RECEBA NOVIDADES ROCK E METAL DO WHIPLASH.NET NO WHATSAPP

Matérias Mais Lidas


Os motivos para a saída de Eduardo Paraná da Legião Urbana, segundo o próprio

Por Gustavo Maiato
Postado em 15 de abril de 2024

Eduardo Paraná, que hoje mudou seu nome artístico para Kadu Lambach, foi guitarrista da Legião Urbana nos primórdios da banda e chegou a fazer show com a banda, como a icônica primeira apresentação da história do grupo, em Patos de Minas, quando todos foram detidos pela polícia em plena ditadura.

Em entrevista ao Toca Cultura, Paraná refletiu sobre os motivos que o levaram a sair da banda. O principal, segundo ele, foi a "pressão da turma" para ele ouvir e tocar mais como a onda do punk rock que estava assolando a capital federal no início dos anos 1980.

https://youtu.be/Tj96pxu_lcM

Legião Urbana - Mais Novidades

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - CLI
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

"Eu curtia tocar com a Legião. Era muito legal. Depois de tantos anos, vejo com clareza porque eu saí. Tem questões estéticas envolvidas aí. O Renato quando me chamou para entrar queria certa sonoridade para a banda. As pessoas me chamam de virtuose, mas nunca achei isso. Eu aprendi escala pentatônica sozinho. Eu explorava o braço da guitarra, independente da estética. O Renato queria essa sonoridade, mas não fiquei com a banda por causa da pressão da turma.

Lembro que quando fizemos o primeiro show em Patos de Minas, voltando de Minas, a galera da Plebe Rude ficava no meu ouvido dizendo que Led Zeppelin e Pink Floyd não estão com nada! São meus ídolos! Eles diziam que tinha que ouvir outras coisas. Eles ficaram me assediando a noite inteira. Lembro que o Renato ficava olhando aquilo. Ou seja, tinha uma pressão. Eles queriam que eu ouvisse bandas punks, mas só chegava punk alternativo para Brasília. Coisas underground, da Alemanha, com eletrônico. Eu achava aquilo legal, mas não tinha riff ou solo de guitarra. Era um contraste do que eu estava acostumado a ouvir. Eu ouvia até Hermeto Pascoal, minha mãe é pianista. Isso contrastava. Era uma pressão da turma muito forte. Eu não estava achando que aquele ambiente era para mim. Eu tinha 16 anos".

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - GOO
Anunciar no Whiplash.Net Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

O começo da Legião Urbana

Em entrevista para a MTV, Renato Russo comentou sobre esse início da Legião Urbana e citou o nome de Eduardo Paraná entre os primeiros recrutados para o projeto musical.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - CLI
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

"Eu saí do Aborto Elétrico e uma vez estava em um point. Cheguei para o Marcelo Bonfá e perguntei se ele não queria fazer uma banda. A gente poderia ter um núcleo de baixo e bateria. Numa música poderia ser o Phillipe Seabra, da Plebe. Na outra, chamamos umas meninas para cantar. A outra poderia ser instrumental. A Legião Urbana seria só eu e o Bonfá. Mas naturalmente essa ideia não deu muito certo, porque até chamar as pessoas e montar repertório era difícil.

No começo, chamamos o Eduardo Paraná, que era amigo do Marcelo, para tocar guitarra. Mas ele tinha outra formação musical. Ele era muito legal, maior gatinho, mas tocava super rápido. A gente dizia que não era por aí! Ele estudava música clássica. Outro amigo nosso, o Paulo Paulista, disse que deveríamos ter um tecladista. Ele era jovem e alto. Era um teclado muito primitivo. Ele demorava a música inteira até arrumar o som! (risos). Essa foi a primeira formação da Legião Urbana", explicou.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - GOO
Anunciar no Whiplash.Net Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal
Compartilhar no FacebookCompartilhar no WhatsAppCompartilhar no Twitter

Siga e receba novidades do Whiplash.Net:

Novidades por WhatsAppTelegramFacebookInstagramTwitterYouTubeGoogle NewsE-MailApps




publicidadeAdriano Lourenço Barbosa | Airton Lopes | Alexandre Faria Abelleira | Alexandre Sampaio | Alex Juarez Muller | André Frederico | Ary César Coelho Luz Silva | Assuires Vieira da Silva Junior | Bergrock Ferreira | Bruno Franca Passamani | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Alexandre da Silva Neto | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cláudia Falci | Danilo Melo | Dymm Productions and Management | Efrem Maranhao Filho | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Fabio Henrique Lopes Collet e Silva | Filipe Matzembacker | Flávio dos Santos Cardoso | Frederico Holanda | Gabriel Fenili | George Morcerf | Geraldo Fonseca | Henrique Haag Ribacki | Jesse Alves da Silva | João Alexandre Dantas | João Orlando Arantes Santana | Jorge Alexandre Nogueira Santos | José Patrick de Souza | Juvenal G. Junior | Leonardo Felipe Amorim | Luan Lima | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Marcus Vieira | Maurício Gioachini | Mauricio Nuno Santos | Odair de Abreu Lima | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Ricardo Cunha | Richard Malheiros | Sergio Luis Anaga | Silvia Gomes de Lima | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Victor Adriel | Victor Jose Camara | Vinicius Valter de Lemos | Walter Armellei Junior | Williams Ricardo Almeida de Oliveira | Yria Freitas Tandel |
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Sobre Gustavo Maiato

Jornalista, fotógrafo de shows, youtuber e escritor. Ama todos os subgêneros do rock e do heavy metal na mesma medida que ama escrever sobre isso.
Mais matérias de Gustavo Maiato.

 
 
 
 

RECEBA NOVIDADES SOBRE
ROCK E HEAVY METAL
NO WHATSAPP
ANUNCIAR NESTE SITE COM
MAIS DE 4 MILHÕES DE
VIEWS POR MÊS