Pra ouvir e discutir: os melhores discos lançados em 1992

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Ricardo Seelig, Fonte: Collectors Room
Enviar correções  |  Comentários  | 


5000 acessosQ Magazine: As 100 Maiores Estrelas do Século XX5000 acessosFotos de Infância: Janis Joplin

O ano consolidou o crescimento do grunge, amparado pelo lançamento do segundo álbum do Alice in Chains, o excelente "Dirt", e pelo filme (e sua trilha) "Singles", que documentou o gênero para as futuras gerações.

No heavy metal, o Megadeth transformou a sua música em "Countdown to Extinction", enquanto o Dream Theater se mostrou ao mundo com "Images and Words". O Iron Maiden colocou nas lojas "Fear of the Dark" e o Black Sabbath retomou a parceria com Ronnie James Dio com o cultuado "Dehumanizer".

Madonna seguiu causando no mundo pop colocando doses enormes de erotismo em "Erotica", que veio acompanhado de um livro repleto de fotos provocantes. Withney Houston consolidou-se como uma força respeitável na indústria com a platinada trilha do filme "O Guarda-Costas", enquanto o hip hop experimentou picos de criatividade e popularidade tendo Dr. Dre à frente. Falando no gênero, Ice-T montou o Body Count e uniu o estilo ao metal de maneira até então inédita, gravando um disco histórico.

No rock, o R.E.M. manteve a sua ascensão, enquanto o Black Crowes escreveu o belo segundo capítulo de sua carreira. Kyuss, Sleep e Trouble mostraram ao mundo o que era stoner, e o Rage Against the Machine estreou despejando a sua raiva em uma excepcional mistura de gêneros.

Os principais fatos do ano foram:

- no dia 11 de janeiro o Nirvana chegou pela primeira vez ao topo da parada norte-americana, com "Nevermind" assumindo a primeira posição no Billboard 200 e marcando o início do domínio do grunge, que se estenderia por boa parte da década de 1990

- após um longo boicote cultural em protesto à segregação racial e que envolveu até a ONU, Paul Simon tornou-se o primeiro artista de grande porte a se apresentar na África do Sul, tocando no país no dia 11 de janeiro

- o Mötley Crüe anunciou a saída de Vince Neil no dia 18 de fevereiro

- Kurt Cobain e Courtney Love casaram-se em 24 de favereiro

- em 20 de abril aconteceu no estádio de Wembley, em Londres, o The Freddie Mercury Tribute Concert, que teve toda a renda arrecadada aplicada em pesquisas a respeito da AIDS. Tocaram no evento nomes como Metallica, Def Leppard, Guns N’ Roses, U2, David Bowie e os remanescentes do Queen, que foram acompanhados por diversos artistas em um show emocionante em memória a seu falecido vocalista

- David Bowie e a modelo Iman Abdulmajid casaram-se no dia 24 de abril. Bowie ficaria com a esposa até o final da vida

- no dia 6 de maio Rob Halford anunciou a sua saída do Judas Priest

- em 7 de maio John Frusciante anunciou a sua saída do Red Hot Chili Peppers. O guitarrista retornaria à banda em 1998

- “November Rain”, do Guns N’ Roses, entrou para o Guinness Book no dia 11 de julho como a mais longa canção lançada como single, com 8 minutos e 57 segundos de duração

- em 8 de agosto James Hatfield sofreu sérias queimaduras após um acidente com os efeitos de pirotecnia durante um show do Metallica no Estádio Olímpico de Montreal, no Canadá. A apresentação teve a sua segunda hora cancelada, e o Guns N’ Roses, que deveria tocar na sequência, também cancelou o seu show devido a problemas na garganta de Axl Rose. Os fatos causaram uma grande revolta no público, que promoveu um quebra-quebra generalizado no local e nas ruas da cidade canadense

- em 18 de agosto nasceu Frances Bean Cobain, primeira e única filha de Kurt Cobain e Courtney Love

- Frank Zappa realizou a sua última aparição pública em 17 de setembro no Frankfurt Festival, na Alemanha. O músico, debilitado por um severo câncer de próstata, foi ovacionado por mais de 20 minutos pela audiência

- em 15 de novembro Ozzy Osbourne realizou o último show de sua turnê de despedida, na California. Como sabemos, ele continua na ativa

- Bill Wyman anunciou a sua saída dos Rolling Stones no dia 3 de dezembro

Foram formadas em 1992 bandas como Amon Amarth, Atari Teenage Riot, The Atomic Bitchwax, Blink-182, Charlie Brown Jr., Collective Soul, Edguy, Elastica, Everclear, Gorgoroth, Gotthard, Grandaddy, Jamiroquai, Lordi, Millencolin, Moonspell, Pato Fu, P.O.D., Porno for Pyros, Pro-Pain, Puddle of Mudd, Spiritual Beggars, Spock’s Beard, Stereophonics, Three Days Grace e Weezer. Encerraram suas atividades durante o ano Armored Saint, Atheist, Europe (a banda se reuniria em 1998), Fine Young Cannibals, MC5, Sanctuary, Slade, Styx, The Sugarcubes, Temple of the Dog e White Lion.

Nasceram em 1992 Selena Gomez (22/07), Frances Bean Cobain (18/08), Demi Lovato (20/08), Mallu Magalhães (29/08) e Miley Cyrus (23/11). Faleceram durante o ano Jerry Nolan (14/01), Willie Dixon (29/01), Astor Piazzolla (04/07), Jeff Porcaro (05/08), John Cage (12/08) e Albert King (21/12).

Foram induzidos ao Rock and Roll Hall of Fame em 1992:

Booker T. and The MG’s
Johnny Cash
Sam & Dave
The Isley Brothers
The Jimi Hendrix Experience
The Yardbirds

Os vencedores das principais categorias da 34ª edição do Grammy foram:

Gravação do Ano e Canção do Ano: “Unforgettable, de Natalia Cole e Nat King Cole
Álbum do Ano: "Unforgettable … with Love", de Natalie Cole
Melhor Artista Novo: Marc Cohn

Nas listas de melhores do ano das principais revistas de música do período, os vencedores foram:

Kerrang!: "Dirt", do Alice in Chains
Melody Maker: "Automatic for the People", do R.E.M.
NME: "Copper Blue", do Sugar
Rolling Stone: "Automatic for the People", do R.E.M.
Spin: "Slanted and Enchanted", do Pavement

Os cinco maiores hits do ano foram “I Will Always Love You” de Whitney Houston, “Smells Like Teen Spirit” do Nirvana, “End of the Road” do Boyz II Men, “Rhythm is a Dancer” do Snap! e “To Be With You” do Mr Big.

Também fizerem muito sucesso durante o ano as seguintes músicas:

“Baker Street”, do Undercover
“Be Quick or Be Dead”, "Fear of the Dark" e "Wasting Love", do Iron Maiden
“Come As You Are” e “In Bloom", do Nirvana
“Connected”, do Stereo MCs
“Don’t Talk Just Kiss” e “I'm Too Sexy, do Right Said Fred
“Dur dur d’être bébé”, de Jordy
“Drive” e “Man on the Moon", do R.E.M.
“Erotica”, da Madonna
“Free Your Mind”, do En Vogue
“Friday I’m In Love”, do The Cure
“How Do You Do!”, do Roxette
“Human Touch”, de Bruce Springsteen
“I Drove All Night”, de Roy Orbison
“Iron Lion Zion”, de Bob Marley
“It's My Life”, do Dr Alban
“Keep the Faith”, do Bon Jovi
“Midlife Crisis”, do Faith No More
“My Name is Prince” e “Sexy MF", de Prince
“Nuthin' But a ‘G' Thang”, de Dr. Dre e Snoop Dogg
“Please Don’t Go”, do Double You
“Sweat (A La La La La Long)”, do Inner Circle
“Take a Chance on Me”, do Erasure
“Tears in Heaven”, de Eric Clapton
“The One”, de Elton John
“Too Funky”, de George Michael
“Viva Las Vegas”, do ZZ Top
“Why”, de Annie Lennox

A parada norte-americana foi dominada pelo country durante boa parte do ano. "Ropin’ the Wind", terceiro disco de Garth Brooks, ficou durante 10 semanas no topo, enquanto "The Chase", seu quarto disco, foi líder por 7 semanas. "Some Gave All", estreia de Billy Ray Cyrus, permaneceu na primeira posição durante 17 semanas consecutivas, de metade de junho até o início de outubro. Outros grandes best sellers foram "Adrenalize" do Def Leppard (5 semanas na primeira posição) e a trilha do filme "O Guarda-Costas", de Whitney Houston (3 semanas).

O single mais vendido no mercado norte-americano em 1992 foi “End of the Road”, do Boys II Men, enquanto "Ropin’ the Wind", de Garth Brooks, foi o disco mais vendido.

No Reino Unido, “I Will Always Love You” vendeu mais de 1 milhão de cópias e foi o single mais vendido, enquanto "Stars", do Simply Red, foi o disco mais vendido do ano.

Mantendo a mesma metodologia dos anos anteriores, realizamos uma pesquisa em levantamentos similares publicados nos mais diversos veículos com o objetivo de identificar os discos mais significativos do ano. Feito isso, submetemos cada um desses títulos às notas atribuídas a eles por revistas e sites especializados em música, lançamos em nossa planilha e chegamos ao resultado abaixo.

Com vocês, os melhores discos lançados em 1992 (apenas discos de estúdio, pois como é padrão neste tipo de listas, álbuns ao vivo e compilações não entram):

50 Gary Moore - After Hours
49 Screaming Trees - Sweet Oblivion
48 Iron Maiden - Fear of the Dark
47 En Vogue - Funky Divas
46 Sonic Youth - Dirty
45 Danzig - Danzig III: How the Gods Kill
44 Vários - Singles Soundtrack
43 Brutal Truth - Extreme Conditions Demand Extreme Responses
42 Joe Satriani - The Extremist
41 L7 - Bricks Are Heavy
40 Suicidal Tendencies - The Art of Rebellion
39 Lucinda Williams - Sweet Old World
38 Kiss - Revenge
37 Obituary - The End Complete
36 Blind Melon - Blind Melon
35 W.A.S.P. - The Crimson Glory
34 White Zombie - La Sexorcisto: Devil Music Vol. 1
33 Sleep - Sleep’s Holy Mountain
32 Lemonheads - It’s a Shame About Ray
31 Social Distortion - Somewhere Between Heaven and Hell
30 Neil Young - Harvest Moon
29 Morrissey - Your Arsenal
28 Sugar - Copper Blue
27 Solitude Aeturnus - Beyond the Crimson Horizon
26 Helmet - Meantime
25 Roger Waters - Amused to Death
24 Pavement - Slanted and Enchanted
23 Trouble - Manic Frustration
22 Tori Amos - Little Earthquakes
21 Stone Temple Pilots - Core
20 Dream Theater - Images and Words
19 Darkthrone - A Blaze in the Northern Sky
18 Blind Guardian - Somewhere Far Beyond
17 Body Count - Body Count
16 Uncle Tupelo - March 16-20, 1992
15 Ministry - Psalm 69
14 PJ Harvey - Dry
13 The Jayhawks - Hollywood Town Hall
12 Black Sabbath - Dehumanizer
11 Faith No More - Angel Dust
10 The Black Crowes - The Southern Harmony and Musical Companion
9 Kyuss - Blues for the Red Sun
8 Megadeth - Countdown to Extinction
7 Rage Against the Machine - Rage Against the Machine
6 Leonard Cohen - The Future
5 Beastie Boys - Check Your Head
4 R.E.M. - Automatic for the People
3 Dr. Dre - The Chronic
2 Alice in Chains - Dirt
1 Pantera - Vulgar Display of Power

Meu top 10 do ano é esse:

1 The Black Crowes - The Southern Harmony and Musical Companion
2 R.E.M. - Automatic for the People
3 Leonard Cohen - The Future
4 Pantera - Vulgar Display of Power
5 Alice in Chains - Dirt
6 Rage Against the Machine - Rage Against the Machine
7 Faith No More - Angel Dust
8 Body Count - Body Count
9 Dream Theater - Images and Words
10 Megadeth - Countdown to Extinction

Abaixo você tem uma playlist com os maiores hits e as músicas mais significativas do ano. E nos comentários queremos saber quais foram os melhores discos lançados em 1992 na sua opinião. Poste a sua lista!

Os responsáveis são citados no texto. Não culpe os editores. :-)

Por que destacamos matérias antigas no Whiplash.Net?

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Mais comentários na Fanpage do site, no link abaixo:

Post de 28 de maio de 2016

Pra Ouvir e Discutir - Melhores por Ano

3243 acessosPra ouvir e discutir: os melhores discos lançados em 19812971 acessosPra ouvir e discutir: os melhores discos lançados em 19833643 acessosPra ouvir e discutir: os melhores discos lançados em 19844149 acessosPra ouvir e discutir: os melhores discos lançados em 19853669 acessosPra ouvir e discutir: os melhores discos lançados em 19864589 acessosPra ouvir e discutir: os melhores discos lançados em 19873883 acessosPra ouvir e discutir: os melhores discos lançados em 19882587 acessosPra ouvir e discutir: os melhores discos lançados em 19894630 acessosPra ouvir e discutir: os melhores discos lançados em 19905000 acessosPra ouvir e discutir: os melhores discos lançados em 19914019 acessosPra ouvir e discutir: os melhores discos lançados em 19935000 acessosPra ouvir e discutir: os melhores discos lançados em 19945000 acessosPra ouvir e discutir: os melhores discos lançados em 19954524 acessosPra ouvir e discutir: os melhores discos lançados em 19962177 acessosPra ouvir e discutir: os melhores discos lançados em 19974002 acessosPra ouvir e discutir: os melhores discos lançados em 19983047 acessosPra ouvir e discutir: os melhores discos lançados em 19993000 acessosPra ouvir e discutir: os melhores discos lançados em 20000 acessosTodas as matérias sobre "Pra Ouvir e Discutir - Melhores por Ano"

0 acessosTodas as matérias da seção Maiores e Melhores0 acessosTodas as matérias sobre "Pra Ouvir e Discutir - Melhores por Ano"0 acessosTodas as matérias sobre "Pantera"0 acessosTodas as matérias sobre "Megadeth"0 acessosTodas as matérias sobre "Rage Against The Machine"0 acessosTodas as matérias sobre "Alice In Chains"0 acessosTodas as matérias sobre "Black Crowes"0 acessosTodas as matérias sobre "Black Sabbath"0 acessosTodas as matérias sobre "Iron Maiden"

Q MagazineQ Magazine
Leitores elegem as 100 Maiores Estrelas do Século XX

Fotos de InfânciaFotos de Infância
Janis Joplin muito antes da fama

Cê tá de brincadeira?Cê tá de brincadeira?
Quando grandes nomes vacilam

5000 acessosO verdadeiro motivo para a saída de Rodolfo dos Raimundos5000 acessosCradle of Filth: Chimbinha, do Calypso, usando camiseta?5000 acessosSlayer: é melhor não mexer com a família do Tom Araya...5000 acessosKiss: as 10 melhores músicas da banda segundo o Watchmojo4847 acessosSmashing Pumpkins: Corgan critica vídeos "pornô" das estrelas pop5000 acessosNoisecreep: as 10 melhores canções sobre sexo

Sobre Ricardo Seelig

Ricardo Seelig é editor da Collectors Room - www.collectorsroom.com.br - e colabora com o Whiplash.Net desde 2004.

Mais matérias de Ricardo Seelig no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em junho: 1.119.872 visitantes, 2.427.684 visitas, 5.635.845 pageviews.

Usuários online