NervoChaos: mantendo acesa a chama do death metal

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Junior Frascá
Enviar correções  |  Ver Acessos

Uma das verdadeiras lendas do underground metálico nacional, o NERVOCHAOS é uma verdadeira instituição do death metal. Com 18 anos de estrada, e seis discos de estúdio lançados (incluindo o último, o ótimo "The Art of Vengence"), a banda está em uma das fases mais constantes e produtivas de sua carreira, como fica claro no bate papo a seguir, com o baterista e líder Edu.

Tarja: agredida sexualmente por fã durante show no México em 2000Deep Purple: o riff de "Smoke on the Water" foi criado por Tom Jobim?

O NervoChaos acaba de lançar o novo álbum "The Art Of Vengeance", como a banda tem sentido a recepção?

Edu: Tem sido muito bacana a receptividade do novo material. A nossa vontade é tocar o disco inteiro ao vivo mas estamos escolhendo algumas musicas para tocar e experimentando quais funcionam melhor ao vivo. Jamais deixaremos de lados as musicas dos trabalhos anteriores, pois todos são importante igualmente para gente. Procuramos mesclar as melhores musicas de cada trabalho ao vivo.

O primeiro impacto que temos ao ver o disco é a capa, que sai dos padrões que o NervoChaos apresentou anteriormente. Qual foi a ideia por trás desta arte?

Edu: Na verdade essa foi a nossa ideia desde o inicio das composições deste novo trabalho. Queríamos evoluir como banda mas sem perder a nossa identidade ou proposta. Pela primeira vez na historia da banda, tivemos a participação de um produtor, envolvido no processo todo e acho que isso foi muito positivo e funcionou muito bem para o que estávamos querendo. Musicalmente e liricamente também conseguimos evoluir no meu ponto de vista. Por isso, queríamos uma capa que representasse tudo isso e procuramos o Marco Donida. Adoramos o estilo dele e ele conseguiu captar perfeitamente o conceito do disco, das nossas ideias e criou essa arte fudida! Queríamos algo diferente de tudo que já havíamos feito e acertamos.

Sentimos também uma banda ainda mais consistente. Você acha que manter a mesma formação por dois discos seguidos foi essencial?

Edu: Com certeza foi essencial e algo inédito na nossa carreira ate então. Mais uma vez, reforca o que falei acima, queríamos dar um passo a frente e acredito que estamos sendo bem sucedidos nesta tarefa. O entrosamento adquirido com uma formação estável e com a quantidade de shows que temos feito, certamente mostra uma banda mais madura e conseguimos evoluir mais solidamente como um todo.

Este é mais um lançamento feito em parceria com a lendária Cogumelo Records. Como está a parceria?

Edu: Tem sido excelente. Acho que foi uma das melhores coisas que aconteceram para a banda. A distribuição tem sido bacana, a frequência dos lançamentos também e me parece que as vendas também tem sido boas, então acho que é reciproco o sentimento.

Outra atração do novo álbum é o DVD Warriors On The Road Pt 2. Como surgiu a ideia de incluir esse trabalho no pacote e não em um DVD separado?

Edu: Na verdade queríamos fazer algo especial para a primeira prensagem deste novo CD. E como temos muito material que nao entrou no box-set, resolvemos incluir de bônus, para concluir o ciclo iniciado com o box-set, e saiu este DVD. Nele incluímos também dois shows na integra e alguns bônus.

Recentemente a banda lançou um videoclipe para a música "The Devil's Work", algo não muito comum na carreira do Nervochaos, por que este lançamento agora?

Edu: Sempre tivemos vontade de fazer clipes mas acabávamos optando por fazer outras coisas no lugar. Os poucos clipes que lançamos antes deste sempre foram feitos pela banda, num completo formato D.I.Y. Com os lances dos DVDs, começamos a trabalhar mais com vídeos e acho que isso incentivou bastante a gente a começar a trabalhar com este formato. De fato, tem rendido excelentes comentários e tem sido uma ótima forma de divulgação, então devemos fazer outro em breve.

Contem-nos um pouco mais do que a banda prepara para um futuro próximo.

Edu: Atualmente estamos focados em fazer a tour do novo CD, que teve início em Janeiro deste ano e deve seguir até o fim do ano que vem. Já estamos trabalhando num box comemorativo de 20 anos (para 2016), em um novo vídeo clipe, no relançamento do primeiro e do segundo CD da gente (para 2015) e ainda queremos fazer um 'split' ou ate mais de um, mas apenas para o ano que vem.



GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção EntrevistasTodas as matérias sobre "Nervochaos"


Death Metal: 5 álbuns nacionais que não se pode deixar de escutarDeath Metal
5 álbuns nacionais que não se pode deixar de escutar

Krisiun: se não tivessem agido rápido, a banda poderia ter sido presa, diz MoysesKrisiun
Se não tivessem agido rápido, a banda poderia ter sido presa, diz Moyses


Tarja: agredida sexualmente por fã durante show no México em 2000Tarja
Agredida sexualmente por fã durante show no México em 2000

Deep Purple: o riff de Smoke on the Water foi criado por Tom Jobim?Deep Purple
O riff de "Smoke on the Water" foi criado por Tom Jobim?


Sobre Junior Frascá

Junior Frascá, casado, é advogado, e apaixonado por heavy metal em todas as suas vertentes (em especial thrash, stoner, doom e power metal) desde seus 15 anos. Também é fã de filmes de terror e séries americanas, faz parte da equipe da revista digital Hell Divine e do site My Guitar, e é guitarrista da banda de metal tradicional MUD LAKE.

Mais matérias de Junior Frascá no Whiplash.Net.

adWhipDin adWhipDin adWhipDin adWhipDin