Vinny Appice: a hostilidade de Campbell com relação a DIO

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Karla Aquino, Fonte: Stone Cold Crazy, Tradução
Enviar correções  |  Comentários  | 

Jeff Cramer, do blog Stone Cold Crazy,recentemente entrevistou o legendário baterista Vinny Apicce, (que já tocou com DIO, BLACK SABBATH, HEAVEN AND HELL e KILL DEVIL HILL). Acompanhe um um trecho do bate-papo:

1603 acessosBlack Sabbath: Iommi revela como decidiram o setlist da última turnê5000 acessosBandas Novas: 10 coisas que vocês jamais devem dizer no palco

Stone Cold Crazy: De todas as pessoas que já tocaram com DIO a única que parece ter tido algum tipo de hostilidade foi Vivian Campbell,(atual guitarrista do DEF LEPPARD). Ninguém mais que trabalhou com DIO teve tanta animosidade quando Vivian teve. Quero dizer, entrevistei Craig Gruber antes da morte de Ronnie e ele tinha somente coisas boas a dizer sobre ele. Parece que alguma coisa realmente ruim aconteceu entre DIO e Vivian.

Appice: Sim. Bem, esse foi um ponto negativo nos negócios. Existiam várias decisões a serem tomadas, e que não foram decididas em vista do que era melhor para a banda e, na medida em que as coisas eram cortadas, Viv tinha algum tipo de problema no final. Ele era o mais hóstil em brigar e conseguir o que ele queria. Ele não concordava com Ronnie. No final as coisas só pioravam até o ponto em que Ronnie dizia: "Vou me livrar de Viv. Vou arranjar qualquer outra pessoa". Eu não achava que era a melhor decisão, porque Viv fazia parte da banda, da mágica e ele era um grande guitarrista, mas a banda era de Ronnie. Então aquela situação piorava cada vez mais e mais, até que um dia a bolha explodiu e terminou com a saída de Viv. Aquilo estava uma loucura. Eles não entravam em acordo muitas coisas e não trabalhavam mais juntos. Só piorava os negócios, não se tratava mais da música. Não era mais a mesma coisa de quando DIO tocava as músicas do álbum, sabe?

Stone Cold Crazy: Then you guys went on with Craig Goldy, to do "Dream Evil", although I did notice on "Lock Up The Wolves" there is a bunch of songs that were credited to you, even though by that point you and Jimmy Bain are credited on several songs, but by that point, you guys aren't even in the band anymore.

Stone Cold Crazy: Então vocês entraram com Craig Goldy para fazer o álbum "Dream Evil", apesar de que é perceptível no "Lock Up The Wolves" muitas músicas que são creditadas a você, justamente no momento em que você e Jimmy Bain estavam compondo músicas e já não faziam mais parte da banda.

Appice: Não, mas em "Lock Up The Wolves" nos continuamos a escrever - Eu ensaiava com a banda e nós montávamos todas as letras que escrevíamos juntos. Todo meu trabalho está lá e minha bateria está lá e, para te falar a verdade, eu acho que Simon Wright irá te dizer a mesma coisa, que ele copiou algumas partes da bateria porque, afinal, algumas coisas eu criei e ele acabou incorporando. Em suma, eu ensaiava e escrevia com a banda o tempo todo. Apenas na parte do estúdio eu estava ausente, porque havia deixado a banda. Jimmy estava lá, mas não tanto quanto eu. Na verdade, eu esqueci quando Jimmy realmente não era de lá.

Stone Cold Crazy: O que o fez deixar o DIO naquela época?

Appice: Bem, eram pessoas um pouco diferentes dentro da banda. Era mais como Rowan Robinson, Teddy Cook. E eles eram todos jovens, era como " Nossa, isso é quase uma banda com menores de idade!" Ou, "Jesus! não é mais a mesma banda em que eu costumava tocar com Viv, Jimmy e Claude Schnell!" Estava tudo tão diferente que eu pensei que talvez fosse hora de deixá-la e eu estava ligado com meu camarada, Jeff Pilson. Nós tínhamos uma banda chamada WAR & PEACE. Ele estava formando algo e eu pensei: "É isso aí. Deixe eu me ligar a ele e tentar alçar um voo maior por aqui." Foi justamente o que fiz, então decidi deixar o DIO.

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Mais comentários na Fanpage do site, no link abaixo:

Post de 07 de julho de 2012

Black SabbathBlack Sabbath
Iommi revela como decidiram o setlist da última turnê

1194 acessosBlack Sabbath: "Children of the Grave" do filme "The End Of The End"2711 acessosBlack Sabbath: vídeo do primeiro pedal assinatura de Geezer Butler275 acessosEm 27/08/1970: Black Sabbath lança o single "Paranoid"192 acessosEm 27/08/1950: Nasce Neil Murray (Whitesnake, Black Sabbath)0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Black Sabbath"

Black SabbathBlack Sabbath
Geezer Butler fala de vida, animais e religião

Ozzy OsbourneOzzy Osbourne
"Eu morreria feliz se trabalhasse com Adele"

Uma foto que fala por siUma foto que fala por si
Liga de Cavalheiros Extraordinários

0 acessosTodas as matérias da seção Entrevistas0 acessosTodas as matérias sobre "Dio"0 acessosTodas as matérias sobre "Black Sabbath"0 acessosTodas as matérias sobre "Heaven And Hell"

Bandas NovasBandas Novas
10 coisas que vocês jamais devem dizer no palco

Ninguém é perfeitoNinguém é perfeito
Os filhos "bastardos" de pais famosos

Sebastian BachSebastian Bach
Descrevendo o horror de urinar com Phil Anselmo

5000 acessosGreen Day: 10 coisas que você não sabe sobre a banda5000 acessosCompridas: As músicas mais longas de grandes bandas5000 acessosSeparadas no nascimento: Pitty e Amy Winehouse5000 acessosDead Kennedys: casal faz sexo durante um show do grupo5000 acessosParis: será que terroristas escolheram show de rock de propósito?5000 acessosIron Maiden: uma releitura de "The Trooper" pelo Cine

Sobre Karla Aquino

Karla Aquino é uma jornalista e produtora de vídeos que sempre coloca trilhas sonoras para acompanhá-la diariamente. Fascinada por terror, aprendeu com Stephen King a adorar AC/DC e, por consequência, os clássicos do rock and roll. Ama tatuagens e toca guitarra meia boca, mas um dia será a versão feminina de Eddie van Halen.

Mais matérias de Karla Aquino no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em junho: 1.119.872 visitantes, 2.427.684 visitas, 5.635.845 pageviews.

Usuários online