Matérias Mais Lidas

AC/DC: a resposta inusitada de Supla quando perguntam se ele gosta da bandaAC/DC
A resposta inusitada de Supla quando perguntam se ele gosta da banda

Nervosa: é difícil ser músico de rock/metal no Brasil, um país muito católicoNervosa
"é difícil ser músico de rock/metal no Brasil, um país muito católico"

Gilby Clarke: Axl Rose foi quem te demitiu, certo?Gilby Clarke
"Axl Rose foi quem te demitiu, certo?"

Guns N' Roses: por que Bumblefoot errou Welcome to the Jungle no Rock in Rio 2011Guns N' Roses
Por que Bumblefoot errou "Welcome to the Jungle" no Rock in Rio 2011

Pantera: e se Vulgar Display Of Power fosse gravado pelo Metallica?Pantera
E se "Vulgar Display Of Power" fosse gravado pelo Metallica?

Ozzy Osbourne: O Rio de Janeiro é uma porra duma merda!Ozzy Osbourne
"O Rio de Janeiro é uma porra duma merda!"

Metallica: Bob Rock vendeu direitos de várias músicas, incluindo faixas do Black AlbumMetallica
Bob Rock vendeu direitos de várias músicas, incluindo faixas do "Black Album"

Angra: banda anuncia turnê para comemorar os 20 anos do clássico RebirthAngra
Banda anuncia turnê para comemorar os 20 anos do clássico "Rebirth"

Nervosa: ouça o novo álbum Perpetual Chaos, primeiro com nova formaçãoNervosa
Ouça o novo álbum "Perpetual Chaos", primeiro com nova formação

Dallton Santos: Guitarrista brasileiro é o primeiro a tocar com duas palhetasDallton Santos
Guitarrista brasileiro é o primeiro a tocar com duas palhetas

Rock In Rio: Freddie Mercury desdenhou dos artistas brasileiros em 1985Rock In Rio
Freddie Mercury desdenhou dos artistas brasileiros em 1985

Fear Factory: carro de Dino Cazares é baleado; guitarrista não sofreu ferimentosFear Factory
Carro de Dino Cazares é baleado; guitarrista não sofreu ferimentos

Jon Bon Jovi: veja-o cantar Here Comes the Sun, hit dos Beatles, na posse de BidenJon Bon Jovi
Veja-o cantar "Here Comes the Sun", hit dos Beatles, na posse de Biden

Lista: 15 covers gravados pelas bandas do Big Four do thrash metalLista
15 covers gravados pelas bandas do Big Four do thrash metal

Kerrang: do grunge ao death metal, 20 álbuns clássicos que farão 30 anos em 2021Kerrang
Do grunge ao death metal, 20 álbuns clássicos que farão 30 anos em 2021


Matérias Recomendadas

Helter Skelter: a música que Charles Manson roubou dos BeatlesHelter Skelter
A música que Charles Manson "roubou" dos Beatles

Fotos de Infância: Lemmy Kilmister, do MotorheadFotos de Infância
Lemmy Kilmister, do Motorhead

Kiss: as 10 músicas mais demoníacas da bandaKiss
As 10 músicas mais "demoníacas" da banda

Semelhança: vocalistas de rock com vozes quase iguaisSemelhança
Vocalistas de rock com vozes quase iguais

Andre Matos: Não estava preparado para cantar no Maiden!Andre Matos
"Não estava preparado para cantar no Maiden!"

Malvada
Dead Daisies

Hartmann: "Sascha Paeth é a parte mais importante do Avantasia"

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Edilson Luiz Piassentini, Fonte: Rock N'Breja
Enviar Correções  

Nosso entrevistado ficou conhecido pelos ótimos trabalhos realizados com a banda 'At Vance' entre os anos 1999 e 2002. Dono de uma excelente carreira solo, também faz parte do grandioso projeto Avantasia, de Tobias Samet. Estamos falando do grande guitarrista e vocalista Oliver Hartmann.

Hartmann, com a simpatia e humildade de sempre, nos atendeu e contou sobre o novo trabalho de sua carreira solo "Hands On The Wheel" que está prestes a ser lançado, além de sua participação, curiosidades e novidades sobre o Avantasia e muito mais!

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Confiram mais um entrevista exclusiva ao Rock n' Breja com o talentoso músico Oliver Hartmann.

ROCK n' BREJA – Olá Oliver Hartmann, primeiramente gostaria de te agradecer por essa entrevista. Você está prestes a lançar seu mais novo trabalho solo, que se chamará "Hands On The Wheel", que sairá agora em maio. O que pode nos contar sobre mais esse novo trabalho?

OLIVER HARTMANN – Sim, será nosso sexto álbum de estúdio e nosso oitavo lançamento contando com uma coletânea e DVD acústico ao vivo. Será lançado em 18 de maio. O primeiro single/vídeo "Don't want back down" saiu sexta-feira da semana passada e, junto a outra faixa, está disponível para download. Estamos muito felizes com o feedback positivo que estamos tendo, ganhando muitos cliques e curtidas, especialmente por fãs brasileiros! Esforçamos-nos de forma extraordinária nas composições e na produção deste álbum e acho que temos 12 faixas muito legais em "Hands On The Wheel". Estou muito feliz também por ter feito um dueto com o vocalista do Mr. Big e Avantasia, Eric Martin! É chamado "Simple Man" e fizemos um vídeo que será lançado na próxima sexta-feira, 4 de maio! Um grande vocalista que eu sou fã desde os primeiros álbuns que ele fez o que fez me sentir muito honrado quando ele concordou em fazer parte deste novo álbum. No geral, estamos nos sentindo muito otimistas com este álbum e esperamos que as pessoas gostem muito.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

ROCK n' BREJA – O álbum teve uma campanha de crowdfunding pela Pledge Music. O quão isso foi importante para a produção do álbum? Acredita que esse tipo de apoio aproxima ainda mais a banda de seus fãs?

OLIVER HARTMANN – É exatamente por isso que realizamos essa campanha de crowdfunding! Começamos com a Pledge Music porque nos ajudaram muito a financiar a produção e a divulgação necessária do novo álbum. Devido aos serviços de streaming, cada vez menos pessoas estão realmente comprando música, então, para as bandas, como nós, é muito difícil nos dias de hoje recuperar e cobrir os custos de um álbum. Então somos muito agradecidos por todos os fãs que nos apoiaram até agora. Além de CDs autografados, camisas e muitas outras coisas típicas, decidimos o que poderia ser interessante e único para os fãs. Por exemplo, também iremos oferecer shows acústicos solo e com banda, nosso primeiro banner de 2005 da Hartmann Tour, onde passamos por muitos países durante nossas primeiras turnês, nossa mais recente faixa de turnê de 'Shadows & Silhouettes' e uma guitarra autografada muito especial usada para a produção do álbum e para os videoclipes. Ainda estas coisas estão em andamento até meados de maio, então confiram e nos apoiem!

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

ROCK n' BREJA – Em uma antiga entrevista, você disse que o álbum "Balance" (2012) foi o melhor trabalho que vocês já fizeram. O novo álbum "Hands On The Wheel", que será o sucessor do também excelente "Shadows and Silhouettes" (2016), terá alguma semelhança com o Balance, ou até mesmo com seu anterior? E como fazer para manter um nível alto de qualidade em um novo álbum após receber ótimas críticas em trabalhos anteriores?

OLIVER HARTMANN – O álbum mais recente "Shadows & Silhouettes" foi no geral, um álbum muito suave e calmo, e talvez o mais melancólico por conta de muitos elementos acústicos. Isso só aconteceu enquanto escrevia essas músicas. Quando você está escrevendo músicas, elas servem como um espelho daquele momento ou período em que foram escritas. Para "Hands On The Wheel" o processo foi similar, mas desde o começo senti que o álbum deveria ser mais hard e com todos os botões da mesa de som no 11 haha. No geral eu acho que esse é o nosso mais pesado e poderoso álbum até agora e uma continuação de onde paramos com "Balance".

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

ROCK n' BREJA – O álbum "Hands On The Wheel" será o sexto trabalho de sua carreira solo. Como você vê a evolução da banda desde o primeiro álbum "Out in the Cold" (2005) até os dias de hoje? E quais são os planos do Hartmann para o futuro?

OLIVER HARTMANN – Eu ainda amo o primeiro álbum "Out in the cold" e definitivamente foi algo muito especial. É claro que percorremos um longo caminho desde então, então toda a banda junto das composições se desenvolveu muito nesses últimos 13 anos. Mas, seja lá o que fizermos, sempre tentamos fazer isso de uma maneira que digamos "Sim, isso é exatamente 100% de nossa música". Temos que nos sentir simplesmente bem. Nós sempre queremos dar um passo a mais e alcançar novos objetivos. Estamos muito felizes com o resultado de "Hands On The Wheel", então esperamos que os fãs gostem e estamos ansiosos para conquistar novos fãs também!

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

ROCK n' BREJA – É impossível, ao falar de você, não se lembrar de sua maravilhosa participação no grandioso projeto Avantasia. Na verdade, vejo você como integrante fixo do projeto de Tobias Sammet. O último álbum Ghostlights obteve bons resultados e uma grande turnê. Quais recordações você tem do processo de criação do álbum? E sabe me dizer se teremos um novo álbum do Avantasia?

OLIVER HARTMANN – Faço parte do Avantasia desde o primeiro álbum e tenho ótimas lembranças de todas as turnês e gravações que fizemos desde "Metal Opera Pt. 1". Especialmente a última turnê, que foi a nossa maior, mais longa e mais bem sucedida até agora. Foi algo muito especial. Claro que estou ansioso para um novo álbum e uma nova turnê. Espero que já no próximo ano. Eu sei que Tobias Sammet está trabalhando em um material novo, mas eu ainda não sei quando as composições estarão prontas para entrarmos no estúdio novamente e consequentemente no palco. Espero que isso ocorra o mais breve possível!

ROCK n' BREJA – Como dito, Ghostlights rendeu uma grande turnê ao Avantasia, excursionado pelo mundo todo, inclusive o Brasil, que teve um show fantástico. Como é viajar e dividir o palco ao lado de grandes nomes como Tobi, Jorn Lande, Bob Catley, Sascha Paeth, Felix Bohnke entre outros talentos da banda? Como é a preparação para um show do Avantasia?

OLIVER HARTMANN – Todos esses caras são músicos e vocalistas incríveis, então é sempre divertido dividir o palco com eles! Ao preparar uma turnê, normalmente nos encontramos para os ensaios da banda, primeiramente sem os vocalistas por uns 10 a 14 dias. Quando todos os arranjos estão bem encaixados, começamos a fazer ensaios de palco onde os vocalistas, engenheiros de luz e som também estão envolvidos. Foi assim que fizemos durante todas as turnês e funciona perfeitamente para nós dessa maneira. Em relação a uma preparação especial para um show, nós apenas procuramos ficar relaxados, comer uma boa comida e um tomar um bom vinho, mais não muito antes do show é claro haha e tentamos nos concentrar por 2 ou 3 horas antes para dar aos fãs um show perfeito e inesquecível.

ROCK n' BREJA – Já que mencionei o nome de Sascha Paeth, em minha opinião, vocês formam uma das grandes duplas de guitarras da atualidade. É muito boa a sintonia de vocês durante os shows, com riffs e solos muito bem elaborados. Como é o processo de criação das linhas de guitarras do Avantasia? Qual a sua contribuição no processo de composição do projeto?

OLIVER HARTMANN – Muito obrigado por gostar do nosso estilo de tocar. Como produtor e criador dos arranjos, Sascha é, obviamente, a parte mais importante do Avantasia, além é claro do próprio Tobi. Quando eu entro no estúdio ou pego os arquivos para adicionar guitarras e vocais no meu estúdio, as composições principais, os riffs básicos e tudo mais já estão praticamente criados. Então eu adiciono alguns solos e ainda faço algumas vozes aqui e ali. Sozinho ou junto com Herbie Langhans, Amanda, Cloudy e outros vocalistas. É assim que trabalhamos há muitos anos. E tudo funciona perfeitamente desse jeito!

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

ROCK n' BREJA – Você é um grande vocalista e guitarrista. Quais foram as suas principais influências? E sabemos que além do Avantasia, você também fez parte da grande banda At Vance. Porém, atualmente, você está envolvido de alguma forma em outros projetos que possa nos contar?

OLIVER HARTMANN – Estou fazendo muitas coisas, mas além de Hartmann e Avantasia, meu terceiro projeto principal é o ECHOES, um tributo alemão ao Pink Floyd que se tornou bem sucedido nos últimos anos. Especialmente desde que lançamos nosso DVD acústico ao vivo "Barefoot To The Moon" há dois anos. Instrumentos acústicos e arranjos puros, além de um conjunto de cordas. Realmente muito emocionante e totalmente diferente. Até onde eu ouvi e sei, até os Floyds originais souberam e gostaram desse tributo, e eu me sinto muito honrado com isso.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

ROCK n' BREJA – Voltando ao Hartmann, vocês irão sair em turnê após o lançamento do novo álbum? Em nossa antiga entrevista você disse que gostaria de tocar no Brasil, por causa da energia do público, mas que no momento não tiveram oportunidade. Acredita que com o novo álbum, podemos ver um show do Hartmman aqui pelo Brasil?

OLIVER HARTMANN – Nós nunca fomos à América do Sul ou especificamente ao Brasil com Hartmann. No momento, ainda estamos trabalhando em nossa participação em alguns festivais de verão e em uma turnê no outono. Sei que temos muitos fãs em seu país, então realmente esperamos poder visitar o Brasil dessa vez!

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

ROCK N'BREJA – Oliver, mais uma vez, agradeço pela entrevista. Deixe um recado para os nossos seguidores e para seus fãs aqui do Brasil.

OLIVER HARTMANN – Um grande abraço a todos os seus leitores e fãs de Hartmann/Avantasia no Brasil. Esperamos que vocês gostem do novo álbum do Hartmann e espero estarmos prontos para visitar o seu país para shows ao vivo com o Hartmann em breve!

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal


Stamp
Tunecore
Receba novidades de Rock e Heavy Metal por Whats App
Anunciar no Whiplash.Net


Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Andre Matos: Livro oficial terá prefácio escrito por Tobias SammetAndre Matos
Livro oficial terá prefácio escrito por Tobias Sammet


Pra ouvir e discutir: os melhores discos lançados em 2001Pra ouvir e discutir
Os melhores discos lançados em 2001

Avantasia: Tobias Sammet se derrete por Hansi KürschAvantasia
Tobias Sammet se derrete por Hansi Kürsch


Creed: nomeada pior banda dos anos 1990 pela Rolling StoneCreed
Nomeada pior banda dos anos 1990 pela Rolling Stone

Death Metal: as 10 melhores bandas de acordo com a AOLDeath Metal
As 10 melhores bandas de acordo com a AOL


Sobre Edilson Luiz Piassentini

Amante do metal desde os 13 anos de idade, fã indiscutível de King Diamond e Mercyful Fate, e também um grande apreciador das cervejas estilo Weiss e um dos editores do site Rock N'Breja! Rock e Cerveja, a combinação perfeita.

Mais matérias de Edilson Luiz Piassentini no Whiplash.Net.