Solos: Alguns dos mais bonitos do Heavy Metal

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Samuel Coutinho, Fonte: Metal da Ilha
Enviar correções  |  Ver Acessos

Quem não curte solos de guitarra, não curte heavy metal. Existem vários tipos de solos diferentes, desde os mais simples aos mais técnicos. Competições de solos de guitarra existem aos montes, sempre prezando pelo mesmo objetivo, velocidade.

Burzum: A polêmica história e filosofia de Varg VikernesWonder Years: O soundtrack do grande sucesso de público e crítica

Mas nesta matéria mostraremos alguns dos mais bonitos, aqueles cheios de melodias e emoção. Mas não precisa ser uma banda de metal melódico para ter melodia, várias bandas dentro do heavy metal também sabem transmitir emoção nas seis cordas, como poderemos conferir nos exemplos abaixo.

Nota do redator: Faltaram muitos solos sim, mas sinta-se a vontade para indicá-los nos comentários.

SUICIDAL TENDENCIES: "You Can't Bring Me Down" - Não se trata necessariamente de um solo de guitarra, e sim uma introdução, mas tá valendo. Uma bela introdução como esta vale por qualquer solo. O guitarrista do Suicidal Tendencies na época, Rocky George, soube expressar muito bem seu modo de tocar guitarra no decorrer da música. De longe o melhor guitarrista que a banda já teve, vale citar também que o próprio solo desta música é uma beldade.

OVERKILL: "Elimination" - Uma música bem rápida e cheia de peso. Os vocais de Bobby "Blitz" insinuam total energia e ferocidade na música, mas logo na metade da canção temos uma surpresa, o solo de guitarra. Mesmo começando bem rápido o guitarrista Bobby Gustafson entoa uma boa parte melódica na música.

METALLICA: "Master Of Puppets" - Pedreira pura este clássico do Metallica. Com essa música, dá pra bangear até a cabeça cair do corpo (não me canso de dizer isso). Mas e quando chega o solo, acabou? Não, pra quem gosta de música é um bom momento pra conferir a versatilidade de Kirk Hammett. E calma que a música segue firme e forte.

EDGUY: "Land Of The Miracle" - Citar uma banda de metal melódico aqui é meio que covardia, mas faz parte do tema. Consideremos as músicas acima como um "aperitivo", pois agora os portais do céu foram abertos. "Land Of The Miracle" é uma das músicas mais influentes do Edguy, uma balada tem que ter um solo bonito, e é o que podemos comprovar na canção. Um solo realmente muito bonito. Jens Ludwig estava inspirado.

DREAM THEATER: "Wither" - Baladas são sempre baladas, o Dream Theater é uma banda especialista nisso. Como de costume, temos aqui uma obra prima das melodias. "Wither" faz você chorar de tão melódica, chega a ser melancólica, vide a letra. Pra completar, John Petrucci entrega um incrível solo de guitarra. Tanto a letra quanto o video clipe da música chegam a parecer um prenúncio da partida de Portnoy.

OFICINA G3: "Better" - Já que abrimos os portais do céu, Oficina G3 tem que estar na lista. O álbum "Depois da Guerra" foi um marco na história da banda, pois levou a banda à outro nível. Com músicas mais elaboradas, podemos perceber a incrível evolução técnica da banda. "Better" possui um solo muito agradável, bela dobradinha entre Juninho Afram e Celso Machado.

HELLOWEEN: "Occasion Avenue" - Óbvio que os pioneiros do metal melódico deveriam estar na lista. Já adianto que se faltou um solo de alguma banda de metal melódico aqui, por favor não me cobrem, é solo que não acaba mais. Mas para resolver este problema, vamos considerar o Helloween como um ótimo representante. "Occasion Avenue", além dos seus 11 minutos de duração, possui um belo solo de guitarra. O "Keeper of The Seven Keys: The Legacy", cumpriu muito bem a responsabilidade de continuar a saga dos outros dois clássicos da fase "Keeper".

GUNS N' ROSES: "November Rain" - Essa dispensa comentários. "November Rain" poderia ser a única canção, com um solo de guitarra tão bonito, que simplesmente resumiria esta matéria, mas já que é uma lista. Slash executando seu solo logo após sair da capela, no video clipe da música, é com certeza um momento emocionante. Fechando com chave de ouro esta lista dos solos mais bonitos do heavy metal, "November Rain" é um marco até hoje, da incrível performance da banda nesta canção.

Este tipo de lista com certeza irá causar algumas reações controversas, mas novamente, sinta-se à vontade para citar mais alguns solos através dos comentários.

Comente: Quais os mais bonitos solos do Heavy Metal?




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato. Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Denuncie os que quebram estas regras e ajude a manter este espaço limpo.


Todas as matérias da seção Maiores e Melhores

Burzum: A polêmica história e filosofia de Varg VikernesBurzum
A polêmica história e filosofia de Varg Vikernes

Wonder Years: O soundtrack do grande sucesso de público e críticaWonder Years
O soundtrack do grande sucesso de público e crítica

Bruce Dickinson: vocalistas que ele respeita e admiraBruce Dickinson
Vocalistas que ele respeita e admira

Separados no nascimento: Ian Hill e Stênio GarciaSeparados no nascimento
Ian Hill e Stênio Garcia

Two and a Half Men: Participações de astros do rockTwo and a Half Men
Participações de astros do rock

Megadeth: Mustaine não quer viver em país socialistaMegadeth
Mustaine não quer viver em país socialista

Phil Anselmo: cantar afinado é como uma obrigaçãoPhil Anselmo
"cantar afinado é como uma obrigação"


Sobre Samuel Coutinho

Nascido no interior de SP no dia 15/12/1986, em uma cidade chamada Ilha Solteira, Samuel Coutinho se entregou ao heavy metal logo na adolescência. Seu forte sempre foi o heavy metal melódico, variando desde o prog-metal até ao power-metal.

Mais matérias de Samuel Coutinho no Whiplash.Net.

adGoo336|adClio336