Matérias Mais Lidas

imagemO rockstar por quem Max Cavalera era fanático, mas não conheceu por causa da bebida

imagemEdu Falaschi diz que não tem vergonha de suas falas que viraram meme no DVD do "Rebirth"

imagemMaiden faz homenagem a Eddie, do Stranger Things, que foi inspirado em tragédia real

imagem10 músicas dos Beatles das quais Paul McCartney não gostava

imagemA banda brasileira que está "pronta para o mercado internacional", segundo Regis Tadeu

imagemRichard Fortus diz que Axl Rose danificou as cordas vocais

imagemA prática mesquinha de bandas que Edu Falaschi considera "desrespeitoso com o fã"

imagemFlea agradece brasileiro que teve receio de pedir foto ao encontrá-lo

imagemQuando Dave Mustaine mostrou como tocar uma música do Metallica de forma mais pesada

imagemOs dez álbuns de Heavy Metal favoritos de Rob Halford, e os dez de qualquer gênero

imagemEm post no TikTok, Metallica pede para fãs antigos pararem de perseguir os fãs novatos

imagemSlash explica porque o Guns N' Roses faz shows de 3 horas e meia

imagemO clássico dos Stones que foi escrito em um motel e não deixou Keith Richards satisfeito

imagemLed Zeppelin: Crítica de George Harrison fez Jimmy Page compor "The Rain Song"

imagemProdutora explica como "Master of Puppets" foi parar em "Stranger Things"


Airbourne 2022
Finlandia 2022

Fleetwood Mac: Suas 50 maiores músicas, segundo a Mojo

Por Vagner Mastropaulo
Em 29/04/21

É curioso como determinadas bandas têm "tamanhos diferentes" em locais distintos. Na Argentina, por exemplo, o Megadeth é um fenômeno gigantesco, como eram os Ramones, deuses por lá, ainda que ignorados em casa. E, ao contrário, parece que alguns artistas não "(de)colam" e às vezes isso passa pelo nosso gosto, desconhecimento ou apenas por não darmos oportunidade mesmo.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Pessoalmente falando, é o caso do Fleetowood Mac para este escriba, que, de bate-pronto, só se recordou de "Don’t Stop" e, dando uma rápida pesquisada, identificou "Go Your Own Way" na trilha sonora de Forrest Gump (94), especificamente na cena da corrida, e a clássica "campeã" deste ranking. Qual? Calma, um pouco de suspense! E buscando comprovar que eles não são muito comentados por aqui, a maior evidência é: tente se lembrar em quantas ocasiões você conversou sobre o grupo numa roda de amigos... ou cheque com a galera e peça para elencarem cinco canções deles!

Enfim, visando preencher esta lacuna cultural, fomos atrás de "The 50 Greatest Songs Of Fleetwood Mac – The Neverending Story", matéria principal da Mojo 306 (maio/19), a tomar vinte páginas na versão impressa, precisamente da 56 à 75, assinada por John Aizlewood, Mark Blake, Geoff Brown, Jenny Bulley, Stevie Chick, Dave DiMartino, Danny Eccleston, Ian Harrison, Jim Irvin, James McNair, Andrew Male, Mark Paytress, Clive Prior, Victoria Segal, Sylvie Simmons e Mat Snow, em ordem alfabética de sobrenome.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Antecipando uma confusão, há dois plays chamados "Fleetwood Mac", lançados em 68 e 75, e, para separá-los, mantivemos o critério da publicação: o primeiro tratado por seu "apelido", por assim dizer, "Peter Green’s Fleetwood Mac"; e o segundo pelo batismo do conjunto, embora também possua um codinome: "The White Album".

Das cinqüenta escolhas, trinta e oito são dos dezoito registros regulares em estúdio, dependendo de como você fizer a contagem, e consideramos Fleetwood Mac In Chicago (69) o quarto full length, preterido no pleito, tanto quanto Heroes Are Hard To Find (74) e Behind The Mask (90). Como não poderia deixar de ser, Rumours (77) é o trabalho que mais leva "estatuetas", já que estamos sob o efeito do Oscar: de suas onze composições, quatro furam o Top 10 – somente "Second Hand News" e "Oh Daddy" ficaram de fora.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

De resto, são: cinco de Tango In The Night (87); quatro de Then Play On (69) e Fleetwood Mac (75); três de Tusk (79), porém duas originais e uma da edição deluxe; duas de Mr. Wonderful (68), Future Games (71) e Mystery To Me (73); e uma de Peter Green’s Fleetwood Mac (68), Kiln House (70), Bare Trees (72), Penguin (73), Mirage (82), Time (95) e Say You Will (03).

Das demais doze, sete são A-Sides de singles que depois integraram coletâneas, três das quais em The Pious Bird Of Good Omen (69) e quatro em Greatest Hits (71). Faltam cinco, certo? Dois B-Sides, uma de outra compilação, uma ao vivo e a última de um EP. Com tudo devidamente detalhado abaixo, vamos à lista no padrão "faixa – álbum (ano)", em blocos de dez, mas sem links do YouTube:

50) These Strange Times – Time (95)
49) Dust My Broom – Mr. Wonderful (68)
48) What’s The World Coming To? – Say You Will (03)
47) Bare Trees – Bare Trees (72)
46) Welcome To The Room... Sara – Tango In The Night (87)
45) Monday Morning – Fleetwood Mac (75)
44) Remember Me – Penguin (73)
43) Emerald Eyes – Mystery To Me (73)
42) What Makes You Think You’re The One? – Tusk (79)
41) Everywhere – Tango In The Night (87)

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

40) Somebody’s Gonna Get Their Head Kicked In Tonite – Men Of The World [Single B-Side] (69)
39) It Takes Time – Extended Play [EP] (13)
38) Drifting – The Original Fleetwood Mac [Compilation] (71)
37) I Don’t Want To Know – Rumours (77)
36) Woman Of 1000 Years – Future Games (71)
35) Silver Springs – Go Your Own Way [Single B-Side] (76)
34) Over & Over – Live [Live] (80)
33) Future Games – Future Games (71)
32) Gold Dust Woman – Rumours (77)
31) Coming Your Way – Then Play On (69)

30) Tango In The Night – Tango In The Night (87)
29) Landslide – Fleetwood Mac (75)
28) Show-Biz Blues – Then Play On (69)
27) Never Going Back Again – Rumours (77)
26) Songbird – Rumours (77)
25) Love That Burns – Mr. Wonderful (68)
24) Sara (3/10/79) – Tusk [Deluxe Version] (15) [oficialmente de 79, mas referindo-se à gravação de 8’48", não às de 6’22" ou 4’41", dois "atos de sacrilégio", de acordo com o jornalista Stevie Chick]
23) Closing My Eyes – Then Play On (69)
22) Little Lies – Tango In The Night (87)
21) Hypnotized – Mystery To Me (73)

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

20) Tusk – Tusk (79)
19) Gypsy – Mirage (82)
18) Shake Your Moneymaker – Peter Green’s Fleetwood Mac (68)
17) Big Love – Tango In The Night (87)
16) Tell Me All The Things You Do – Kiln House (70)
15) Say You Love Me – Fleetwood Mac (75)
14) Rattlesnake Shake – Then Play On (69)
13) You Make Loving Fun – Rumours (77)
12) Dragonfly – Dragonfly [Single] (71) / Greatest Hits [Compilation] (71)
11) Need Your Love So Bad – Need Your Love So Bad [Single] (68) / The Pious Bird Of Good Omen [Compilation] (69)

10) Rhiannon – Fleetwood Mac (75)
9) Black Magic Woman – Black Magic Woman [Single] (68) / The Pious Bird Of Good Omen [Compilation] (69)
8) The Chain – Rumours (77)
7) Oh Well (Part 1) – Oh Well [Single] (69) [o B-Side é "Oh Well (Part 2)] / Greatest Hits [Compilation] (71)
6) Albatross – Albatross [Single] (68) / The Pious Bird Of Good Omen [Compilation] (69)
5) Don’t Stop – Rumours (77)
4) Man Of The World – Man Of The World [Single] (69) / Greatest Hits [Compilation] (71)
3) Go Your Own Way – Rumours (77)
2) The Green Manalishi (With The Two Prong Crown) – The Green Manalishi (With The Two Prong Crown) [Single] (70) / Greatest Hits [Compilation] (71)
1) Dreams – Rumours (77)

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Curtiu? Opine! Infelizmente o conteúdo não foi disponibilizado digitalmente, tampouco a revista inglesa criou um teaser em seu site. No máximo, misturada a outros números, a capa da Mojo 306 pode ser conferida aqui e, se você encontrar informações complementares online, compartilhe conosco.

Fonte: Revista Mojo 306 (maio/19)

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Stamp
publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp



Sobre Vagner Mastropaulo

Bacharel em Letras Inglês/Português formado pela USP em 2003; pós-graduado em Jornalismo pela Cásper Líbero em 2013; professor de inglês desde 1997; eventualmente atua como tradutor, embora não seja seu forte. Fã de música desde 1989 e contando... começou a colaborar com o site como as melhores coisas que acontecem na vida: sem planejamento algum! :)

Mais matérias de Vagner Mastropaulo.