RECEBA NOVIDADES ROCK E METAL DO WHIPLASH.NET NO WHATSAPP

Matérias Mais Lidas

imagemA atitude ousada da Legião Urbana ao peitar Globo e Faustão no meio de uma grande crise

imagemO Raul Seixas não era nada daquilo que ele falava, diz ex-parceiro musical

imagemA razão que levou Humberto Gessinger a decidir não usar mais nome "Engenheiros do Hawaii"

imagemPor que Gisele Bündchen e Ivete Sangalo deturparam "Imagine", segundo André Barcinski

imagemDiva Satânica explica qual foi a razão que a fez deixar a banda Nervosa

imagemO último show de Bon Scott com o AC/DC, três semanas antes de sua morte

imagemA hilária reação de Keith Richards ao encontrar músicos do Maneskin

imagemDavid Coverdale relembra parceria com Jimmy Page, e fala sobre relançamento

imagemAs duas razões que levaram RPM a passar por segunda separação em 2003

imagemEm entrevista, Tony Iommi contou como aprendeu a tocar guitarra

imagemAlém do Moonspell, São Paulo Metal Fest anuncia Beyond Creation em seu cast

imagemAngra parabeniza a aniversariante Sandy nas redes sociais

imagemJimmy Page sobre o "Presence": "Não se faz músicas como aquelas caindo de bêbado"

imagemGuitarrista do Offspring continuou em seu emprego normal mesmo depois da fama

imagemPrika explica por que nova vocalista da Nervosa não é brasileira e promete single em março


Stamp

Josh, dispensado do Red Hot Chili Peppers, sentia-se "abençoado e sufocado"

Por Emanuel Seagal
Postado em 08 de outubro de 2022

Em dezembro de 2019, o guitarrista Josh Klinghoffer recebeu a notícia de que estava fora do Red Hot Chili Peppers, banda da qual fez parte por dez anos, período em que John Frusciante, um dos membros fundadores, esteve fora do grupo.

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

"É triste quando algo é tirado de você", relembrou o músico em entrevista realizada por Joe Bosso, da revista Guitar World. "Tive dez anos perfeitos com eles, mas por mais que eu amasse aqueles caras e tocar com eles, também era muito sufocante criativamente. Eles tem uma banda estabelecida com um som estabelecido, e eu aprendi com o tempo o quão pouco era possível desviar disso", afirmou.

Josh, que em 2002 começou a tocar com John Frusciante em seu projeto solo, explicou: "Quando entrei, eu não usava certos acordes quando estava compondo caso eles soassem como algo que John tocaria, ou se parecia como uma escolha que eles teriam feito em seu último álbum, eu propositalmente ia para o lado oposto." Suas tentativas de expandir o som do grupo eram eventualmente frustradas. "Pensei estar fazendo um bom trabalho compondo música com eles, mas acabou não se tornando parte da minha história, ou se é parte da minha história com eles, é uma pequena parte. Por mais que eu pensasse que eles estavam prontos para experimentação, eles geralmente ficavam em sua zona de conforto", concluiu.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Apesar das frustrações, Josh considera seu tempo com o RHCP "uma benção e linda experiência". Sua saída do grupo também é vista com bons olhos, pois o permitiu explorar outros caminhos na música. Não demorou muito para Josh receber convites, o que o levou a tocar com o Pearl Jam em turnê e posteriormente compor e gravar no trabalho solo do Eddie Vedder. O último disco, "Earthling" contou com um reencontro, devido à participação de Chad Smith, baterista do Red Hot Chili Peppers. "Foi muito confortável e familiar tocar com ele", relembrou Josh.

Em setembro de 2020, Josh lançou seu segundo álbum sob o pseudônimo Pluralone. Confira o disco, intitulado "I Don't Feel Well" abaixo.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Compartilhar no FacebookCompartilhar no WhatsAppCompartilhar no Twitter

Siga e receba novidades do Whiplash.Net:
Novidades por WhatsAppTelegramFacebookInstagramTwitterYouTubeGoogle NewsE-MailApps


Summer Breeze

Red Hot Chili Peppers: "Eddie Vedder canta direto do coração"

Red Hot Chili Peppers: Josh Klinghoffer fala à imprensa pela primeira vez desde saída

Fotos de Infância: Red Hot, Pearl Jam, Blink, Faith no More, RATM e mais


publicidadeAdemir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | André Silva Eleutério | Bruno Franca Passamani | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Euber Fagherazzi | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Henrique Haag Ribacki | José Patrick de Souza | Julian H. D. Rodrigues | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Sergio Luis Anaga | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva |
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Sobre Emanuel Seagal

Descobriu o metal com Iron Maiden e Black Sabbath até chegar ao metal extremo e se apaixonar pelo doom metal. Considera Empyrium e X Japan as melhores bandas do mundo, Foi um dos coordenadores do finado SkyHell Webzine, escreveu para outros veículos no Brasil e exterior, e sempre esteve envolvido com metal, seja com eventos, bandas, gravadoras ou imprensa. Escreve para o Whiplash! desde 2005 mas ainda não entendeu a birra dos leitores com as notícias do Metallica. @emanuel_seagal no Instagram.
Mais matérias de Emanuel Seagal.