Sebastian Bach: "novo álbum é absolutamente perfeito!"

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Samuel Coutinho, Fonte: rockconfidential.com, Tradução
Enviar correções  |  Ver Acessos

Jesse Capps do RockConfidential.com conduziu uma entrevista com o vocalista Sebastian Bach. Alguns trechos da conversa seguem abaixo.

Big Four: astros da cena Heavy escolhem banda preferidaCrianças: veja como cresceram as de "Nevermind", "War" e outras

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

RockConfidential.com: O álbum está recebendo elogios em toda parte. Você concorda com todos esses comentários ao ler o que as pessoas estão dizendo sobre o "Kicking & Screaming"?

Bach: Oh, sim. Eu não vi nenhum comentário ruim ainda, o que é incrível! (risos). As pessoas que gostaram de "Angel Down" estão dizendo que este é ainda melhor. Isso é legal, porque eu realmente amo esse disco. É muito gratificante poder ir para o estúdio sem nada e sair depois de um mês, ou mais, com algo que você irá colocar o seu nome e levar para o resto de sua vida. Estou muito satisfeito de trabalhar com essa gravadora, Frontiers Records. Não será apenas um CD, terá um DVD também chamado "As Long As I've Got The Music", com imagens ao vivo ao redor do mundo, três novos vídeos e também estamos fazendo um LP que terá capa dupla. É incrível como nos dias de hoje é fácil gravar! É incrível. Passamos um mês e meio gravando, que é muito tempo. Conseguimos algo perfeito. Eu não mudaria nada. Quando ouço isso, é absolutamente perfeito, do jeito que eu queria que fosse. Tem um grande feeling.

RockConfidential.com: Como vocês trabalharam no material para "Kicking & Screaming"? Você veio com a letras primeiro ou não, o guitarrista Nick Sterling já tinha algumas idéias de riffs?

Bach: Cada música tem uma diferença. A primeira canção que surgiu foi na verdade com John 5 da banda de Rob Zombie. A música se chama "Tunnelvision". Essa música é foda. Depois, Nick entrou na banda. Eu estava trabalhando com Jamey Jasta do HATEBREED e ele me ajudou muito. Ele tem uma pegada bem metal e eu precisava ter um pouco de hard rock também. O primeiro álbum de SKID ROW surgiu quando éramos adolescentes. Uma grande parte destas músicas, com Nick, vieram com ele quando era adolescente. Eu acho que tudo se encaixa. Uma música como "Caught In A Dream", o refrão parece algo que poderia estar no primeiro álbum do Skid Row. É incrível, e isso tudo foi há 22 anos.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

RockConfidential.com: Você mencionou sobre o projeto para o vinil de capa dupla. Tenho saudades dos detalhes que costumavam chamar a atenção nas capas dos álbuns. Olhando para a capa de "Kicking & Screaming" dá pra entender bem o que está acontecendo.

Bach: A capa foi feita por um artista incrível chamado Richard Villa, que fez a última capa do álbum do BLACK VEIL BRIDES. Eu estava passando por um divórcio enquanto escrevia as músicas com Nick. Quando eu estava gravando o álbum, eu me apaixonei por essa jovem garota que é a modelo da capa. Ela é muito bonita e legal e foi incrível de fazer o registro com ela ao meu lado. Seu nome é Minnie Gupta. A capa mostra basicamente eu sendo jogado no inferno pela deusa Kali Ma. Ela está me cortando com facas e puxando meus cabelos e eu fico chutando e gritando para não ir para o inferno! (risos) Eu nunca vi uma arte indiana sendo utilizada em um disco de metal, como uma criatura de oito braços, monstros ou qualquer coisa do tipo. Eu sempre achei isso fascinante. Foi legal ter este novo visual.

RockConfidential.com: Eu estava observando Minnie no video de "Kicking & Screaming". Me fale sobre esse vídeo. No início você está olhando em volta com os olhos estralhos. (risos) Que diabos você está fazendo?

Bach: Filmamos três vídeos em um dia. Eles são basicamente vídeos com performances. O que eu estava pensando no começo, com aquele olhar era: "eu não posso acreditar que estou gravando um vídeo, porra!" (risos). Fazia tanto tempo que eu não gravava um vídeo que eu não sabia o que fazer! Se passou uma década desde que eu gravei meu último vídeo-clipe. Que porra é essa? Estou gravando um vídeo! Eu não posso acreditar! Lembro-me da câmera em cima de mim e eu sem saber o que fazer! Isso explica o jeito que eu fiz com os olhos. (risos)

Leia a entrevista completa (em inglês) no RockConfidential.com




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção EntrevistasTodas as matérias sobre "Sebastian Bach"


Skid Row: Análise vocal de Sebastian BachSkid Row
Análise vocal de Sebastian Bach

Sebastian Bach: ele quase se tornou vocal do Judas Priest?Sebastian Bach
Ele quase se tornou vocal do Judas Priest?


Big Four: astros da cena Heavy escolhem banda preferidaBig Four
Astros da cena Heavy escolhem banda preferida

Crianças: veja como cresceram as de Nevermind, War e outrasCrianças
Veja como cresceram as de "Nevermind", "War" e outras


Sobre Samuel Coutinho

Nascido no interior de SP no dia 15/12/1986, em uma cidade chamada Ilha Solteira, Samuel Coutinho se entregou ao heavy metal logo na adolescência. Seu forte sempre foi o heavy metal melódico, variando desde o prog-metal até ao power-metal.

Mais matérias de Samuel Coutinho no Whiplash.Net.

Cli336x280 CliIL Cli336x280 CliInline