Matérias Mais Lidas

imagemPaul Di'Anno detona Regis Tadeu após vídeo em que critica seu encontro com Iron Maiden

imagem"A ingenuidade do fã do Iron Maiden é um negócio que beira o patético", diz Regis Tadeu

imagemBruno Valverde diz que preconceito contra ele veio mais da igreja do que dos metaleiros

imagemA dura crítica de Angus Young a Led Zeppelin, Jeff Beck e Rolling Stones em 1977

imagemFãs protestam contra Claustrofobia após banda fazer versão de música do Pantera

imagemStjepan Juras retruca comentário de Regis Tadeu sobre reencontro de Di'Anno e Harris

imagemGeezer Butler, Heavy Metal e a clássica canção do Black Sabbath inspirada por Jesus

imagemA banda de forró que uniu Nenhum de Nós, Legião, Titãs e Paralamas na mesma música

imagemIggor Cavalera manda ver em "Dead Embryonic Cells" ao vivo; confira drumcam

imagemComo era a problemática relação do Angra no "Aurora Consurgens", segundo produtor

imagemComo foram os últimos meses de Renato Russo e a causa da sua morte

imagemNovo álbum do Krisiun será lançado em julho; veja capa e tracklist

imagemJohn Bonham, Keith Moon ou Charlie Watts, quem era o melhor segundo Ginger Baker?

imagemTobias Forge, do Ghost, diz que ABBA deveria receber um Prêmio Nobel

imagemRegis Tadeu explica porque Ximbinha é um dos melhores guitarristas do Brasil


Maria do Relento: o Rock e o bom humor na medida certa

Por Vicente Reckziegel
Fonte: Witheverytearadream
Em 22/02/13

Na década de 90 surgiram algumas bandas que realizaram a junção do rock com o humor, muitas delas explodiram no nosso país, como Raimundos, Mamonas Assassinas, Virguloides (alguém ainda lembra deles? Nem eu sei como desenterrei isso). Claro, todos em seus próprios estilos. No sul o grande expoente desse "gênero", digamos assim, foi a Maria do Relento, que aliava um grande rock n' roll com letras bem humoradas, ou como os próprios dizem, bregas e despojadas. Durante o percurso de seus mais de 18 anos, a banda teve alguns percalços, mas ainda continua na ativa e. principalmente, divertindo-se com o que fazem, algo que nem todos conseguem. Nessa entrevista o vocalista Peppe Joe fala um pouco mais sobre a trajetória da banda, sempre de forma bem humorada e realista sobre o nosso cenário. Ao final vocês podem curtir os clipes de "Farofada Rock n' Roll" e o muito legal "Um Tanto Estranho".

Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva

Vicente - Inicialmente como você avalia a trajetória da banda até este momento?

Peppe Joe – Em 2012 completamos 18 anos de estrada, acho que a banda conquistou muitas coisas legais nesse tempo, shows para grandes multidões, apresentações em outros estados do Brasil e certo reconhecimento nacional. Nem tudo foi positivo, tivemos problemas com empresários e uma crise de identidade. A cara da Maria sempre foi a do rock brega, despojado, bem humorado, no entanto achamos que deveríamos mudar porque ficavam nos comparando com outras bandas, mas ninguém sabia que nossa história tinha começado bem antes delas. Esse foi um grande erro que praticamente fez com que tivéssemos que começar do zero. Depois vimos que foi uma puta cagada e voltamos a fazer o que sempre curtimos. O negócio é se divertir!

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Vicente - Como tem sido a rotina de shows?

Peppe Joe – Hoje em dia temos família e outros trampos e a banda perdeu um pouco do foco, mas seguimos com uma média de cinco shows por mês. O público mudou bastante, mas a galera ainda se diverte bastante com a Maria.

Vicente - Seu último disco completo de estúdio foi "Sobras", de 2007. Como foi a gravação do mesmo?

Peppe Joe - Na verdade o ultimo disco de estúdio oficial foi o Terapia Kamikaze (2005). Gravamos em Porto Alegre em uma produção conjunta entre a banda e o produtor Luciano Albo. Foi um trabalho bem bacana que contou com a estreia de Guilherme Barros na guitarra solo. Na minha opinião é um dos melhores trabalhos da banda, mas que infelizmente pouca gente conhece. Quem quiser conhecer basta acessar o site da Trama Virtual e baixar de graça! O "Sobras" que foi lançado em 2007 é uma coletânea de sobras de estúdio. Tudo que gravamos nos CDs, mas não foi aproveitado. É legal porque tem coisa de 1994 e coisas de 2006. Foi distribuído apenas aos fãs pela internet. Também tem no site da Trama.

Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Vicente - Em 2012 saiu o Single "Farofada Rock n' Roll". Conte-nos um pouco sobre esse trabalho.

Peppe Joe - Nem todos moram em Porto Alegre e os encontros semanais para composição são difíceis de acontecer atualmente, mas em 2012 decidimos dar uma força a "Maria". As pessoas nos shows pediam que a gente voltasse a compor, fizemos um esforço e novas coisas começaram a rolar. A Farofada começou a surgir em um final de ensaio, no momento das brincadeiras. A idéia dela e dos sons novos é tentar achar um meio termo entre os discos de 1995 e de 2005, entre o escrachado e o bom moço (risos).

Como consegui viver de Rock e Heavy Metal

Vicente - Vocês inclusive fizeram um vídeo para a música. Como foi a gravação do mesmo?

Peppe Joe – Sim, fizemos um clipe novo. A gente não fazia clipes a 8 anos (risos). E tivemos uma história bem bacana com nossos vídeos anteriores. Conhece o Mário e o Vagabundo concorreram na MTV. Sempre gostamos de clipes diferentes, meio doidos. O da Farofada Rock 'n Roll não é diferente. Durante um show da banda acontece uma invasão de zumbis e no meio deles uma zumbi gostosona. Um nerd que estava no show se apaixonou por ela e era tão nerd que nem notou que ela era uma zumbi (risos)

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

Vicente - O rock gaúcho sempre teve muita força no cenário, com grandes bandas despontando desde a década de 80. Como vocês vêem essa cena nos dias de hoje. Quais bandas vocês destacariam?

Peppe Joe – A mídia aqui sempre apoiou a cena local. A criatividade existe em todos os lugares, você só precisa apostar nela. Era uma bola de neve; Bandas surgiam, rádios tocavam, casas noturnas contratavam, um ciclo. Hoje as bandas novas não têm esse espaço, esse investimento...

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

Vicente - Quais são as suas maiores influências?

Peppe Joe – Silvio Santos, Roberto Carlos, Julio Iglésias, Ivo Holanda, Mussum (risos) Mas todos curtem o rock nacional e internacional dos anos 80. Curtimos Black Sabbath, Beatles, Foo Figthers, Nirvana...Tem muita coisa aí...

Vicente - Vocês gravaram o clipe da música "Um tanto Estranho" junto com os alunos da Apae de Santa Cruz do Sul. De onde surgiu essa idéia?

Peppe Joe- Essa música é do CD Terapia Kamikaze (2005) e sempre foi uma das minhas preferidas em toda a carreira da banda. Sempre achei que ela deveria ter um clipe e queria que fosse algo muito bacana. Tenho muito contato com a Apae de Santa Cruz, minha esposa trabalha lá e a realidade dos alunos tem muito a ver com a letra da música, achei perfeito linkar as duas coisas. Você se acha normal? O que é ser normal? Todos nós somos diferentes, pensamos diferentes e é isso que abordamos na música. Gravar esse clipe com os alunos da Apae foi sem dúvida nenhuma a coisa mais importante que já fiz em 18 anos de MDR. Pra assistir é só procurar no Youtube o clipe de "Um tanto Estranho". O desconhecido gera preconceito, então "bora" mostrar essa galera alegre e cheia de vida!

Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva

Vicente - Uma mensagem para os fãs e amigos que curtem o trabalho da Maria do Relento e apostam na música nacional.

Peppe Joe - Pô, eu mando um forte abraço e agradeço a todos que curtem rock. Peço que compartilhem o som das bandas na internet, apóiem, prestigiem os shows nas suas cidades... Quem sabe a gente consiga superar essa onda sertaneja que invadiu o Brasil (risos).

Farofada Rock n' Roll:

Um Tanto Estranho:

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Stamp
publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Exodus: "Rick Rubin é uma verdadeira fraude", diz Gary Holt


Sobre Vicente Reckziegel

Servidor público, escritor, mas principalmente um apaixonado pelo Rock e Metal há pelo menos duas décadas. Mantêm o Blog Witheverytearadream desde Dezembro de 2007. Natural e ainda morador de uma pequena cidade no interior do Rio Grande do Sul, chamada Estrela. Há muitos anos atrás tentou ser músico, mas notou que faltava algo simples: habilidade para tocar qualquer instrumento. Acredita na música feita no Brasil, e gosta de todos os gêneros, desde Rock clássico até Black Metal.

Mais matérias de Vicente Reckziegel.