Jürgen Richard Blackmore: entrevista com filho de Ritchie

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Elen Pérez, Fonte: BN Fã Clube Oficial do Brasil, Tradução
Enviar correções  |  Comentários  | 

Nós do Blackmore's Night Brazil Street Team gostaríamos de compartilhar esta entrevista gentilmente concedida por Jürgen Richard Blackmore, feita pela página Induct Ritchie Blackmore Into The Rock And Roll Hall Of Fame, em memória de Jon Lord. Podemos considerar que Jürgen leva a mensagem musical que se moldou via Ritchie Blackmore e Jon Lord :)

5000 acessosGillan: não aceita volta de Blackmore porque não toca mais tão bem5000 acessosRodolfo Abrantes: "Raimundos como banda não me interessa"

Nós do Induct Ritchie Blackmore Into The Rock And Roll Hall Of Fame gostaríamos de dedicar esta entrevista em memória do Sr. Jon Lord, que faleceu tragicamente em 16 de julho de 2012. Sr. Lord era um membro fundador da banda lendária Deep Purple. Seu estilo característico nos teclados trouxe uma nova dimensão ao hard rock. Descanse em paz, Sr. Lord.

Jürgen Richard Blackmore é o filho de Ritchie Blackmore. Poucos nomes tem tanto reconhecimento no rock and roll. É um nome que vive ao lado de lenda Hendrix, Page e Clapton. Ritchie Blackmore é mais conhecido por seu trabalho com Deep Purple, Rainbow e Blackmore’s Night.

Jürgen passou por cima do arco-íris e para fora da sombra de seu pai para se tornar uma força reconhecida no rock and roll. Ele começou a tocar violão aos dez anos de idade e em 1979, tornou-se aprendiz de luthier. Quando ele começou a pagar suas dívidas em bandas de rock locais na sua Alemanha natal. Em 1986 viu-se mais profundamente envolvidos com o rock, tocando em algumas bandas. Em 1990, Jürgen teve o JR Blackmore Group, que teve sucesso aclamado pela crítica e produziu um álbum. Em 2005, ele lançou "Recall The Past", seguido por "Between Darkness and Light", em 2006. Estes álbuns instrumentais permitiu-lhe explorar os limites da guitarra com sucesso impressionante. Ele também é destaque no álbum de Ela Roxx chamado "Out of Time" no qual ele se destaca. 2008 Jürgen lançou um novo projeto intitulado "Over the Rainbow", com antigos membros do Rainbow. Uma tour high-profile que chamou excitação dos fãs do Rainbow e fãs de rock clássico em geral. Talvez a atração inicial foi o fato de que a banda tinha ex-membros, mas aqueles que o ouviam tinham encontrado um guitarrista com o seu estilo próprio.

Isto, então leva até 2011, quando Jürgen lançou o álbum "Voices" sob o nome de banda JR Blackmore and Friends. Este álbum magnífico mostra não apenas seu próprio talento considerável, mas de seus amigos, os cantores convidados, como: David J. Esser, Roxx Ela, Jauer Cathrine, Engelstädter Markus, entre outros adicionando suas próprias pinceladas para esta obra-prima de album.

O Induct Ritchie Blackmore Into The Rock And Roll Hall Of Fame recentemente teve a sorte de conseguir uma entrevista com Jürgen. Estamos orgulhosos de apresentar esta entrevista para você.

IR: Quando você percebeu que seu pai era um mestre da guitarra?

JÜRGEN: Eu diria que foi em 73 quando eu tinha 9 anos.

IR: Quando você percebeu que era bom o suficiente para tocar profissionalmente?

JÜRGEN: Eu ainda não sou bom o suficiente, mas eu gosto de fazer música e tocar no palco. É como uma droga, você não pode escapar.

IR: Você tem uma óbvia conexão com a música do Rainbow. No entanto, pode-se ouvir outras influências em seu estilo. Que outros artistas tiveram um impacto em você ao longo dos anos?

JÜRGEN: Sim, eu cresci com a música do Rainbow, mas também com bandas como Accept, Iron Maiden, Deep Purple, Van Halen, então eu acho que me baseio na era do rock clássico e eu adoro esse tipo de música.

IR: Será que o seu conhecimento técnico em guitarra se torna mais fácil conseguir o som que você quer tocar?

JÜRGEN: Não, cada músico está sempre procurando o seu som, e o engraçado é que você nunca encontra, todos chegamos perto, mas ainda ficamos procurando por ele.

IR: Você modifica suas guitarras de alguma forma?

JÜRGEN: Sim, às vezes, isso depende do que eu quero, às vezes eu mudo pickups ou eu trabalho na afinação. Há sempre algo para trabalhar em uma guitarra.

IR: Como foi trabalhar com músicos que seu pai já havia trabalhado? Eles te aceitaram?

JÜRGEN: Foi um momento especial na minha vida, eu estava nervoso no começo, mas eles têm sido como irmãos para mim, que me ajudaram muito. Foi outra experiência na minha vida de músico.

IR: Vamos falar sobre o seu álbum instrumental, o "Between Darkness and Light". Ele se destaca de seus outros trabalhos, tem uma grande variedade de texturas, é bastante dramático na apresentação. As músicas fluem bem juntas, na transição de rock para uma balada sem soar forçado. Nem todo músico pode fazer isso com sucesso. Você faz isso conscientemente?

JURGËN: Eu acho que, neste CD você tem o JR Blackmore real, é o meu sentimento, eu realmente gosto de fazer essa música. A coisa boa é, eu posso sentar na minha cadeira, está chovendo lá fora e talvez eu sou um pouco quieto, então eu escrevo uma balada, no momento seguinte eu estou rindo e trago isso para a música. Este CD sou eu.

IR: Parece haver uma forte ligação entre você e corridas. Você, Ela Roxx e Tony Carey chegaram ao ponto de formar uma equipe de corrida e lançar o álbum "Winners" Como é que as corridas podem inspirá-lo?

JÜRGEN: Eu diria que a conexão não é tão profunda, mas eu gosto disso, eu corria quando eu tinha 25 anos, a velocidade é uma sensação de adrenalina. Nós fizemos este álbum, porque queríamos fazer algo diferente, por isso resolvemos tentar.

IR: Seu último álbum é intitulado "Voices Part I." Esse título dá a impressão que você planeja um "Voices Part II". Está em seus planos no momento?

JÜRGEN: Claro, teremos um "Voices II" em breve. Eu já estou trabalhando nisso e também eu estou trabalhando em outro " Between Darkness and Light II" Vamos ver o que vem primeiro.

IR: Em "Voices" você toca com vários vocalistas. Muitos dos quais têm estilos bastante diferentes. Por exemplo, você trouxe em Dave Esser, Jauer Cathrine, Roxx Ela, Engelstädter Markus e outros. Como você seleciona o vocalista certo para cada música para trazer o melhor de cada um deles, bem como você mesmo?

JÜRGEN: Primeiro eu escuto a sua voz e então eu verifico seu alcance, depois eu verifico a sua personalidade quando ele está cantando, tudo isso me dá uma idéia de qual música é melhor para ele. Para Roxx Ela, escrevi uma canção especial só para ela, mesmo que o timming da música teve que se ajustar ao seu movimento. Mas eu acho que tudo isso junto é importante para obter um ótimo produto no final.

IR: Há algum artista que você não tenha tocado e que você gostaria de tocar?

JÜRGEN: Dio, mas eu perdi a chance. Rest in Peace, ele era um verdadeiro herói da voz.

IR: Onde você estará em turnê futuramente?

JÜRGEN: TODO O MUNDO! Quero tocar em cada cidade e ter a chance de conhecer os fãs, mesmo em pequenas cidades, mas primeiro precisamos de promotores que nos levem pra lá.

Desejo a todos os meus fãs um ótimo verão e Keep Rocking!
Saúde
J.R.

Agradecemos a JR para tomar o tempo para nos dar esta entrevista.

Induct Ritchie Blackmore Into The Rock And Roll Hall Of Fame TEAM

~ Entrevistador: Keith Haussel (IR)
~ Tradução: Elen Pérez (Blackmore’s Night Brazil Street Team)

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Deep PurpleDeep Purple
Gillan não aceita volta de Blackmore porque ele não toca mais tão bem

1012 acessosRainbow: outra música inédita vai ser lançada em breve0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Rainbow"

Ritchie BlackmoreRitchie Blackmore
Vocalista é mistura de Dio com Freddie Mercury

DioDio
Escolhendo suas músicas de Heavy Metal/Rock favoritas

DioDio
Ritchie Blackmore não falava com ele, até que um dia...

0 acessosTodas as matérias da seção Entrevistas0 acessosTodas as matérias sobre "Rainbow"

Rodolfo AbrantesRodolfo Abrantes
"Raimundos como banda não me interessa"

MotorheadMotorhead
A dieta que mantinha Lemmy jovem e viçoso

SlipknotSlipknot
"Para cada Mustaine falando merda há um Hetfield"

5000 acessosQuando shows dão errado: 25 apresentações desastrosas5000 acessosVH1: os 100 melhores álbuns de rock segundo a emissora5000 acessosSlash: guitarrista enumera seus 10 riffs favoritos5000 acessosLars Ulrich: ele pode aparecer onde você menos espera5000 acessosHeavy Metal: os dez melhores álbuns lançados em 19805000 acessosMurp: A menininha true do America's Got Talent

Sobre Elen Pérez

Redatora do Blackmore´s Night Street Team - O Fã Clube Oficial Brasileiro do Blackmore´s Night.

Mais matérias de Elen Pérez no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em junho: 1.119.872 visitantes, 2.427.684 visitas, 5.635.845 pageviews.

Usuários online