo a revista


publicidadeAdriano Lourenço Barbosa | Airton Lopes | Alexandre Faria Abelleira | Alexandre Sampaio | André Frederico | Ary César Coelho Luz Silva | Assuires Vieira da Silva Junior | Bergrock Ferreira | Bruno Franca Passamani | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Alexandre da Silva Neto | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cláudia Falci | Danilo Melo | Dymm Productions and Management | Efrem Maranhao Filho | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Fabio Henrique Lopes Collet e Silva | Filipe Matzembacker | Flávio dos Santos Cardoso | Frederico Holanda | Gabriel Fenili | George Morcerf | Henrique Haag Ribacki | Jesse Alves da Silva | João Alexandre Dantas | João Orlando Arantes Santana | Jorge Alexandre Nogueira Santos | José Patrick de Souza | Juvenal G. Junior | Leonardo Felipe Amorim | Luan Lima | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Marcus Vieira | Maurício Gioachini | Mauricio Nuno Santos | Odair de Abreu Lima | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Ricardo Cunha | Richard Malheiros | Sergio Luis Anaga | Silvia Gomes de Lima | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Victor Adriel | Victor Jose Camara | Vinicius Valter de Lemos | Walter Armellei Junior | Williams Ricardo Almeida de Oliveira | Yria Freitas Tandel |
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Sobre André Garcia

Sou redator e tradutor freelancer e escritor, autor do livro de contos Liber IMP. Ouço rock desde pequeno, leio coisas sobre bandas desde sempre e escrevo sobre ela já tem anos. Cresci como fã de Iron Maiden e paladino do rock, mas já me tratei. Hoje sou fã de nomes como Beatles, David Bowie, The Cure, Kraftwerk e Velvet Underground, e de cenas como a Londres psicodélica, a Nova Iorque proto-punk e a Manchester pós-punk. Escrevo notas e notícias rápidas para o Whiplash.Net visando compartilhar conteúdo relevante sobre música e cultura pop.
Mais matérias de André Garcia.

 
 
 
 

RECEBA NOVIDADES SOBRE
ROCK E HEAVY METAL
NO WHATSAPP
ANUNCIAR NESTE SITE COM
MAIS DE 4 MILHÕES DE
VIEWS POR MÊS