Edu Falaschi: "eu não tenho rabo preso com ninguém"

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Geraldo de Andrade, Fonte: Heavynroll
Enviar correções  |  Comentários  | 

39 acessosAngra e Almah: Se Toca No Treino com Marcelo Barbosa5000 acessosRobert Plant: "quase saí do Led quando meu filho morreu"

O nosso entrevistado dispensa apresentações, é um dos músicos mais renomados nos cenários do heavy metal, no Brasil e no mundo. Fui conversar com EDU FALASCHI, vocal do ALMAH.

EDU recebeu muito bem o Heavynroll, nos contou como anda a produção do novo álbum da banda, da ligação com Caxias do Sul, e claro, das polêmicas. Vale conferir!

HEAVYNROLL - Vamos começar falando do próximo álbum do Almah, o sucessor de “Motion” de 2011, como estão as gravações? O que podemos esperar do ALMAH nesse novo álbum?

EDU - Estamos entrando em estúdio para captar o mais novo trabalho. Teremos um álbum cheio de variedades, com diferentes atmosferas, mas o ponto marcante desse novo trabalho é uma sonoridade bem pra frente, positiva e de uma postura ativa!

HEAVYNROLL - A banda agora tem um novo baixista, RAPHAEL DAFRAS, como foi feita a escolha para RAFAEL ocupar a vaga de baixista?

EDU - Sim, pensamos em vários nomes, testamos alguns ótimos músicos, mas o RAPHAEL foi a nossa escolha não só por tocar absurdamente bem, mas principalmente por ser uma pessoa de caráter, tranquilo e proativo.

HEAVYNROLL - Como somos um blog de Caxias do Sul, não podemos deixar de falar de um grande guitarrista que passou pela banda, o nosso conterrâneo PAULO SCHROEBER. Qual foi o sentimento, seu e da banda, quando PAULO, por motivo de doença, deixou a banda em 2012?

EDU - Cara, foi muito triste, recebemos um e-mail dele explicando tudo, rolou um mega baque na banda, desânimo total, não tinha opção, ele é nosso amigo e era nosso guitarrista, sempre tivemos e teremos muito orgulho do Paulo, quem sabe num futuro ainda possamos fazer algo juntos, estamos torcendo por sua recuperação. Enfim, seguimos em frente, nos apoiamos uns nos outros e encontramos o GUSTAVO DE PÁDUA, somos uma banda de sorte, sempre tocamos com músicos de primeira, isso nos da mais e mais força para seguir com nosso som, o GUSTAVO é um absurdo, talentoso demais, guitarrista monstro, canta muito bem e ainda compõe como poucos, Estamos prontos para detonar de novo e loucos para voltar aos palcos como o novo CD.

HEAVYNROLL - Ainda falando em Caxias do Sul, parece que a banda tem uma ligação muito forte com a cidade. Tem os caxienses PAULO e o baterista MARCELO MOREIRA. E mais recentemente os clipes das músicas "Trace of Trait" e “Late Night in 85'”, foram gravados na cidade. Você pode comentar essa ligação?

EDU - Sim, Caxias é linda e sempre nos recebeu de braços abertos, foi demais fazer 2 clipe lá, ainda mais com o grande diretor ALEX MILESI, sem ele nada disso tinha rolado.

HEAVYNROLL - Você esteve com o ANGRA no Rock in Rio de 2011, e esse ano, têm a volta com o ALMAH. O que podemos esperar desse show tão aguardado?

EDU - Podem esperar muita alegria no palco, entrosamento, respeito, garra, união, qualidade técnica e o principal, uma banda fazendo música ao vivo única e exclusivamente pelo amor a música e ao heavy metal. Faremos o melhor show de metal que o Palco Sunset já viu!

HEAVYNROLL - Algumas declarações e entrevistas suas, causaram muita polêmica, você se acha uma pessoa polêmica?

EDU - Sou um cara da paz, mas fico puto com injustiças, o problema é ser autêntico e falar a verdade, eu não tenho rabo preso com ninguém, portanto, tudo o que falei foi pro bem, por amar o heavy metal e por querer ver as coisas mais justas, corretas e profissionais no meu próprio país. Não sou um ativista nacionalista, revolucionário, nada disso, muito menos contra o que é importado. Falei de um assunto específico, que é o mercado da música aqui no Brasil e ponto. Mas vou sempre defender os interesses da música feita pelo brasileiro para o brasileiro e para exportação, seja na língua que for.

Mas na real, está tudo certo, já dei meu recado, passou. Enfim, estou em paz e focado em fazer o meu trabalho com o ALMAH, quero me divertir fazendo o que mais amo que é cantar heavy metal.

HEAVYNROLL - Qual a tua opinião sobre a atual cena rock no Brasil?

EDU - É uma cena que ainda precisa ser trabalhada, se tornar mais profissional e justa. Como e quando isso ocorrerá? Não sei, torço para sempre ficar cada vez melhor e mais forte. Temos potencial pra isso, de bandas e público, estamos ai, é só cada um fazer a sua parte.

HEAVYNROLL - E o Edu produtor musical? Como é ser considerado um dos melhores produtores de Heavy Metal do Brasil?

EDU - Fico muito feliz de estar contribuindo para que o Brasil possa ter bandas com discos de metal com qualidade, sempre tivemos no Brasil, grandes produtores e estúdios especialistas em Pop, Samba, Axé, Sertanejo, mas hoje temos ótimos estúdios especializados em Heavy Metal, como o DOIT! STUDIO, FUSÃO STUDIOS, NORCAL STUDIOS, MR. SOM STUDIOS e o SONATA 84 STUDIOS, têm espaço pra todo mundo e as bandas de metal agora tem onde trabalhar com o máximo em qualidade técnica.

HEAVYNROLL - Além de vocalista, produtor, você também é professor de canto, como é o professor EDU FALASCHI?

EDU - Eu trabalho mais como um “Coaching”, percebo o que o aluno tem de melhor e de pior e dou um direcionamento, lapidando-o, com técnicas de canto, além de muitos outros toques que são importantes para a carreira do cantor como um todo.

Faço as aulas no meu estúdio, pessoalmente e individualmente, gravamos as aulas, assim o aluno desenvolve mais quando se ouve sem estar cantando, tem mais percepção, o que eu considero de extrema importância para quem canta. Meus alunos são meus queridos, me dedico de corpo e alma para que eles cresçam artisticamente e como pessoa.

Leia a entrevista completa no link abaixo:
http://heavynrollspace.blogspot.com.br/2013/05/almah-edu-fal...

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

AngraAngra
Em entrevista, banda fala sobre disco que sai em fevereiro

39 acessosAngra e Almah: Se Toca No Treino com Marcelo Barbosa170 acessosAmandinho: Banda emo-punk lança versão de "Carry On" do Angra243 acessosElvenking: trazendo material novo para shows no Brasil908 acessosRafael Bittencourt: "Eu nunca fui tão feliz", making of #23332 acessosRedeTV!: Sonoridades entrevista a banda Angra nesta quinta-feira0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Angra"

Collectors RoomCollectors Room
Posters, bonecos e Coca-Cola na coleção de Aquiles Priester

Top 20Top 20
Discos recentes de bandas clássicas tão bons quanto os antigos

Kiko LoureiroKiko Loureiro
Guitarrista fala sobre suas influências e música brasileira

0 acessosTodas as matérias da seção Entrevistas0 acessosTodas as matérias sobre "Edu Falaschi"0 acessosTodas as matérias sobre "Angra"0 acessosTodas as matérias sobre "Almah"


Robert PlantRobert Plant
"Quase saí do Led quando meu filho morreu!"

Iron MaidenIron Maiden
Perguntas e respostas e curiosidades

Heavy MetalHeavy Metal
Os vinte melhores álbuns da década de 80

5000 acessosAngra: banda errou na escolha de Fabio Lione?5000 acessosMetalhammer: 10 ridículos anúncios no Heavy Metal5000 acessosHeavy Metal: diagrama explica a origem dos nomes de bandas5000 acessosBruno Sutter: explicando, em vídeo, como ser o melhor vocalista do Brasil2531 acessosJared Dines: conheça 10 estilos de Hardcore em 60 segundos5000 acessosKerrang!: os 100 melhores álbuns de Rock em lista da revista

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Mais comentários na Fanpage do site, no link abaixo:

Post de 08 de maio de 2013


Sobre Geraldo de Andrade

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados. Caso seja o autor e tenha dez ou mais matérias publicadas no Whiplash.Net, entre em contato enviando sua descrição e link de uma foto.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em junho: 1.119.872 visitantes, 2.427.684 visitas, 5.635.845 pageviews.

Usuários online