Accept: "estamos animados como adolescentes", diz Wolf

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Josué de Queiroz, Fonte: Classic Rock Revisited, Tradução
Enviar correções  |  Ver Acessos

Jeb Wright, da Classic Rock Revisited, entrevistou recentemente o guitarrista Wolf Hoffmann, da lendária e reformada banda ACCEPT. Segue abaixo uma parte da conversa.

Ozzy Osbourne: "o morcego era quente e crocante"Sarcófago: Wagner fala da banda, radicalismo, Ghost e muito mais

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Classic Rock Revisited: Udo [Dirkshcneider] foi um grande frontman para o ACCEPT. Mark [Tornillo] estava receioso sabendo que ele teria uma grande responsabilidade já que a banda teve um vocalista tão respeitado?

Wolf: Ele é bastante confiante. Ele sabia que existem pessoas que nunca ficarão satisfeitas a não ser que seja o [vocalista] original. Mas qual é a pior coisa que pode acontecer? Essa é uma oportunidade para que nós tenhamos condições de seguir em frente e fazer o que fazemos. Qual foi a outra opção que tivemos já que o Udo não estava disponível? Na verdade ele nunca mais estará. Apenas decidimos tentar novamente para ver no que dá.

Classic Rock Revisited: Você ficou surpreendido com a maneira como a Internet se envolveu nessa estória?

Wolf: Foi incrível. Eu sou um tanto novo na Internet. É alucinante como tanta informação acontece ao mesmo tempo. Nós lançamos o videoclipe "Teutonic Terror" e já tornou-se o vídeo mais acessado do YouTube. Estamos apenas nos acostumando a tudo isto.

Classic Rock Revisited: Você acha que o ACCEPT está atingindo um público mais novo?

Wolf: Não sabemos de onde eles vêm mas eles estão lá. Talvez eles acharam os nossos discos antigos no armário do papai, mas certamente existe uma nova geração de fãs do ACCEPT. É bem gratificante ver crianças, que nem eram nascidas quando nos afastamos, vindo ver os shows agora.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Classic Rock Revisited: O ACCEPT realmente passou por momentos difíceis no início de 2000. Você acreditaria Se alguém tivesse te falado que as coisas iriam melhorar em 2010, que vocês teriam um novo vocalista, uma nova turnê e novo álbum?

Wolf: Eu pensava que tudo estava acabado. Mas eu nunca deixei esse pensamento prevalecer porque eu tinha confiança de que haveria uma chance. Mas quando Udo não quis tentar novamente e falou que nunca curtiu a banda, e que nunca nos dávamos bem eu pensei, "Seria legal mas não vai acontecer". Eu nunca imaginaria que existia um cara como Mark, que poderia entrar no lugar do Udo e fazer a coisa funcionar. Estamos tão animados quanto adolescentes.

Classic Rock Revisisted: Muitas bandas do passado tiveram dificuldades após o lançamento de um novo material. Entretanto, vocês tem composto alguns riffs de metal clássico. Eles são bem vigorosos e densos, e mesmo assim vocês não estão tentando fazer o que o METTALICA fez. Vocês estão apenas sendo ACCEPT que não soa como uma regravação do "Balls To The Wall". Este novo álbum é sem dúvidas bom.

Wolf: Foi exatamente isso que tentamos. Eu acho que dessa vez logramos êxito. Tentamos fazer isso no passado, voltar às raízes, mas falhamos. Na realidade é difícil fazer algo que você fez anos atrás. Com a ajuda do [produtor] Andy Sneap, e com a boa química da banda, dessa vez conseguimos. É como você disse, é algo típico do ACCEPT mas com novas ideias. Com certeza é uma continuação dos nossos discos antigos.

Classic Rock Revisited: Essa é uma pergunta injusta mas você sente que o novo material soa melhor que "Fast As A Shark" e "Balls To The Wall"?

Wolf: Só o tempo dirá mas meu instinto diz que sim. Dito isto, você tem que se lembrar que sempre tem algo de especial a respeito do antigo material. Mesmo que você crie algo tão bom, o novo nunca terá o mesmo valor lendário que o velho. Quando o material antigo foi lançado o mesmo ainda não tinha tanto sucesso. Levou tempo para que se tornasse o que é agora.




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção EntrevistasTodas as matérias sobre "Accept"Todas as matérias sobre "Udo"


Kai Hansen: escolhendo as dez maiores bandas de metal da AlemanhaKai Hansen
Escolhendo as dez maiores bandas de metal da Alemanha

Hall Of Shame: as melhores músicas ruins da história do MetalHall Of Shame
As melhores músicas ruins da história do Metal


Ozzy Osbourne: o morcego era quente e crocanteOzzy Osbourne
"o morcego era quente e crocante"

Sarcófago: Wagner fala da banda, radicalismo, Ghost e muito maisSarcófago
Wagner fala da banda, radicalismo, Ghost e muito mais


Sobre Josué de Queiroz

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados. Caso seja o autor e tenha dez ou mais matérias publicadas no Whiplash.Net, entre em contato enviando sua descrição e link de uma foto.

Cli336x280 CliIL Cli336x280 CliInline