Motorhead: os cinco piores álbuns segundo a Decibel Magazine

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Paulo Severo da Costa, Fonte: Decibel Magazine, Tradução
Enviar correções  |  Comentários  | 

Em janeiro de 2014, a renomada Decibel Magazine publicou a lista dos cinco piores discos do MOTORHEAD segundo a sua avaliação. Longe de concordar com a inclusão de ‘March or Die” nessa lista, segue, na íntegra, o texto publicado:

5000 acessosAdeus: o último show de 10 rockstars que morreram nesta década5000 acessosPink Floyd: os álbuns da banda, do pior para o melhor, pela UCR

“IAN " LEMMY " KILMISTER é uma lenda viva. Um ícone intocável. Mas LEMMY e seus ‘Motorheads’ nem sempre produziram álbuns de ponta. Na verdade, em toda discografia extensa -estamos falando do MOTÖRHEAD com quase quatro décadas de carreira- memso os monólitos do metal comegtem alguns deslizes. Enquanto nós imploramos que você confira LEMMY em nossa edição de fevereiro de 2014 estamos também chamando o MOTÖRHEAD da parte inferior da tabela. Acho que está certo? Acho que está errado? Poste a sua opinião na seção de comentários abaixo.


5 - “Rock ' n' Roll" (1987): "Eat the Rich" foi a música de trabalho na MTV, se a memória não me falha. Não é ruim como um todo, mesmo com a faixa-título. Mas o resto do álbum é chato, sem inspiração e carregado pelos excessos do final dos anos 80. É MOTÖRHEAD tudo bem, mas com faixas como " All for You" e "Stone Deaf nos EUA" fica difícil de acreditar. Talvez o único valor redentor, além de "Eat the Rich", é a capa de PETAGNO (nota do tradutor: JOE PENTAGNO, criador do Snaggletooth, mascote da banda e da maioria das capas do grupo).


4 - ”Snake Bite Love” (1998): Assim como “We Are Motörhead, “Snake Bite” soa muito estereotipada. Os anos 90 não foram realmente muito gentis com LEMMY. Ele estava pisando na água tentando pedalar a ‘bicicleta’ MOTÖRHEAD. “Snake Bite Love”, com o seu nome terrível a reboque, foi um naufrágio que concilia a frieza e banalidade de roqueiros “nervosos” como SEA HAG, DAVY VAIN e SLEEZE BEEZ (nota do tradutor: bandas de glam metal da “segunda divisão” dos anos 80)


3 - ”We Are Motörhead”(2000): Apesar de nítido que, em parte, o grande LEMMY havia retornado, o álbum tem jeito de algo requentado. É como se LEMMY precisasse escrever outro álbum e fê-lo bem rápido usando sucessos anteriores como um modelo. É sensivelmente pior que “Snake Bite Love”, o que não quer dizer muito. É verdade, alguns grandes licks de Phil Campbell dão um ar de algo genuíno, mas eles são apenas fac-símiles da grandeza anterior.


2 - “March Ör Die” (1992): 1992 foi um ano estranho para o 'Head. O fato de escolherem regravar "Cat Scratch Fever" de NUGENT era uma coisa, mas "I Aint No Guy Nice" em parceria com SLASH e OZZY é a fórmula do pior das baladas em rock. LEMMY e tripulação colocaram muita fé em ter o controle, mas se perderam pelo caminho. “March Ör Die” parece ter culhões, mas em última análise, é a tentativa de LEMMY em chegar às ondas de rádio, com seu coaxar surpreendentemente domesticado e castrado.


1 - “On Parole” (1979): Dado como um trabalho perdido - uma vez que a gravadora não tinha certeza de sua viabilidade comercial - “On Parole” é um álbum estranho, mesmo em uma análise atual. Gravado entre 1975 e 1976, esperaria três anos para ser lançado. O famoso rosnado de LEMMY está lá, mas musicalmente “On Parole” é desigual com seu blues / punk / rock anda em fase de construção. Ei, talvez a United Artists tivesse razão!

Os responsáveis são citados no texto. Não culpe os editores. :-)

Por que destacamos matérias antigas no Whiplash.Net?

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

AdeusAdeus
O último show de 10 rockstars que morreram nesta década

808 acessosBrazilian Tribute To Motörhead: Torture Squad e Hatefulmurder689 acessosMotorhead: ouça o Genocídio no tributo brasileiro à banda2107 acessosCooking Hostile: Cozinhando com suas bandas preferidas1076 acessosMotorhead: ouça música de tributo brasileiro à banda0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Motorhead"

MotorheadMotorhead
Sexo pode ser uma das fontes de renda caso Lemmy pare

RockstarsRockstars
18 roqueiros que já apareceram em filmes

Guitar WorldGuitar World
10 Álbuns clássicos essenciais do Metal

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Mais comentários na Fanpage do site, nos links abaixo:

Post de 25 de maio de 2014
Post de 26 de maio de 2014

0 acessosTodas as matérias da seção Maiores e Melhores0 acessosTodas as matérias sobre "Motorhead"

Pink FloydPink Floyd
Os álbuns da banda, do pior para o melhor, pela UCR

AC/DCAC/DC
Isso sim é uma bela estrada para o inferno

Iron MaidenIron Maiden
As 10 melhores músicas da atual formação

5000 acessosHeavy Metal: os dez melhores álbuns lançados em 19805000 acessosAndre Matos: "Não estava preparado para cantar no Maiden!"5000 acessosPaul Stanley: o defeito congênito nas orelhas do músico5000 acessosBroderick: ex-Megadeth explica porque prefere tocar com 7 cordas5000 acessosVan Halen: "Deveriam ter mudado nome quando Sammy entrou!"5000 acessosTempo implacável: os rockstars também envelhecem parte 1

Sobre Paulo Severo da Costa

Paulo Severo da Costa é ensaísta, professor universitário e doente por rock n´roll. Adora críticas, mas não dá a mínima pra elas. Email para contato: joaopsevero@bol.com.br.

Mais matérias de Paulo Severo da Costa no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online