Krenak: A força do Death Metal no Nordeste

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Vicente Reckziegel, Fonte: witheverytearadream
Enviar correções  |  Comentários  | 

O Death Metal sempre fui um dos principais estilos no Brasil, vide a quantidade e a qualidade de bandas existentes, e o Krenak com certeza ajuda para que o estilo continua em alta no país. Formado por David Barroso (Guitarra), Rarison Hoff (Guitarra), Ítalo Leitão (Bateria) e Felipe Ferreira (Vocal, Baixo) que concedeu esta entrevista exclusiva para o blog...

5000 acessosIron Maiden: banda cai no riso em show nos EUA de 20085000 acessosAvril Lavigne: Aprenda com Rihanna como fazer um meet & greet

Vicente - Após 8 anos de banda, qual a avaliação que faz da trajetória do Krenak?

Felipe Ferreira - Bem, esses 8 anos foram bem intensos para a banda, tanto produzindo material novo, como participando de eventos locais e nordeste afora. Tivemos algumas alterações de “line-up” ao longo desses anos, no entanto atualmente estamos em nossa formação mais sólida, acredito.

Vicente - Vocês lançaram este ano seu primeiro disco “Decimation”. Como foi a gravação do mesmo? O resultado final foi satisfatório?

Felipe Ferreira - “Decimation” foi gravado, mixado e masterizado em parceria nossa com André Noronha, músico de longa data que tem mergulhado em águas profundas no que se trata de produção musical. André procura sempre ser o mais profissional possível em seu trabalho, que sempre resulta em algo brilhante; “Decimation” é nosso ponto de partida, e estamos bastante satisfeitos com ele sim, assim como vários dos nossos fãs que retornam suas opiniões positivamente a respeito do que ouviram.

Vicente – Pessoalmente era o que pretendiam alcançar?

Felipe Ferreira - “Decimation” foi um grande primeiro passo em nossa carreira. Desde o início das composições tínhamos uma boa noção de que aquelas músicas surtiriam um grande efeito, cada música concluída era de grande satisfação para nós.

Vicente - Qual a principal diferença do “Decimation” para as Demos anteriores?

Felipe Ferreira - Primeiramente, as Demos anteriores apresentavam o formato trio, e em “Decimation” somos um quarteto. As Demos também não contaram com um trabalho mais acurado de produção, em minha opinião, muito por falta de experiência de nossa parte, o que em “Decimation” teve um cuidado especial.

Vicente - Gostei especialmente das faixas “Decimation” e “Dead Nature”. Quais são as suas favoritas do disco, aquelas que sabem que não podem ficar de fora dos shows da banda?

Felipe Ferreira - Cada música nesse álbum tem algo de especial para mim. No entanto, quando se trata de elaborar um repertório para shows, “Possessed”, “Dead Nature” e “Decimation” são obrigatórias para toda a banda!

Vicente - Como avaliam o cenário para as bandas nacionais nesse momento? Há mais espaço para divulgação e realização de shows, ou não houve nenhuma mudança substancial nesse sentido?

Felipe Ferreira - Muito tem mudado positivamente em âmbito local e nacional. Acredito que a internet tem realizado papel fundamental no sentido de encurtar as distâncias de um país continental como o Brasil. Hoje, temos acesso diário a informações sobre bandas, produtoras, festivais, parceiros e até amigos que fizemos pela estrada, o que mantém o contato bem vivo. Hoje temos uma casa aqui em Fortaleza que tem abrigado eventos semanais de metal, o GRAB clube, eventos tanto locais como até internacionais (a banda Assassin se apresentará nesse palco). O Krenak está agendando uma turnê pelo nordeste em novembro, serão 7 shows em dois fins de semana, o que sinaliza que a nível local e de nordeste, estamos de vento em popa!

Vicente - Quais são as suas principais influências?

Felipe Ferreira - Krenak respira Death Metal. Gostamos de nos influenciar por tudo o que é feito sob o nome de Death Metal no mundo.

Vicente - Em poucas palavras, o que acha das seguintes bandas:

Deicide: Puta influência, certeza! Um dos nossos guitarristas se chama Rarison Hoff, de tão pirado nos irmãos Hoffmann que o cara é!
Krisiun: Desbravadores, criadores de um estilo, grandes norteadores do trabalho do Krenak! Hail Krisiun!!
Cannibal Corpse: Outra grande entidade, nosso outro guitarrista David Barroso é fã incondicional da banda!
Nile: Uma das minhas maiores influências! Muita originalidade, combinada com o que há de mais extremo no mundo do death metal!
Six Feet Under: Grande mestre dos vocais Chris Barnes, SFU muthafuckazz!!

Vicente - Uma mensagem para os fãs e amigos que curtem o trabalho do Krenak e para aqueles que gostariam de conhecer melhor seu som e apostam no Metal nacional.

Felipe Ferreira - Gostaríamos de agradecer a você, Vicente, por mais essa oportunidade de divulgarmos nosso trabalho! Aos fãs que não conhecem nosso trabalho, acessem www.myspace.com/krenakband, lá tem algumas músicas do debut “Decimation”! Aos fãs que nos conhecem, nos vemos na estrada! THE TIME TO DECIMATE IS NOW!!

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

0 acessosTodas as matérias da seção Entrevistas0 acessosTodas as matérias sobre "Krenak"

Iron MaidenIron Maiden
Banda cai no riso em show nos EUA de 2008

Avril LavigneAvril Lavigne
Aprenda com Rihanna como fazer um meet & greet

MetallicaMetallica
A regressão técnica de Lars Ulrich

5000 acessosMetal: adolescentes que ouvem o gênero fazem mais sexo?5000 acessosHeavy Metal: as trinta maiores bandas de países diferentes5000 acessosNinguém é perfeito: os filhos "bastardos" de pais famosos5000 acessosSepultura: "Vejo os caras tocando e não tem a mesma pegada"5000 acessosThrash Metal: dicas de dez ótimas bandas underground5000 acessosAlfabeto do Rock: as 15 melhores músicas de Metal

Sobre Vicente Reckziegel

Servidor público, escritor, mas principalmente um apaixonado pelo Rock e Metal há pelo menos duas décadas. Mantêm o Blog Witheverytearadream desde Dezembro de 2007. Natural e ainda morador de uma pequena cidade no interior do Rio Grande do Sul, chamada Estrela. Há muitos anos atrás tentou ser músico, mas notou que faltava algo simples: habilidade para tocar qualquer instrumento. Acredita na música feita no Brasil, e gosta de todos os gêneros, desde Rock clássico até Black Metal.

Mais matérias de Vicente Reckziegel no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online