RECEBA NOVIDADES ROCK E METAL DO WHIPLASH.NET NO WHATSAPP

Matérias Mais Lidas

imagemO grande amor de Renato Russo que durou pouco mas marcou sua vida para sempre

imagemRamones: C.J. conta que Johnny se recusou a visitar Joey em seu leito de morte

imagemMax Cavalera escolhe seus álbuns "não metal" preferidos

imagemSite chileno cita data do Iron Maiden no país e medalhões como possíveis bandas de abertura

imagemAngra anuncia sua turnê "The Best Of 30 Years" com setlist renovado

imagemA icônica reportagem de Glória Maria em que Raul Seixas disse que foi atropelado por onda

imagemA inesperada opinião de Bell Marques (ex-Chiclete com Banana) sobre o rock progressivo

imagemOzzy Osbourne aparece em público pela primeira vez após anunciar aposentadoria das turnês

imagemThiago Bianchi explica sucessão de problemas durante show de Paul Di'Anno

imagemO clássico da banda Evanescence que a vocalista Amy Lee odiava

imagemA inesperada banda brasileira que não sai dos ouvidos de Jeff Scott Soto

imagemManowar no Brasil? Banda posta bandeira brasileira e fãs ficam empolgados

imagemMustaine tentou fazer hit radiofônico e acabou escrevendo a "música mais idiota" do Megadeth

imagemO dia que João Gordo xingou Ayrton Senna por piloto se recusar a dar entrevista a ele

imagemA nostálgica canção de Raul Seixas que propõe abolir a divisão entre o bem e o mal


Stamp

"Masculinidade tóxica preencheu o Metallica com besteiras", diz Kirk Hammett

Por Gustavo Maiato
Postado em 05 de dezembro de 2022

O Metallica acabou de anunciar o lançamento de seu mais novo álbum "72 Seasons" para abril de 2023. Em entrevista ao The New Yorker com trechos reunidos pela Loudersound, Kirk Hammett refletiu sobre o momento da banda.

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

"A masculinidade tóxica preencheu o Metallica com besteiras de macho. Ainda sento e falo: ‘Ok, vou escrever um riff pesado e foda. Mas essa masculinidade da banda é algo estranho e machista. Dá para sentir essa agressividade. No passado, costumávamos beber e nos agredir. Lembro que uma vez o James Hetfield empurrou o Lars Ulrich para o outro lado da sala", disse.

James Hetfield comentou sobre as diferenças entre ser uma pessoa normal no dia a dia e estar no palco.

"Tocar no palco é como se você estivesse coberto por um pozinho mágico. Você começa a acreditar nisso. Mas quando chega em casa, cadê o pozinho? Você está lá sozinho com dois gatos e precisa levar o lixo para fora de casa", concluiu.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Compartilhar no FacebookCompartilhar no WhatsAppCompartilhar no Twitter

Siga e receba novidades do Whiplash.Net:

Novidades por WhatsAppTelegramFacebookInstagramTwitterYouTubeGoogle NewsE-MailApps


Exilio Angel


publicidadeAdemir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | André Silva Eleutério | Bruno Franca Passamani | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Euber Fagherazzi | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Henrique Haag Ribacki | José Patrick de Souza | Julian H. D. Rodrigues | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Sergio Luis Anaga | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva |
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Sobre Gustavo Maiato

Jornalista, fotógrafo de shows, youtuber e escritor. Ama todos os subgêneros do rock e do heavy metal na mesma medida que ama escrever sobre isso.
Mais matérias de Gustavo Maiato.