Rafael Bittencourt: Ivan Lins, Raul Seixas, Roberto Carlos?

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Eduardo Macedo, Fonte: Portal Novo Metal
Enviar correções  |  Comentários  | 

Em entrevista ao Portal Novo Metal, o guitarrista do Angra Rafael Bittencourt fala sobre seu novo projeto solo, o “Bittencourt Project”, e o lançamento de seu primeiro álbum “Brainworms I”, além de downloads não autorizados e da possível volta do Angra aos palcos em 2009.

1747 acessosAngra: Os primórdios de Angel's Cry antes da Demo Reaching Horizons5000 acessosSolos: Alguns dos mais bonitos do Heavy Metal

Novo Metal - O que te motivou a gravar um álbum solo?

RB - Eu estou há muito tempo querendo gravar algumas idéias que estavam guardadas, de estilos que fogem do metal melódico tradicional e amadurecer como um artista mais completo. Venho praticando, compondo, cantando e almejando chegar aonde cheguei com este CD há um tempo e queria criar um CD que mostrasse as minhas diferentes áreas de atuação profissional. O Angra deu uma parada de retorno incerto e eu tive que aventar um possível novo caminho. Eu não podia ficar parado esperando, então, entre algumas batalhas judiciais e reuniões para o retorno do Angra, eu comecei este projeto misturando músicas de várias épocas, me dedicando com afinco para criar uma identidade artística e musical original.

Novo Metal - Como surgiu a idéia de convidar o baterista Ricardo Confessori, ex-integrante do Angra, para a gravação das faixas “Comendo Melancia” e “Nacib Véio”? Você pretende chamá-lo para alguma apresentação ao vivo?

RB - A idéia inicial foi do Thiago Bianchi que me ajudou durante a pré-produção e nas gravações de bateria do disco. Ele é muito próximo a mim e ao Ricardo então facilitou um reencontro que foi muito saudável e sim, eu gostaria que ele pudesse participar um dia de um show do Bittencourt Project. Ele é um dos pioneiros neste estilo metal/forró e foi perfeito para estas faixas. Ele sabe tocar com pegada e swing ao mesmo tempo e estas são qualidades bem autênticas dele.

Novo Metal - O que te levou a gravar a música “O Pastor”, do grupo português Madredeus, e qual é a sua expectativa em relação a ela e a “Nacib Véio”, que são cantadas em português?

RB - Sempre quis tocar e cantar coisas em português porque eu gosto muito da música brasileira, tanto quanto de Heavy Metal. E eu acho que a melhor maneira do público se acostumar é ouvindo uma versão de uma música que já é notavelmente boa em português. Sou fã do Madredeus que é um dos grupos que eu já tinha vontade de fazer versões. Eu tentei outras também, como Ivan Lins, Raul Seixas, Roberto Carlos, Tom Jobim. Eu quero um dia fazer um CD só de versões em português.

A entrevista na íntegra pode ser conferida no link abaixo.

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

AngraAngra
Banda reage à tragédia com Adrenaline Mob

1747 acessosAngra: Os primórdios de Angel's Cry antes da Demo Reaching Horizons911 acessosAngra: mais um vídeo das gravações do novo álbum1876 acessosBlind Guardian e Rhapsody: Como seria Hansi e Lione cantando juntos?2630 acessosAngra: Uma rara versão acústica de "Carry On" com Andre Matos0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Angra"

Rock NacionalRock Nacional
Os 15 melhores riffs de guitarra

Aquiles PriesterAquiles Priester
Livro é leitura obrigatória para quem curte música

CoversCovers
Alguns dos mais legais feitos por bandas de Metal

0 acessosTodas as matérias da seção Entrevistas0 acessosTodas as matérias sobre "Rafael Bittencourt"0 acessosTodas as matérias sobre "Angra"

SolosSolos
Alguns dos mais bonitos do Heavy Metal

GuitarristasGuitarristas
Os 10 maiores dos anos 80 segundo a revista Fuzz

Iron MaidenIron Maiden
Bruce Dickinson e sua preferência pelo Brasil

5000 acessosSlash: Um dia Michael Jackson ficou puto com ele?5000 acessosKiss: "Rock and roll é um trabalho para otários!"5000 acessosRob Halford: Uma resposta educada a comentários de Dickinson5000 acessosMetallica: Hetfield elege as suas dez músicas favoritas5000 acessosTitãs: "Nheengatu" e as incríveis coincidências nas capas2308 acessosMetallica: os maiores riffs da banda pelo Ultimate-Guitar

Sobre Eduardo Macedo

Teve a felicidade de descobrir o Metal com um álbum de um grupo nacional, Theatre Of Fate dos paulistanos do Viper. Atuante no cenário nacional, Eduardo Macedo administra a empresa de assessoria de imprensa MS Metal Press, juntamente com seu trabalho de redator para o site Portal Novo Metal e para a revista Lucifer Rising, esta última voltada ao que existe de melhor no Metal extremo mundial. Amante de todas as vertentes do Metal, Eduardo tem como foco o cenário brasileiro, onde já contribuiu como vocalista das bandas Tharsis e Veuliah, além de ser um colecionador incondicional de todo material lançado por bandas tupiniquins.

Mais matérias de Eduardo Macedo no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online