Saxon: excelentes amigos de Lemmy e de todos os caras do Motorhead!

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Edilson Luiz Piassentini, Fonte: Rock N'Breja
Enviar correções  |  Ver Acessos

Mais de 40 anos de estrada, uma das bandas líderes do movimento New Wave Of British Heavy Metal, um dos maiores grupos de metal dos anos 80, inúmeras turnês ao redor do mundo, prestes a lançar o seu vigésimo segundo álbum de estúdio e sempre mantendo a essência do heavy metal. Essa é a incansável banda Saxon!

Cachês: nova lista revela quanto embolsam astros do Rock e MetalNikki Sixx: "transei com a mulher do Bruce Dickinson"

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Entrevistamos essa semana o baterista Nigel Glockler, que com muita simpatia nos contou sobre o mais novo trabalho que está prestes a ser lançado, curiosidades do novo álbum, sobre a influência do Saxon no cenário do heavy metal, seu problema de saúde que ocasionou numa pausa de sua atividade na banda, suas influencias, shows no Brasil e muito mais!

Confiram mais um entrevista exclusiva com Nigel Glockler do Saxon ao Rock N'Breja.

ROCK N'BREJA - Nigel, primeiramente agradeço pela entrevista. O Saxon está prestes a lançar o seu mais novo álbum, "Thunderbolt", seu vigésimo segundo álbum de estúdio da banda. O que pode nos contar sobre esse novo trabalho?

NIGEL GLOCKLER - Eu acho que é uma progressão natural do nosso último álbum "Battering Ram" . Nós gostamos sempre de manter as coisas frescas e vibrantes, tanto para nós como para os fãs, sempre se mantendo fiel à tradição do Saxon.

ROCK N'BREJA - O que podemos ver na música divulgada, que leva o nome do álbum, é a mais pura essência do heavy metal. Há muitos anos o Saxon vem mantendo essa essência, e sempre lançando excelentes álbuns. Qual o segredo para manter-se fiel a um estilo e sempre estar lançando belos álbuns?

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

NIGEL GLOCKLER - Como eu disse, acho que é uma continuação lógica do último álbum. Todos nós gostamos de escrever e tocar juntos e acho que essa atitude vem em todos os álbuns do Saxon. Somos muito liberais e críticos uns com os outros quando estamos compondo.

ROCK N'BREJA - Em uma entrevista, Biff Byford disse que o novo álbum terá uma participação de alguém da cena hardcore. Poderia nos contar ou nos dar uma dica de quem seja? Creio eu que seja do Killswitch Engage, já que Byford disse que gosta da banda rsrsr.

NIGEL GLOCKLER - Olha, não falei nada hein hahhaha! Mas pode ter algo a ver com o Amon Amarth hahaha!!

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

ROCK N'BREJA - Outro ponto do álbum é a música They Played Rock And Roll, onde diz que é uma homenagem ao grandioso e eterno Lemmy Kilimister. Como surgiu a idéia, e como é para um lendária banda como é o Saxon, homenagear uma outra grande lenda?

NIGEL GLOCKLER - Nós eramos excelentes amigos de Lemmy, e de todos os caras do Motorhead, e tocamos em muitos shows juntos. Ambas as bandas estavam muito próximas e muitas vezes isso era no palco. Na verdade, Eddie tocou Ace Of Spades conosco em nossa última turnê. Isso foi muito especial! Eddie estava em nossas últimas datas no Reino Unido, então era uma coisa especial a se fazer. Agora que os três da formação original da banda passaram a outro plano, pareceu muito apropriado ter essa música no novo álbum.

ROCK N'BREJA - Sabemos que você está no Saxon há muitos anos, praticamente desde 1981. Dentro desse período houveram algumas saídas, entre eles uma pausa por motivo de saúde. Como você está atualmente? E quanto ao Saxon, como você vê a trajetória da banda desde o início e para você qual a importância da banda no cenário do heavy metal, principalmente por influenciar novas bandas?

NIGEL GLOCKLER - Eu agradeço pela pergunta. Quanto a saúde eu estou muito bem! A minha primeira saída foi devido à alguns divergências com nosso manager. A segunda saída foi porque rompi um músculo entre meu pescoço e meu ombro. E a terceira, e essa de forma mais breve, foi devido a um aneurisma cerebral, que ameaçou minha vida! Mas ainda estou aqui! O cirurgião, que basicamente salvou minha vida, me chamou de louco!

Quanto ao Saxon, há muitas bandas que nos falam que são influenciadas por nós. Tivemos uma carreira incrível. As bandas surgem e vão, mas ainda estamos ai, fazendo shows e lançando álbuns, e sempre digo, foram os fãs que nos colocaram onde estamos. Nunca esquecemos isso e sempre somos agradecidos por isso.

Durante os anos, tivemos altos e baixos, como acontece em todas as bandas, mas por causa desse vínculo criado dentro "desta coisa" chamada Saxon, e eu sinto que crescemos muito nos últimos anos. E nós continuaremos a fazer isso durante o tempo que pudermos, e claro, até quando os fãs nos quererem rsrs.

ROCK N'BREJA - Falando agora do grande baterista Nigel Glockler, sabemos que você tem um grande domínio do instrumento e influencia novos bateristas. Quais foram as suas principais influências, e nos dias de hoje, quais bateristas você acha que merece destaque?

NIGEL GLOCKLER - Obrigado pelo seu elogio, fico muito lisonjeado com isso. Eu tive tantas influências quando comecei a tocar, e digo que ganho que influencio a cada ano, pois honestamente acredito que você nunca para de aprender. Qualquer um que pensa que sabe tudo é um idiota! Há tantos bateristas excelentes mundo a fora. Eu mesmo creio que nunca fui um baterista típico de metal. Adoro a forma de tocar de Mitch Mitchell, Bill Bruford, Franz Di Cioccio, da banda italiana PFM. Phil Ehart do Kansas, Phil Collins. Acho que os bateristas do lado mais progressivo da música foram, e ainda são, os mais influentes para mim. Também Billy Cobham, Lenny White, Vinny Colaiuta, Simon Phillips. Do ponto de vista da música pesada, Bill Ward foi uma grande influência. Eu ainda amo e aprendo com todos esses estilos. Stewart Copeland é outro que eu estou ouvindo agora. Ele é ótimo, vibrante e de bom gosto tocando. E também JeanPaul do Clutch. Ele é fenomenal !!

ROCK N'BREJA - Agora falando em shows, sabemos que o Saxon sempre que lança um novo trabalho, logo sai para realizar turnês. Vi que para a turnê europeia vocês terão como convidados a banda Magnum. Vocês virão ao Brasil em maio para uma única apresentação. O que os fãs podem esperar desse show, e terão algum convidado também ou alguma novidade que possa nos contar?

NIGEL GLOCKLER - Sim, teremos um ano muito cheio à nossa frente! Na verdade, o Magnum já está fazendo um show no Reino Unido com a gente. Eu queria que eles estivessem fazendo mais pois eu adoro essa banda e eles são ótimos companheiros. No momento, temos apenas um show no Brasil, mas quem sabe. Pode haver mais shows durante o ano. Vamos ver o que acontece! Não tenho certeza de quem estará tocando conosco por aí. Só posso dizer: fiquem atentos ao site do Saxon!

O que os fãs podem esperar do show no Brasil? Um show completo, com muitas músicas novas e muitos clássicos. Então estejam prontos para serem Saxonizado rsrs! A turnê Thunderbolt está chegando!

ROCK N'BREJA - Nigel, mais uma vez agradeço pela entrevista. Deixe um recado para os fãs do Saxon aqui do Brasil e para os nossos seguidores. Abraços e sucesso.

NIGEL GLOCKLER - Estou ansioso para vê-los este ano! Não posso esperar por isso! Agradeço a todos pelo apoio!




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção EntrevistasTodas as matérias sobre "Saxon"Todas as matérias sobre "Motorhead"Todas as matérias sobre "Lemmy Kilmister"


Tales Of The Iron Maiden: Dio, Rhoads, Lemmy e mais em animação de Heaven Can WaitTales Of The Iron Maiden
Dio, Rhoads, Lemmy e mais em animação de "Heaven Can Wait"

Motörhead: Morre, aos 61 anos de idade, Phil Philthy Animal TaylorMotörhead
Morre, aos 61 anos de idade, Phil "Philthy Animal" Taylor


Cachês: nova lista revela quanto embolsam astros do Rock e MetalCachês
Nova lista revela quanto embolsam astros do Rock e Metal

Nikki Sixx: transei com a mulher do Bruce DickinsonNikki Sixx
"transei com a mulher do Bruce Dickinson"


Sobre Edilson Luiz Piassentini

Amante do metal desde os 13 anos de idade, fã indiscutível de King Diamond e Mercyful Fate, e também um grande apreciador das cervejas estilo Weiss e um dos editores do site Rock N'Breja! Rock e Cerveja, a combinação perfeita.

Mais matérias de Edilson Luiz Piassentini no Whiplash.Net.

Goo336x280 GooAdapHor Goo336x280 Cli336x280