Marduk: entrevista descontraída para o Hard and Heavy

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Luciano Piantonni, Fonte: Hard And Heavy
Enviar correções  |  Ver Acessos


Divulgando o mais recente álbum de estúdio, Serpent Sermon, lançado este ano pela Century Media, a banda sueca Marduk passou pelo Brasil, em agosto, para uma série de shows. Após a apresentação em São Paulo (SP), a equipe do Hard and Heavy conversou com Morgan "Evil" Håkansson, guitarrista e fundador desse grande nome do Black Metal mundial que é o Marduk.

Os Simpsons: bandas de Rock na versão amarelaDimebag Darrell: guitarra de Van Halen num caixão do Kiss

Morgan "Evil" Håkansson mostrou-se bastante descontraído, contou que na noite anterior o Marduk havia tocado em Florianópolis (SC) pela primeira vez, sendo bom alcançar novos públicos e poder tocar em lugares inéditos, pois quando tocam no Brasil quase sempre os shows são nas mesmas cidades. Ainda foi possível conversar sobre vários assuntos, desde coisas relacionadas à banda até o suicídio de Dead, ex-vocalista do Mayhem e seu amigo pessoal. Ou seja, um bate-papo bem diferente dos que as pessoas estão acostumadas - pelo menos em se tratando de um ícone do Black Metal.

HH - Marduk tem mais de vinte anos de carreira, como tem sido estar numa banda por todo esse tempo?

Morgan "Evil" Håkansson - Passou muito rápido, quer dizer, somente agora foi que parei para pensar que já se passaram vinte e dois anos. Antes eu não pensava nisso porque estava sempre ocupado trabalhando, em turnês, etc, mas quando você fica velho começa a refletir. Quando começamos era tipo: "Ficaremos na ativa por uns anos". Para mim, ainda me sinto com o mesmo ânimo do início da banda, com o mesmo entusiasmo e dedicação. É uma jornada longa e sombria, e continuaremos a fazer o que fazemos porque é nisso que acreditamos. Na verdade, me sinto mais jovem agora do que há vinte anos.

HH - Como você se sente tendo fãs mais jovens do que a banda?

Morgan "Evil" Håkansson - A gente tem fãs que são dez, quinze anos mais velhos do que eu, eu converso com eles e eles falam que viram o Iron Maiden em 1981, é legal. Encontramos fãs mais jovens e mais velhos, com diferentes idades, cada um começa a curtir metal em fases distintas da vida. Mas é legal ter fãs de todas as faixar etárias.

HH - Algumas das músicas do Marduk têm como tema principal a Segunda Guerra Mundial. Você acha que isso talvez influencie os mais jovens a se interessarem pelo assunto?

Morgan "Evil" Håkansson - De certa forma, sim, porque é um assunto fascinante e é um importante fato na História. Para mim, não penso muito nisso musicalmente falando, mas a Segunda Guerra Mundial é algo que realmente me interessa e pelo qual sempre tive uma grande atração, li bastante sobre (a Segunda Guerra), de diversas fontes. Quando crio uma música na minha cabeça, simplesmente a música vem. A Segunda Guerra é uma inspiração para mim, e eu não consigo resistir (a escrever uma música) sobre algo que me inspira.

HH - E é algo sobre o qual você pode escrever para sempre.

Morgan "Evil" Håkansson - Sim, claro, se eu quiser. Se alguém tiver algum problema com isso, não dou a mínima. Pode-se cantar sobre qualquer coisa, mas se você fizer música sobre determinados assuntos, as pessoas falam: "Como você pôde fazer isso? Você não deveria fazer isso!". Mas nossas músicas tratam do assunto objetivamente, do jeito que as coisas aconteceram, então para mim não há problema algum.

HH - Você não deve se sentir constrangido.

Morgan "Evil" Håkansson - De forma alguma, simplesmente escrevo sob o meu olhar (sobre a Segunda Guerra Mundial).

HH - O Marduk gravou um cover de Oil On Panel, do Woven Hand (Nota: EP contendo Souls For Belial e Oil On Panel), que é uma banda Folk. Você curte Folk?

Morgan "Evil" Håkansson - Eu gosto de uma coisa ou outra, não gosto de tudo. É a mesma coisa com música antiga ou mesmo Black Metal, se você me perguntasse se eu gosto de Black Metal, sim, eu gosto de algumas bandas específicas, mas não gosto de tudo...

Para ler a entrevista completa, acesse o link:

http://hardandheavy.com.br/ptbr/?p=1793



GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção EntrevistasTodas as matérias sobre "Marduk"


Marduk: festival cancela show por falta de profissionalismoMarduk
Festival cancela show por "falta de profissionalismo"

Marduk: guitarrista tem pedaços do crânio de DeadMarduk
Guitarrista tem pedaços do crânio de Dead


Os Simpsons: bandas de Rock na versão amarelaOs Simpsons
Bandas de Rock na versão amarela

Dimebag Darrell: guitarra de Van Halen num caixão do KissDimebag Darrell
Guitarra de Van Halen num caixão do Kiss


Sobre Luciano Piantonni

Luciano Piantonni, é editor do site Hard And Heavy ([email protected]) e redator da revista Rock Brigade. Natural de Santo André (ABC Paulista) começou sua história com a música aos 8 anos quando foi assistir ao show do Kiss, em 1983. Desde então, acompanha Rock e Metal como suas maiores paixões. Já foi colaborador da revista Roadie Crew (entre 2006 e 2007), além de jornais e sites. Possui uma assessoria de imprensa, LP Metal Press, onde trabalha com os shows de diversas produtoras como Liberation MC, Tumba Productions, SG Entertainment, TC7 Produções, entre outras.

Mais matérias de Luciano Piantonni no Whiplash.Net.

adWhipDin adWhipDin adWhipDin